Log In

Reviews

One Tree Hill – Anyone Who Had A Heart

Pin it
Série: One Tree Hill
Episódio: Anyone Who Had A Heart
Número do episódio: 9×12
Exibição nos EUA: 28/03/12

Depois da tempestade vem a calmaria. Dito e feito. Quem disse que para ser bom precisa ser agitado? O episódio desta semana de One Tree Hill foi exatamente assim: nostálgico. O Festival Anual da Queima do Barco de Tree Hill retorna, e foi com um filme que me passou pela cabeça. A primeira vez que o festival deu as caras foi lá no terceiro episódio da primeira temporada, entitulado Are You True? Lá tudo começava. Nathan ainda disputava Peyton com Lucas, Brooke se apaixonava por Lucas e Haley era apenas a “tutora”. O festival serve para que Tree Hill deixe todas as energias negativas e tudo de ruim que aconteceu no ultimo ano ser queimado. Realmente precisávamos. Enfrentamos uma barra enorme com o sequestro de Nathan, e agora, temos de aproveitar cada minuto final. E assim foi, Anyone Who Had A Heart, dirigido pela nossa amada Brooke, a atriz Sophia Bush.

Haley está bem melhor. Sentíamos falta daquele sorriso. E agora ela tinha outras preocupações. Ser a anfitriã do Festival. Cargo que já foi preenchido pelo técnico Whitey Durham. Sim, menções a personagens antigos são sempre bem-vindos. E fiquei muito contente em ver o nome do Whitey sendo lembrado por Haley. Foi um grande personagem, com certeza. Ela estava toda contente com Lydia, enquanto Nathan estava fora, acampando com Jamie curtindo um momento pai e filho (mais uma desculpa para cobrir a falta de James Lafferty no elenco fixo da ultima temporada). E enquanto tudo acontecia eu ficava matutando… “Mas e o sequestro? Acabou? Sem mais explicações de quem realmente estava por trás disso?”. Seria melhor haver mais explicações sobre isso? Caberia gastar alguma parte destes dois episódios finais com isso? Eu não sei, ficou algo em aberto, mas a tristeza é tão grande pela perda de One Tree Hill, que agente releva esses detalhes.

Nesta semana também foi o dia dos coadjuvantes voltarem. Mouth está bem mais magro, e recebe uma surpresa de Millie, quando esta diz que arranjou um programa de esportes para ele. Millie por outro lado tem de arrumar um outro parceiro para apresentador. Kylie (ex do Clay, e a “Mulher Nota 1000” do episódio dos anos 80) se candidata. É um fiasco. E quem assume a posição é Skills, que estava preocupado em jogar seus CDs da Lindsey Lohan no barco para queimar (alguém lembrou dele cantando Spice Girls no 4.21? Só comédia!).

Chase e Chuck estão bem. Ambos parecem estar superando o trauma do pai do garoto. Mas Chase parece que ainda está a procura de si mesmo. Só que a procura estava obviamente na cara dele. Por um momento ele pensou em abandonar o Tric, mas a casa de shows foi sempre seu lar na série. Aliás, 95% das cenas de Chase em OTH foram no Tric #verdadehistórica. E Haley conseguiu-o animar – Tric está completando 10 anos, e nada melhor do que um show comemorativo. Detalhe para o momento nostálgico em que Haley acha perdido na caixa de cd do Skills uma “Mixtape” (Peyton? É você?) com as musicas da noite de abertura, e dentro dele, um encarte com o pôster desenhado por Peyton (Peyton? É você?). Ah, foi bom demais rever aquilo, fala sério?

Ainda há espaço para falar de Clay e Quinn que se encaminharam para o final feliz. Ambos estão adorando serem os pais de Logan. Clay está curtindo muito. E Quinn tem se demonstrado que realmente ama o namorado. Fazer isso hoje em dia é muito difícil.  A cena de Quinn levando o Logan no mar foi bem massa. Gostei mesmo. Acho que como já estou num clima de despedida, estou gostando de tudo e de todos. Mas fazer o que? Reclamar para que não é? Os dois terminaram o episódio em um momento já previsto para os fãs, afinal mereciam um final digno: Clay pede Quinn em casamento. Com um anel do Lanterna Verde (Boa DC Comics). Ah, gente, final de série, sem casamento não é final de série.

Entretanto eu deixei para o final, a melhor e principal parte deste episódio. Brooke Davis. Ela foi uma das grandes protagonistas de One Tree Hill, e em momento algum largou o barco. Este episódio foi o grande ato final de Brooke Davis (será?). Nele, temos acesso a diário que Brooke escrevia no colegial, e como ela era frustrada pelo conflito de seus pais. Aliás, tivemos uma cena bem engraçada, quando Brooke arranca uma página do diário, dizendo que foi um momento insignificante entre ela e Peyton (#oshomempira), ri muito. Mas foi um episódio realmente marcante para a personagem, isso porque Julian, além de estar fazendo uma série baseada na vida de todos os personagens, com o livro de Lucas, Brooke teve uma reconciliação com seus pais.

E o obvio aconteceu: Ted e Victoria voltaram a ficar juntos. As cenas de “nojo” de Sophia Bush são ótimas. Rimos demais com ela. Mas o importante, é que no meio disso tudo, Ted conseguiu se redimir com Brooke. Além de Julian ter ido ao seu encontro, e ter dado a maior lição de moral, o Sr. Davis e Victoria assumiram que erraram, mas que pretendem se redimir de tudo com Brooke, sendo uma família feliz. Para começar, Ted resolveu não vender a Baker Man, deixando para a Brooke. Assim nossa tão amada personagem retoma sua vida, que parece estar completa de verdade agora. Fico feliz de verdade que nossa Brooke, depois de sofrer nove temporadas, tenha o seu final feliz.

Em um episódio que geralmente seria chamado de “enche-barriga”, tudo foi emocionante de se ver. Acho que quando estamos em uma última temporada, tudo é lindo, tudo é nostálgico. Valeu Mark Schawhn por cada lembrança inserida neste episódio. E acho que agora nos resta esperar pelo ato final, na próxima quarta, quando irá ao ar, as duas horas especiais com o fim de One Tree Hill. Fique ligado na cobertura do TeleSéries. E prepare o coração. Até lá.

Ps1: Quando eu disse que este episódio foi mesmo dos coadjuvantes eu não estava brincando. Até Junk e Firgie deram o ar da graça.

Ps2: Desde que Julian teve a ideia de fazer uma série de Tree Hill, muita gente assimilou a ideia com Dawnsons Creek. Mas Mark é tão inteligente, que ele de costume, dá respostas por meio de personagens. Brooke indagou para Julian: – Isso não é tão “The Creek”?. E ele disse “Pode até ser, mas isso terá a sua alma própria”. Ok? One Tree Hill tem sua alma própria. E ponto final.

Ps3: Já comprou a caixa de lençinhos para o final?

Ps4: NÃO FALTA MAIS NADA. SEMANA QUE VEM É O FINAL.

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

8 Comments

  1. Jen Mg

    os lenços estão do lado do pc desde Danny Boy…rs…
    amei seu review… espero ver o ultimo epi com o especial e vir aqui e ler seu review e comentar.

    ps: Brooke a melhor! ela me emociona, me faz chorar e rir… perfeita!
    senti falta do Nathan, queria Naley…. rs
    mal posso esperar pelo proximo e ainda não acredito que vai acabar!

  2. Gabriella Siggia

    Anderson vc me fez chorar com esta reiew! Amei o episódio e agora posso dizer q esta 9ª temporada foi perfeita! Esta no meu Top 3 de melhores temporadas!!!

  3. Aline

    Triste demais que minha serie preferida esta acabando. A Brooke é incrivel, o nathan não parecendo fez falta e foi lindo ouvir o Julian dize r para brooke quando os produtores comprararama ideia , que o seriado que ele quer produzir é um show que não tem medo de ser quieta ou sincera, uma serie que é romantica e sexy e que te faz sentir que vc não esta sozinho- nessa parte senti q eles colocaram o que nós sentimos esses nove anos na fala do Julian e a emoção bateu mais forte…..

  4. Bruna

    Foi um episódio bem legal, e desde o começo ele me lembrou do 1.03. Ri muito quando a Brooke pegou os pais dela juntos e começou a falar OMG OMG OMG hahaha

    Foi bonitinho o Clay pedindo a Quinn em casamento e o Logan levantando o braço pra ele pegar o anel, adorei!

    Essa temporada tem sido tão eletrizante que até estranhei um episódio mais calmo.

  5. Hugo Fonseca

    Gostei bastante do episodio, mas eu ainda não acredito que a Brooke teria um diário no high school.
    E se o Julian está com problema de escrever, era só ter lembrado do Lucas, não?!
    Mas tudo bem vamos relevar, estamos falando do penúltimo da série. Até gostei da historia da Quinn com o Clay e o Logan, foi bem bonitinho.

  6. cybelle

    episodio perfeito,finalmente a brooke conseguiu o amor sincero dos pais,foi lindo e emocionante mesmo,se tivesse terminado ali seria perfeito tb,só nos resta aguardar o final e saber se tem alguma surpresa.

  7. Arii

    Oiiii Anderson… você sabe qdo esta ultima temporada irá passar no Brasil?? obrigadaa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account