Log In

Reviews

Once Upon a Time – Child of the Moon

Pin it
Série: Once Upon a Time
Nome do Episódio: Child of the Moon
Número do Episódio: 2x07
Exibição nos EUA: 11/11/2012
96.8
4.8
5

Child of the Moon foi certamente o episódio mais conto de fadas que teve em Once Upon a Time nessa temporada. E quando me refiro ‘conto de fadas’, me refiro àquelas histórias que possuem uma dinâmica simbológica que traz uma lição moralista no final. De fato, Edward e Adam escolheram o melhor personagem para tratar bem o quesito de aceitação pessoal. O grande dilema de aceitar seus próprios defeitos e conviver bem com eles é uma questão mais do que pessoal, já que existem diversas ramificações que podem ser situadas de formos pensar na grande quantidade de diversidade que existe na sociedade e que não é aceita pela mesma.

E nesse clima de aceitação que continuamos com a jornada para salvar Emma e Branca do mundo da fantasia. Gente, só algumas vírgulas que eu gostaria de deixar, por que a temporada começou nesse clima de tentar salvar mãe e filha e trazê-las de volta para Storybrooke. Mas a questão é… Não vemos em vários momentos os personagens tendo aquele flash de nostalgia lembrando-se da época em que moravam lá? Quer dizer, é claro que tinham sempre algum problema com que lidar e sempre acabam em alguma luta ou outra em busca do verdadeiro amor, mas será que juntos eles não conseguiriam destruir todas as criaturas deixadas na Floresta Encantada para que todos voltassem a viver em seus respectivos lares? Haveria uma grande construção e certamente, muita reforma por lá, mas acredito que o esforço valeria a pena… Ou não? Afinal de contas, qual é o melhor lugar para se viver atualmente: Storybrooke ou Floresta Encantada?

Gostaria de comentar alguns erros que encontrei no episódio, como o fato da Ruby não ter suas roupas rasgadas após virar loba. Isso realmente é muito estranho. É como se a roupa se fundisse com a forma de lobo e depois a tornava humana novamente. É isso mesmo produção? E gente, que absurdo é aquele do Henry tomando bebida alcoólica? Onde está a moralização da série (momento em que eu me contradigo)?

Adorei ver mais de Ruby nesse episódio. Ela é uma personagem que como sabemos se tornou regular nessa temporada e de certo, é um personagem que merece muita credibilidade na série. A Chapeuzinho Vermelho foi uma das histórias que sofreu mais mudança na série e que foi bem aceito pelo público, afinal de contas, nunca imaginaríamos que ela fosse o lobo. E como toda a história de Once Upon a Time, sempre temos uma grande perda e a Ruby foi a que mais teve perdas e não foi ocasionado pela maldição. De certa forma ela possuía uma ‘maldição’ interna que ela precisa aceitar. Ruby, de fato, é uma heroína e uma batalhadora.

Mais uma vez tivemos mais um pouquinho da amizade de Ruby com Bela nesse episódio que também estou amando. Elas são bem aquela relação de melhores amigas e em Once Upon a Time, esse tipo de relacionamento não é só bem visto como também necessário. O público alvo que assiste acredita mesmo nessa bondade que existe nas pessoas e também querem um final feliz.

Aproveito para anunciar que estou montando um círculo de macumbeiros para amaldiçoar Rei George e toda a sua dor de cotovelo que ele sente por David. Ninguém gosta de ver o protagonista sofrendo e eu apoio totalmente que ele seja marcado pelo sugador de almas.

E pra fechar com chave de ouro o episódio que desencadeou a nova salvação de Emma e Branca. Graças à maldição do sono que atingiu Aurora e Henry, eles acabaram conseguindo uma conexão entre o mundo da fantasia e o mundo dos humanos. Incrível, eu já perdi a conta de quantos mundos existem segundo a teoria de Rumple. Agora temos o mundo que fica entre a vida e a morte. Que coisa mais louca! Estamos entrando numa crise existencial sem percebermos!

Para aqueles que sentiram calafrio ao ver Emma e Branca escutando o nome do Henry no final do episódio, podem esperar que agora a situação ficará mais crítica ainda agora que Cora jogará toda a sua raiva e toda a sua divindade de bruxa nas panteras.

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

10 Comments

  1. paty

    gostei do episódio…também achei estranho a chapeuzinho não ficar com as roupas rasgadas..enfim…e era café o que Henry tomava.

  2. biancavani

    A história de as três personagens terem o mesmo pesadelo foi mesmo intrigante, e a resolução do mistério foi melhor ainda do que eu esperava.

  3. Mario Madureira

    Também achei biancavani! Isso vai desencadear muita coisa para o próximo episódio! A Branca e o James tentarão se comunicar pelos sonhos deles!

  4. giovana

    Ele respondeu não! pq ele não queria que david soubesse que ele estava tomando café para não dormir

  5. keila

    É que nos EUA, as crianças não tomam café c/ aqui no Brasil. Eles acreditam que é faz MUITO MAL p/ saúde, ao contrário de comer td dia nos mcdonalds da vida! Vai entender….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account