Log In

Reviews

Once Upon A Time – And Straight On ‘Til Morning

Pin it
Série: Once Upon A Time
Episodio: And Straight On 'Til Morning
Número do episódio: 2×22
Exibição nos EUA: 12/05/2013
97.4
4.8
5

Ao contrário do episódio passado essa Season Finale teve o ritmo certo. Mistura de emoções, raiva, alegria, tristeza, surpresa, medo e muito mais em menos de 45 minutos. Fazia tempo que eu não me empolgava tanto com um episódio de OUAT.

O começo do episódio foi sim rápido, mas nada exagerado, afinal de contas é compreensível que depois de ter posse do gatilho, os humanos usariam o mais rápido possível para destruir a magia do mundo. Acho que faltou uma explicação para a razão de o gatilho só ser ativado com a ajuda de uma determinada picareta. Talvez eles façam um flashback na terceira temporada para explicar isso. – Dói bastante falar “só na próxima temporada”.

Depois de ativado o gatilho nada mais poderia ser feito e foi aí que as coisas começaram a ficar tensas e eu me vi temendo por todos os personagens, – principalmente pela Regina – mesmo sabendo que tudo se resolveria no final, não tinha como não se envolver com o “apocalipse”. Como eu havia dito em algumas reviews atrás, os roteiristas estavam transformando a Regina para mostrar ela como uma heroína no final, pois foi com a ajuda dela que tudo se resolveu. Para diminuir a velocidade da destruição Regina resolveu se sacrificar e mostrar a Henry que ela é uma boa pessoa. Houveram muitos momentos emocionantes, mas para mim o momento em que Emma descobre que Regina não vai voltar foi o melhor.

Hook, após descobrir que para sua vingança se realizar ele terá de morrer, decide se unir aos mocinhos da estória e parar a destruição. O momento em que ele chega na casa de Mary Margaret e David dá um soco nele foi hilário; – já revi a cena várias vezes, fiquei morrendo de rir – David e Hook decidem ir atrás dos humanos para conseguir os feijões mágicos e assim salvar a todos os moradores de Storybrooke. Eu não sei muito bem como funciona o mecanismo para se abrir um portal, sempre achei que só era jogar o feijão no chão e ele abria o portal, – como ocorreu no caso do Bae e no episódio passado com a Tamara – mas nesse episódio o feijão caiu no chão e nada aconteceu, temos duas possibilidades: ou foi um erro, ou para se criar um portal é preciso ter a intenção de criar o portal. Mas bem, depois de conseguir recuperar um feijão eles decidem retornar para ajudar a população.

Achei que as coisas fossem ser resolvidas com mais enrolação e que de certa forma todos iriam para outra terra, mas fui surpreendido e gostei disso. A resolução foi bem óbvia no fim das contas, mas para ser sincero eu não percebi até estar acontecendo. E foi lindo ver as heroínas se ajudando para salvar a todos e ver a Regina recebendo o crédito por algo, achei que fossem ignorar a coitada de novo, mas parece que isso são águas passadas e a nova temporada vai ser com a Regina mais boazinha e mãezona do Henry.

Todos os problemas colocados durante a temporada foram resolvidos nesse episódio, um deles foi o das lembranças da Lacey. Confesso que fiquei igualmente surpreso como o Mr. Gold. Encontraram a cura exatamente no último episódio?! No momento de destruição e morte de todos, foi bastante irônico. A cena em que Belle lembra de tudo foi fofinha, como todas as cenas do casal Rumbelle. Gold estava bastante frágil nesse episódio depois da perda do filho e vê-lo abrir mão das maldades por vontade própria foi muito legal, foi o momento de redenção do personagem.

No conto de fadas a continuação da estória do Bae foi bem satisfatória, mas a parte do mundo real dessa vez ficou com os melhores momentos. Não foi ruim, longe disso, foi muito bom ver o Hook se apegando ao Bae e o tratando como filho, quase como uma promessa de cuidar do filho da amada. No momento em que ele sumiu de Storybrooke para salvar Bae/Neal, eu não senti raiva, consegui entender o carinho dele pelo “garoto”; – que não é mais garoto – a parceria entre os dois foi convincente, espero que na próxima temporada tenhamos bastante cena dos dois nos tempos atuais.

E quando todos achamos que tudo está bem, está resolvido me vem o negócio do Henry. Muitas perguntas surgiram, como é que a Tamara e o Greg tem conhecimento do Henry e da tal ligação dele com o Peter Pan (ou a Sombra)? Qual a razão de Henry ser tão importante? Raiva que as respostas só serão contadas na próxima temporada.

E o tão esperado final. Foi um final incrível – para não falar palavrões – o cliffhanger deixado foi tão excitante e eu fiquei cheio de dúvidas, vou deixar no fim do post para aqueles que não assistiram o episódio não receberem doses de Spoilers. Foi uma ótima season finale, atingiu as expectativas que eu estava colocando e arrisco dizer que foi até melhor que a da temporada passada com todos se lembrando e o sorriso maligno da Regina no fim. Tiveram alguns furos, óbvio que tiveram, mas depois de uma temporada com tantos episódios assim não fiquei surpreso que a finale tivesse e acabou que não modificou tanto no resultado final.

Até a próxima temporada pessoal.

P.S.: O que foi o Neal na Enchanted Forest com a Aurora, Mulan e Príncipe Phillip? Como ele voltou? Durante o episódio fiquei na dúvida se o Peter Pan quer o Henry, ou se a Sombra é que quer, ou ainda se a Sombra é o Peter Pan. E agora que os “governantes” da cidade saíram como vão ficar as coisas aqui na Terra? Afinal de contas todos da agência sabem da existência da cidade. Muitas emoções na 3ª temporada. Vamos aguardar ansiosos.

Séries citadas:

Estudante de Letras, recifense, 19 anos. Viciado em séries, livros, filmes, música e chocolate. Reviewer de Once Upon A Time e Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. Tenta encontrar tempo para as mil ideias na cabeças, mas quando tem acaba escolhendo fazer aquela bela maratona que estava prometida há meses.

Website: http://folgadafaculdade.tumblr.com

7 Comments

  1. Aline

    Lembro que quando introduziram o Hook na série tinham falado que ele seria um vilão mesmo, sem chance de redenção. Mas agora deram um coração para ele! Sabia que não conseguiriam manter Hook mau pra sempre.

    Também estranhei quando o feijão caiu no chão e não aconteceu nada, mas acho que é isso mesmo, pra abrir um portal tem que ter a intenção. Mas o que achei estranho é o destino que o portal abre. Como Greg e Tamara sabiam como ir pra Neverland?? Os mocinhos precisam de uma bússola pra se guiarem, agora os humanos conseguem ir pra onde bem entendem com os feijões?? Nada a ver!!

    Vários outros detalhes ficaram estranhos e me irritaram um pouco, mas nada que tenha estragado a série pra mim. OUAT continua tendo aquela magia e ainda é uma das séries que mais aguardo. Só espero que não te torne uma Glee da vida.

  2. lucas

    Apesar de alguns furos OUAT continua ótima. Os autores só precisam tomar um maior cuidado com o roteiro que as vezes não tem muito sentido, como por exemplo a história da Mulan, porque na história original ela nasceu na China, então quer dizer que dentro dos contos existem os mesmos países que no mundo real? Mas mesmo com essas dúvidas OUAT continua sendo uma das minhas séries favoritas, e estou ancioso pela 3 temporada.;)

  3. Jr_Melo

    Acho que pelo fato de Hook acabar caindo nas graças do povo resolveram fazer dele uma boa pessoa.
    Eu pensei que além da intenção de abrir um portal a pessoa teria que pensar em onde tem que ir, mas espero que eles expliquem melhor isso, pois ficaram muitas questões em aberto.
    OUAT compensa sempre na criatividade, acho que a série vai ser perfeita quando eles derem mais atenção aos detalhes; mas ainda é um boa série e também espero que não se torne uma Glee.

  4. Jr_Melo

    Essa temporada foi mais cheia de erros que a última, mas é de se esperar com continuações. Também concordo com essas modificações que eles fazem nas histórias, muitas vezes acaba perdendo a essência do conto. OUAT no coração de todos ?.
    Também estou bem animado para a próxima temporada. Quem venha Neverland.

  5. Caroú ;3

    Superipermega ansiosa para a próxima temporada,mas há uma dúvida que não está no post:Emma e Gancho não formam um belo casal?,tadinha dela gente tudo bem que ela tem o Henry mas não merece ficar pra titia.Na minha modesta opinião seria de grande agrado se o Gancho se apaixonasse e mudasse pela Emma,transferindo o amor que ele sentia pelo Bae para o Henry,seria tudo!
    Ownt,já até imagino a cena eles no navio e o Gancho ensinando o Henry a navegar,ai a Emma chegava e ficava olhando para os dois,nisso o Gancho começa a olhar para ela de uma maneira extremamente fofa e sorrir,e os dois ficam se admirando(típico,clichê mas fofo demais).
    O que acham dos pombinhos?

  6. Bibi

    Quanto ao ps no final: Philip foi resgatado por Aurora e Mulan, pq lembra que quando Emma e Snow conseguiram sair da Floresta Encantada, Mulan e Aurora disseram que iriam procurar por ele, daquela maneira que Cora falou (eu não lembro qual era), que envolvia recuperar a alma dele. Elas devem ter conseguido, e provavelmente vão ter flashbacks sobre isso na 3ª temporada. Quanto ao Henry, Peter Pan e a Sombra eu tenho duas boas hipóteses. A primeira é que Henry, em algum momento, foi para a Terra do Nunca e conseguiu escapar, provocando assim a sede de vingança da Sombra, que não parece ser a “melhor pessoa” do mundo. Afinal, quando Wendy voltou da Terra do Nunca e perguntou a Bae quanto tempo havia passado, ele disse que menos de uma noite, e ela disse que parecia muito mais tempo. Henry pode ter feito isso e conseguido escapar da sombra, e agora ela quer matá-lo… Eu acho que ela é a parte ruim de Peter Pan, que deve ter se perdido em algum mundo em algum momento, talvez tenha até morrido, e é aí que entra a segunda hipótese, de Henry, por ser o filho da Salvadora e de Bae, ter algo que possa recuperar Peter Pan, e ser isto que a Sombra quer.

  7. Felipe

    “E agora que os “governantes” da cidade saíram como vão ficar as coisas aqui na Terra?” – Foi deixado pelo Rumplestiltskin à Belle uma instrução. Acho que a sombra seria o lado ruim do Henry, por algum motivo, separado dado ter nascido no mundo real. Só que o que me pega é a relação de tempo porque a sombra já existia desde o tempo em que o Neal Cassidy era o Baelfire, invariavelmente filho do Rumplestiltskin. Isso me deixa intrigado também pelo Hook, que toma alguma coisa muito boa para se manter “jovem”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account