Log In

Reviews

Once Upon a Time – True North

Pin it
Série: Once Upon a Time
Episódio: True North
Número do Episódio: 1×09
Data de Exibição nos EUA: 15/01/2012

Acho incrível como a série retrata a questão familiar de modo tão intenso. Presenciamos em várias cenas crianças ou adultos que foram órfãos. A ausência paterna e materna é algo que flui nos episódios e sinceramente, não torna nenhuma parte cansativa. Ao contrário, é importante expormos o fato de que humanos não são como objetos que podemos descartar no lixo e depois continuar a vida como se nada houvesse acontecido. Existem consequências em nossos atos e é dessa forma que a história de João e Maria foi introduzida no episódio dessa semana.

Primeiramente devo dizer que as cenas entre Mary e Emma são incríveis. É muito interessante como mãe e filha se tratam sem saberem o que realmente são uma para a outra. É muito bacana como o senso materno de Mary se pôs diante dos problemas em que Emma estava passando como achar uma saída para os irmãos perdidos, que inclusive se mostraram realmente duas pessoas unidas que cuidam uma da outra. Diria até que Maria é um reflexo de Emma e por isso essa missão se tornou mais desafiadora para a nossa heroína.

Não poderia deixar de comentar o fato do pai de Henry ter sido finalmente citado no episódio. Quem será o homem que juntamente com a Esperança deram origem a um menino cheio de fantasia? O mais engraçado é um estranho aparecer do nada em Storybrooke após o caso ser eclodido. Óbvio demais ou um tanto intrigante?

É claro que mesmo tendo questões importantes na realidade, no mundo da fantasia tivemos uma ótima laçada com o conto de fadas perante o conflito de Branca de Neve com a Evil Queen. Colocar em xeque João e Maria para a casa de doces para acharem a maça envenenada que dará um fim a Branca de Neve se tornou algo conveniente e adequado. É claro que senti saudades daquela velha história de marcar o caminho com doces, mas não reclamaria já que os escritores conseguiram interpolar o desfecho continuado do mundo da fantasia para com o mundo da realidade. Devo dizer também que daria tudo para ver um abraço do pai com os filhos, mas a cena logo foi cortada me deixando na vontade.

Como nos outros episódios, Once Upon a Time me surpreendeu com a sua chamativa história utilizando recursos conhecidos que não tornam a série clichê, mas um show empolgante de se assistir. Basta agora descobrirmos quem será esse homem misterioso. Será que o Ben de Covert Affairs está a procura de uma nova missão?

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

3 Comments

  1. MicaRM

    Mais uma vez preciso dizer aqui…o melhor do episódio foi rever o Nicholas Lea. (fã, eu? Quase nada, heheheh)

    E eu estou ainda mais curiosa para saber o motivo de Regina ter adotado Henry….e o segredo dela…
    Minha maior tristeza é que Emma Caulfield apareceu tão pouco. Eu não a vejo desde Buffy (não pq ela está sumida, mas pq eu não vi nada do que ela fez até agora).

    Quem será que foi o pai de Henry? Quem será o motociclista misterioso? Ansiosa pelo próximo episódio.

    Hey, Emma proporcionou a reunião de Hansel e Gretel com o pai…não era para eles terem lembrado da verdade, assim como Graham lembrou antes de morrer?

  2. Bianca Mafra

    Mica, eu achei que ele apareceu pouco, poderia ter aparecido mais, não acha?
    Graham lembrou ao tocar a Emma, não foi? não lembro mais da cena propriamente dita, mas lembro de achar isso.
    episódio delicioso, OUAT tem se mostrado bem equilibrada. mas to morrendo de vontade de ver a historia da chapeuzinho bitch
    ah, adorei ver o ben na cidade, deixando o caminho da Ana Walker livre, os dois juntos não tinham química nenhuma. 

  3. Leticia

    posso estar viajando, mas acho que esse “forasteiro” pode ser o Lobo Mau, ou seja, veio atrás da Ruby! Será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account