Log In

Reviews

One Tree Hill – Don´t You Want to Share the Guilt

Pin it

Série: One Tree Hill
Episódio: Don’t You Want to Share the Guilt
Temporada: 9ª.
Número do episódio: 9×04.
Data de exibição nos EUA: 01/02/12

Eu preciso respirar um pouco e me recuperar. Recuperar-me do que foi o episódio desta semana, Don’t You Want to Share the Guilt. Antes de qualquer coisa, você que acompanha as review aqui na TeleSéries deve estar lembrado que semana passada eu desabafei tudo que tinha para desabafar desta temporada final. E a situação era crítica. Não posso negar. Tinhamos três episódios exibidos, faltando apenas dez para o fim, e nada, absolutamente nada tinha acontecido. Era como se Mark Schwahn tivesse simplesmente anulado aqueles episódios. Tudo bem que para os fãs de Quinn e Clay, até tivesse emocionante, mas vocês que me acompanham, também sabe que nunca fui muito fã do casal. O fato é que queria ação, emoção e felicidade na vida dos nossos protagonistas atuais: Nathan, Haley, Brooke e Julian. O quarteto que tem carregado as três ultima temporadas nas costas. Eles mereciam isso. E mais uma vez explico que, não que eu queira desgraça na vida deles, longe disso. Mas o ruim é que nem felicidade explicita os personagens estavam apresentando. Estava tudo muito morno, tudo muito sem sal. Mas comemorem gente, tudo mudou. E oficializo que nesta quarta, dia 01 de fevereiro de 2012, a nona e última temporada de One Tree Hill finalmente, COMEÇOU.

Quando o episódio da semana passada terminou, com Julian esquecendo Davis dentro do carro, eu fiquei com aquele sentimento – bom, daqui pra frente vai melhorar. O problema é que tinha ficado com este sentimento no final do primeiro episodio e do segundo episódio desta temporada. E ambos foram sentimentos que me enganaram. Mas o episódio desta semana foi diferente. O drama de Julian e Brooke foi simplesmente demais. Brooke pode ser consagrada a rainha do drama nas séries. E mesmo que, seu sofrimento em tela tenha sido bem rápido, com algumas cenas nos hospital, tudo rodou em torno de Julian. Este episódio foi dele e não há como negar. O personagem que chegou na sexta temporada, como um antigo amor de Peyton, foi me conquistando pouco a pouco, até o final daquela temporada, em que ele e Brooke tiveram um dos diálogos que mais guardo dos personagens:

Julian: “Se isto fosse uma cena de filme, você me beijaria agora.”
Brooke: “Não, se isso fosse um filme… Eu diria ‘Eu te amo’, e aí sim eu te beijaria. Eu te amo”.

Pronto. Meu novo casal de OTH preferido estava formado. E deste então, Julian vem crescendo e muito. Na sétima temporada, enfrentou o drama da tentativa de suicídio da Alex, a separação com Brooke, depois reataram e no fim realizou um dos pedidos de casamentos mais bonitos da série. Na oitava, esteve ao lado de Brooke quando esta perdeu toda sua fortuna e sua grife “Clothes over Bros.” devido a ganância da mãe. E junto com ela também, viu o milagre da gravidez, que era praticamente impossível para uma das nossas heroínas. E foi justamente este ponto, que Mark pegou para se tornar o calcanhar de Aquiles dos dois, nesta última temporada. Os gêmeos foi o ponto fraco do casal. Desde o primeiro episódio, os pais de primeira viagem estavam com dificuldades. E não era apenas com um, mas sim com dois bebês. E Julian, com todo o stress do trabalho, e ansioso para a visita em seu estúdio de uma produção que pretende gravar uma série em Tree Hill (jura Schwahn?), ele acabou por esquecer um dos bebês dentro carro. E a cena dele vendo o resgate da criança, dentro do carro, abafado, quase sem oxigênio, e que apenas ele processava aquilo tudo, foi magnífico. Eu me senti na pele dele, tendo a sensação de que um dos seus filhos poderia estar morto, e por culpa dele mesmo.

Brooke e Julian foram ao hospital e lá, Brooke aparentou toda sua raiva e seu desprezo para ele. Ele havia colocado em jogo, não apenas a sua confiança, mas a vida de uma das coisas que ela lutou tanto para ter. Passado o susto, Davis estava bem. Mas quem não ficou foi Julian. Ele ficou arrasado. Aliás, ele teve um dos diálogos mais legais do episódio e que dirá, da temporada até agora com Haley. Ele ressalta “Não vi a minha família o dia todo. Não a culpo. Nem sei se EU vou confiar EM MIM de novo”. Deu pena. E Haley lembrou que, erros acontecem mesmo sendo grave. E foi como um filme, dela contando que quando Jamie tinha cinco anos, em uma discussão dela com Nathan, o garoto de afogou na piscina, lá na distante quinta temporada. E para mim, foi como tivesse assistido este episódio ontem. Foi emocionante.

Eu ainda não posso finalizar a história de Brooke e Julian, sem destacar os momentos finais dos dois no episódio. Foi por momentos assim, que me interessei por One Tree Hill, e era momentos assim que sentia falta. Nem me lembro, qual foi a ultima vez que me emocionei de verdade nesta série, mas sei que fazia um tempo, que algumas lágrimas não escorriam. E posso dizer que, nesta cena, não consegui segurar e chorei. Julian, em um sentimento de punição, se fechou dentro do carro, com a temperatura a 81ºF, o que corresponde aqui a 27ºC. Julian afirmou: Quando eu o larguei aqui, deveria estar a quase 101º (o que corresponde a quase 40ºC). Não consigo me perdoar por isso. Por ser tão descuidado. Quase tirei a coisa que mais importa para nós. Queria um filho mais que tudo. Esperamos, rezamos e conseguimos um milagre. Seu sonho se realizou. E em um instante terrível e estúpido eu quase tirei isso de você.

E num estante de perdão, Brooke apenas disse: “Mas não tirou”. E nisso, meu rosto já estava bem molhado. Ah, vai falar que você não chorou? Foi uma das cenas mais bonitas dos últimos tempos em One Tree Hill. Saudades de ver cenas assim. Era esta magia que queria de volta na série, e neste episódio, Mark nos deu de presente novamente.

Mas este episódio não foi só de Julian. Preciso dizer que outra pessoa me convenceu e muito. Shantel Vansanten e sua Quinn me conquistaram hoje. Depois de três temporadas, finalmente a atriz conseguiu me convencer. Ela deu um show neste episódio, na briga com Clay e na esperança de que ele se cure com o problema das drogas. Quinn deveria ter tido mais cenas assim. Preciso parabenizá-la. Achei que não ia conseguir ser convencido, mas Quinn é sim uma boa personagem. Ao contrário de Clay, que infelizmente não conseguiu. Robert Buckley, você ainda tem dez episódios para tentar mostrar algo. Valendo. E no meio disso tudo, Quinn consegue convencer Clay (depois de levar umas boas surras de Dan Scott) a se internar. Um comentário? “Vá com Deus”.

Este episódio teve tanta coisa boa, que até o núcleo de Mouth e Millie esteve bom. E por quê? Simplesmente, porque Skills está de volta. E me lembrei de muita coisa que o personagem viveu neste tempo. Foi bem bacana mesmo. Ele virando pro Mouth e dizendo “Cara, você tá gordo!”, como eu ri. Vocês também? Espero que ele continue, pois, deixa o alivio cômico apenas para o Chris Keller (que mal apareceu neste episódio com umas cenas chatinhas com o Chase e seus chatos dramas amorosos) vai ser barra.

E para completar a festa, as cenas com os Scott foram ótimas também. Primeiro, devo ressaltar que, o café da frente esta pegando pesado. Colocaram uma frase “Karens Café contrata assassinos”, bem grande. Brooke e Haley protagonizaram também cenas engraçadíssimas neste episódio. E a cena em que as duas, tiram a faixa e colocam outra pichada na porta do café concorrente, me lembro muito Karen a Deb pichando o cartaz de Dan, nas eleições municipais, lá na terceira temporada. Que saudades.

Sei que já falei demais, e me desculpem o tamanho da Review, mas precisava ressaltar o quanto este episódio foi bom One Tree Hill realmente está de volta. E tivemos mais um final ótimo. Haley notou a demora de Nathan voltar, e em uma cena de partir o coração, vemos o aeroporto vazio, e o brinquedo que Nathan havia comprado para Lydia, e mostrado na WebCam, simplesmente jogado na calçada.  Mais alguém teve dúvidas que Dan pode estar mesmo envolvido no sequestro?

Parece que agora, o drama mesmo vai começar. Foi dado a largada minha gente. One Tree Hill retornou com a sua essência de sempre, e foi isso que eu dizia querer para a temporada final. Agora que vi que, a coisa pegou no tranco, mal posso esperar por semana que vem.

Ps: E agora faltam 9 episódios para o final.

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

26 Comments

  1. Gabriella Siggia

    Amei! Amei! Amei! Simplesmente perfeito.. Só espero que no próximo o Tio Mark não estrague nada, né? 
    E cada vez mais o Dan Scott continua misterioso. #Medo deste cara…

    Parabéns pela review…

  2. Joyce Santos

    eu acabei de comentar no  face  sobre  a cena  .. da  haley e  julian ..   cara   você  leu  meus pensamentos  ..  demais ..  deu vontade de  assistir a serie do começo  ..  mas  definitivamente casal  clay e  quiinn   não da,  mouth  já tinha q  ter saido  da seriie  e  chase  .putz  sem comentarios  deveriam ter  voltado Rachel  GAtina  ..como adorava ela  ..  Karen .. Treinador  fazendo o que não sei  mas  serie  mto bom ..  para ser  perfeito HIlarie  deveria ter  voltado ainda não me conformo  …  

  3. Liih

    Faltam só 9 episódios =/
    CARA MTU BOM! o/
    Até que de ínicio eu achei triste mas, não chorei, agora na cena do carro com o Julian e a Broke eu desabei nas lágrimas.. *–*
    Amei a volta do Skills, e senti falta das piadinhas o Chris e da Victória…
    Já o casal Clin parece que ta ficando mais interessante e algo me diz que aquele bandido vai aparecer mais vezes.
    Muita boa sua reviews

  4. Luis Ferreira

    O Chris Keller tinha TUDO TUDO mesmo para ser legal nessa temporada… até colocarem ele com aquela DROGA do Chase … afff, coisa mais besta

  5. Shi Rocha

    Anderson esse episodio foi demais… Não, só de ler de novo o que o Julian falou pra Brooke eu chorei de novo… E me da mais vontade de chorar só de pensar que isso ta acabando. 
    OHT is back ?

  6. Aline

    Muito boa a review, só a Quinn ainda não me convence, continuo achando uma personagem chata e enfadonha e o Clay tbem não me diz nada. Quando vi o bichinho que nathamn comprou pra Lydia no chão, logo pensei: Putz o Dan ta envolvido nisso ate o cabelo” e lógico, não teve como não se emocionar com Julian dizendo que não aguentava mais o calor no carro…falta pouco e tomara que venham mais emoções por ai.

  7. Bruna

    Muito bom o episódio. Adorei o Dan dando um chacoalhão no Clay, ele tava precisando. Chorei na cena Brooke/Julian dentro do carro, emocionante. A bebê Lydia é muito fofa! Senti falta do Nathan paizão, se bem que com a Lydia ele tá sendo bem diferente do que ele foi com o Jamie. Ri muito com a Brooke e a Haley pendurando a faixa do restaurante do outro lado da rua. Esse episódio foi lindo.

  8. Hugo Fonseca

    Espero que OTH continue com a qualidade desse episodio, em relação ao Dan, estou ainda com muitas duvidas sobre o que ele está fazendo em Tree Hill. Acredito que as coisas vão andar mais rápido quando o Lucas chegar na cidade.

  9. Bianca Mafra

    correndo o risco de vc chegar ao rio mais cedo so para estrangular, ainda bem que to em nikiti, terra de indio, discordo de quase tudo. nunca vi a brooke tao morta, esperei ela gritar, surtar e ela na maor tranquilidade, essa nao eh a brooke, eh a haley. achei o casal quinn e clay ainda mais morno. o que gostei foi da historia do chase e das brigas dos cafés. a unica coisa que realmente me deixou exasperada foi o sumiço do nathan. 

  10. Mari Dmes

    Melhor episódio, sem dúvidas, até agora. Mandou muito bem na 
    review *_* Agora sim OTH começou.

  11. Lucas

    Penso que o Lucas fez bem em deixar Tree Hill, porque ultimamente a cidade se tornou perigosa pra se viver, especialmente a um grupo determinado que parece que precisa viver de desgraça.
    Já são 4 psicopatas desde a aparição do Derek e assassinatos.
    Eu no lugar deles iria criar meus filhos pra longe dali. Afinal, o que será da geração do Jamie? rsrsrsrs

  12. MARY

    POXA ,  Q SAUDADE. ALGUEM SABE QDO VAI SER EXIBIDA A NOVA TEMPORADA NA FOX ?  TO ANSIOSA.

  13. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 6 a 12/8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account