Log In

Reviews

Once Upon a Time – The Outsider, In The Name of the Brother e Tiny

Pin it
Série: Once Upon a Time.
Nome dos Episódios: The Outsider, In The Name of the Brother e Tiny.
Número dos Episódios: 2x11, 2x12 e 2x13
Exibição nos EUA: 13/01, 20/01 e 10/02/2013
76
3.8
1

Quando tudo acontece em Storybrooke e temos um flashback do passado no mundo da fantasia, os episódios de Once Upon a Time sempre se tornam mais especiais. A primeira temporada foi uma prova disso. Muitos sentiram que a qualidade de antes havia se perdido um pouco, no momento em que Emma e Mary se separaram do resto da trupe, mas aqui estamos novamente de volta ao básico e a velha estrutura de episódios que adoramos. E que virada de história aconteceu nesses últimos episódios, não foi?

The Outsider

E a vingança de Hook se inicia! Eu fiquei feliz com o episódio. Desde o começo da temporada, nos deparamos com um Hook que só pensava em vingança e em querer matar o Mr. Gold, mas ninguém parou para pensar que isso não aconteceria. Gente, Rumple tem o poder da visão do futuro. Ele sabe o que vai acontecer. Não foi ele, afinal de contas, que elaborou toda a maldição desde o início? Até parece que um capitão viria do nada e mataria o grande e imortal Senhor das Trevas.

Mas ninguém pode dizer que não foi surpreendente. Bella se mostrou muito corajosa nesse episódio e foi algo que também me agradou, pois todos imaginam Bella como aquela pequena xícara quebrada. Bella não é frágil e gostaria que os personagens tirassem essa imagem da mente.

Achei bem bolado também o encontro de Bella com Mulan, e a forma com que a mesma conheceu o príncipe Phillips! Quem diria, não é mesmo? É por isso que gosto da série! Temos encontros e histórias que se desenrolam de forma inesperada. Mas inesperado mesmo foi o grande final do episódio. Edward e Adam nos pegaram de jeito fazendo Bella perder a memória, fazer um estranho invadir Storybrooke e ainda atropelar Hook! Quem não ficou sem fôlego com esse episódio?

In The Name of the Brother

O episódio partiu da terrível cena em que Bella perdeu a memória, Hook foi atropelado e um estranho do mundo externo entrou na cidade. Essa era uma questão a se questionar. Se os personagens não podiam sair da cidade devido à perda de memória, o que aconteceria com as pessoas que entrassem na cidade? Nada. Afinal de contas, os humanos não são personagens e não tem poderes. Tirando Emma, é claro, ela é uma grande exceção.

Acho que o interessante, se vermos de uma perspectiva bem incomum, é que o episódio foi focado no Dr. Whale, mas ele não foi o personagem que chamou a atenção nesse episódio. O meu foco foi no Mr. Gold, é claro. Sua ambição em encontrar o filho foi impedida pela vingança de Hook, que agora está no hospital sendo tratado. O amor de Rumple agora não sabe quem ele é e o que mais aperta o coração é vê-la derrubar a xícara que os tornaram tão próximos. Onde está a doce Bella?

E o encontro que todos esperavam entre Cora e Regina? O que podemos esperar dessa dupla de bruxas agora que estão juntas e vão acabar com Storybrooke se possível, só para ter Henry de volta?

Tiny

Eu definiria Tiny como aqueles episódios que sempre tem uma lição de moral no final. E sabe, acho que são esses episódios que fazem com que eu me apaixone pela série mais uma vez. É um relacionamento de paixão constante em Once Upon a Time. Ela é uma série que quando você adora, você está viciado 24 horas por dia, mas quando esfria, você da vontade de ficar um pouco distante, mas ela sempre te conquista de novo. E fiquei tão feliz de Edward e Adam darem um jeito de trazerem o Pequenino para Storybrooke, por que ele se tornou um daqueles personagens que você se apega muito rápido, mesmo que você só vê uma única vez.

Conhecemos a história do Pequenino e foi revelado quem era Jack, ou traduzindo para os brasileiros, o João, da história ‘O João e o Pé de Feijão’. Tudo não passa de uma questão de tradução. Na verdade, o nome do João é Jack nos EUA e é um homem. Mas Once Upon a Time brincou com esse nome, pois Jack é um novo unissex, isto é, serve tanto para homem, quanto para mulher. É claro que foi realmente muito superficial a parição de Jack nessa história. Por um momento achei que ela fosse Alice, quando citou o cogumelo em outro reino. Mas da mesma forma que ela era considerada Jack na Floresta Encantada, nada impede que ela também seja a Alice.

E realmente quem está torcendo para que Rumple encontre o seu filho, entre no grupo. Ele nunca se sentiu tão inseguro quanto agora. Ele está em um mundo desconhecido e sem seus poderes. Como será que ele encontrará o seu filho? Com a ajuda de Emma e de seus misteriosos poderes?

Tem muita coisa ainda para acontecer nessa temporada. Ainda temos oito episódios para a season finale e podemos aguardar muitas reviravoltas.

PS: Regina encontra Cora uma vez e já se tornou uma Evil Queen, da água pro vinho? Será que não era a Cora se disfarçando novamente?

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

1 Comment

  1. Pingback: Destaques na TV – Quinta, 4/4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account