Log In

Opinião TV Brasil

O que vou assistir hoje na TV – segunda, 5/7/2010

Pin it

Criminal Minds - Our Darkest Hour

Criminal Minds nunca foi uma das minhas séries policiais favoritas. Mas eu concordo com os fãs. Em meio ao cansaço criativo da franquia CSI, do esgotamento de Law & Order:Special Victims Unit e do fato de algumas novas promessas como The Mentalist não terem decolado, Criminal Minds manteve a trajetória de evolução, superou as partidas de Lola Glaudini e Mandy Patinkin (que na época pareciam insuperáveis) e fez deste seu quinto ano sua melhor temporada.

Há motivos para preocupação pela frente. A anunciada saída de A.J. Cook, o bizarro spin-off estrelado por Forest Whitaker que ninguém entendeu e o próprio fato de que é sabido que depois de cinco temporadas as boas ideias começarão a escassear preocupam. Mas nada apaga o fato de que este ano foi incrível, com episódio fechados arrepiantes e o melhor arco da história da série (encerrado com o confronto entre The Reaper e Hotch, no 100º episódio da série).

A temporada encerra esta noite, às 22h, no AXN, com a exibição do episódio Our Darkest Hour. E ainda tem a participação de Eric Close, da saudosa Without a Trace.

Outros destaques:
• Ainda no AXN chega ao fim a criticada 10ª temporada de CSI, às 21h, com o episódio Meat Jekyll.
Life Unexpected é outro show que encerra sua temporada no Brasi. Às 22h, no Liv.
Private Practice, na Sony, 22h, episódio Eyes Wide Open, com participação de Caterina Scorsone (Missing).
Modern Family, vem com o episódio My Funky Valentine (Fox, 22h30).
• No Boomerang tem Heartland (20h).
The Good Wife fecha a noite, no Universal, 23h, com a exibição do episódio Mock.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

28 Comments

  1. Fernando dos Santos

    A season finale de Criminal Minds que vai ao ar hoje também conta com a participação de Robert Davi, ator de Profiler(1996-2000) série cujo enredo também girava em torno de uma equipe do FBI especializada em caçar serial killers.
    Eu até gostei mais da quarta temporada de Criminal Minds porém no quinto ano a série de fato soube manter o pique do inicio ao fim.

    Semana passada muitos sites anunciaram a entrada de Janeane Garofalo para o elenco do spin-off.

  2. Lu

    O season finale do CM é imperdível. Excelente temporada. Aliás, eles nunca deixaram o nível cair.

  3. Tadeu Mascarenhas

    Na SKYHD as legendas do episódio inicial da segunda temporada de Brotherhood estavam todas erradas, sem sincronia nenhuma ontem no LIV e o episódio ainda começou com 30 minutos de atraso.
    Sem contar a divulgação ZERO do canal.

  4. Fabiano

    Iniciou a segunda temporada de Brotherhood?
    Tem alguma reprise programada?

  5. Caio M

    Tadeu, as legendas de Brotherhood estavam erradas na Net analógica também. Fabiano, eu acho que a única reprise do episódio foi ontem de madrugada, o LIV precisa arrumar outro horário e eu duvido que isso vá acontecer.

  6. Mônica A.

    Estou super atrasada com Criminal Minds. Fico louca pra ler as reviews, mas ainda estou na segunda temporada. Um pequeno off topic: eu estava vendo o filme Yentl um dia desses e fiquei uma meia hora tentando descobrir quem era o partner da Barbra Streisend. Eu sabia que o conhecia por causa da voz e depois vi que era o Mandy Patinkin. Putz! O cara era gato, viu?

    Hoje só The Good Wife.

  7. Flávia

    Mônica, você já viu “A princesa prometida”? Lá está Mandy Patinkin no papel mais divertido de sua carreira, Inigo Montoya! Vale a pena ver. E ele é ótimo sempre, lá, em O Reencontro, Yentl, Dead like me, Chicago Hope… Sou fã mesmo. Por isso também achei, como o Paulo, que Criminal Minds não superaria a sua saída. Mas superou bonito, tem crescido e fez uma temporada irretocável. Ansiosa pelo fim…
    Vou ver também CSI e The Good Wife, e tentar a reprise de Modern Family.

  8. Denise

    Novamente aviso: As Aventuras de Merlin (HBO Family) Inédito hoje às 19 hs. S02 Epi 10.

  9. Mônica A.

    Flávia, eu vi A Princesa Prometida no cinema (faz teeeeeeeeeeeempo) mas não lembro do Mandy Patinkin. Vou ver se encontro pra locar. Também acho ele ótimo!

  10. Flávia

    Também vi faz muuuito tempo no cinema, mas depois revi uma vez na TV, há uns cinco anos. Aí lembro bem!

  11. pedroluiz02

    E continua a exibição diaria de According To Jim as 19:30hs , hj epsodio 6

  12. bia mafra

    monica, eu cai da cadeira quando as crianças foram ver os simpsons e eu dei de cara com o hotchner tentando roubar a Wilma do Fred. eu ria so de pensar no hotchner fazendo tamanho papel de bobo.

    Logico que vou chorar as pampas so de pensar que vou ficar sem criminal minds durante um grande tempo, mas… entao eh cm, csi (uma temporada mediana para ruim, se tornando muito ruim por conta desse arco ridiculo do jekyll) life unexpected (também se despedindo dessa temporada) e a excelente good wife.

  13. Fernando dos Santos

    Um dos maiores problemas de CSI atualmente é que após a saída de William Petersen parte da estrutura do show mudou.
    Durantes nove anos a figura central da série era Gil Grissom, chefe da equipe.Após sua partida e a chegada de Langston, os produtores procuram transformar em personagem principal um sujeito que é subalterno e novato na profissão de perito.

  14. Flávia

    Fora que não faz nenhum sentido um respeitado professor universitário largar tudo para ser um novato subalterno, como o Langston fez…

  15. Fernando dos Santos

    A motivação do Langston até me pareceu plausível.Ele resolveu usar seus vastos conhecimentos sobre o crime para ajudar a polícia a tirar das ruas os criminosos.O problema no meu entender, está na mudança de estrutura ocorrida no show.

  16. José Roberto

    Ah! E vou de Julianna Margulies e Archana “Archie” Panjabi, também.

  17. Amanda Darling

    Hoje vou de Csi e Criminal Minds

    e me juntos ao Fernando sobre a mudança na estrutura do show, acho que com a saido do Grissom deviam ter divido as historias de CSI na Catherine no cargo dela agora como supervisora da equipe e no Langston como novato mas parece que esqueceram totalmente da Catherine e acho que foi aí que a série errou na mão. Csi desde o começo era focado na dupla Grissom – Catherine, Grissom saiu e Catherine faz participação especial, pq pra mim a Marg virou coadjuvante de luxo

  18. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    Errata O Titulo coreto da série é White Collar

  19. mazinha

    Concordo com o Fernando eu gostei mais da 4ª temporada, mas achei que nesta eles não deixaram a peteca cair e manteram sim o nível, apesar de gostar da JJ não acho que ela seja uma personagem onde a ausência vá prejudicar a série, vai fazer falta sim mas com certeza não vai tirar o brilho desta série genial…já estou com saudades….volta logo CM!!!

  20. Márcia

    Ainda estou sobre o impacto desse episódio.
    Esse assassino em série,mostrado nesse episódio foi um dos mais assustadores.
    O fim da temporada terminou e estou louca para saber o final dessa estória.

  21. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    Série Damages é considerada como cancelada
    A notícia ainda não é oficial, mas a revista TV Guide informa que “Damages” está, de fato, cancelada. Estrelada por Glenn Close, a série não conseguiu sobreviver aos baixos índices de audiência, o que levou o canal FX a tomar a decisão de não renovar a produção para uma quarta temporada. Em uma tentativa de salvá-la, os produtores correram atrás da DirecTV para conseguir co-produção que pudesse manter a série no ar.

    Ao longo de duas semanas, representantes da Sony (co-produtora da série), do FX e da DirecTV tentaram chegar a um acordo para dar continuidade à “Damages”. No entanto, as negociações chegaram a um impasse quando, seguindo a tradição da DirecTV, foi proposto ao FX que a co-produção lhes dariam a exclusividade na estreia dos episódios inéditos; somente depois eles poderiam ser exibidos pelo FX. No entanto, o FX não aceitou.

    Para manter a exibição original dos episódios em território nacional, o FX teria que ter buscado co-produção em outros países. Mas, além dessa questão, existia outro problema de ordem financeira que se tornou um entrave nas negociações. Atores e a equipe técnica teriam que aceitar redução de salários , e a Sony precisaria abrir mão de uma parte de seus lucros.

    Assim, a série “Damages” teria chegado ao fim por questões financeiras e de audiência; seu último episódio foi exibido nos EUA no dia 19 de abril com um total de 3 temporadas. Quem acompanha a programação do FX americano deve ter percebido que o canal vem no último ano mudando seu perfil de público. Ele está voltando às origens, buscando a audiência masculina. O fato levanta uma questão. Será que o FX não cedeu às exigências da DirecTV porque não estaria mais interessado no perfil de público da série?

    Em sua grade estão séries como “Justified”, “Louie”, “Archer”, “Sons of Anarchy”, “It’s Always Sunny in Philadelphia” e “The League”, além de “Rescue Me” que está em sua última temporada. Entre os projetos de novas séries estão “Outlaw Country“, sobre os bastidores da máfia musical em Nashville; “Wilfred“, versão americana de série australiana, sobre a relação de um homem com o cachorro ciumento de sua namorada; “Lights Out“, sobre um ex-boxeador que agora tenta manter-se fora dos ringues; e “Terriers“, série de Shawn Ryan (The Shield) que tem 13 episódios encomendados, sobre dois detetives particulares.

    Criada por Daniel Zelman, Glenn e Todd Kessler, “Damages” estreou em 2007 conquistando a maior audiência do canal até então. Foram 3.7 milhões de telespectadores, chegando a 5 milhões com a reprise do episódio piloto. Mas, a terceira e última temporada estreou com apenas 1.4 milhões de telespectadores, dando à temporada uma média de apenas 1.3 milhões. Apesar desse número ser satisfatório para outros canais a cabo, para uma produção cara como “Damages”, a audiência não compensa, ainda mais pelo seu histórico de queda de interesse de público.

    Explorando diferentes linhas de tempo e desenvolvimento de situações com reviravoltas nas vidas dos personagens, “Damages” girava em torno de duas mulheres, Patty Hewes (Glenn Close) e Ellen Parsons (Rose Byrne). Inicialmente as duas são mentora e pupila, respectivamente, mas ao longo da história se tornam inimigas silenciosas.

    Apesar de ser um drama jurídico, a história não se concentrava nos embates das sessões de tribunais, ao contrário, ela se desenrolava nos bastidores dos casos, os quais dividiam a atenção do público com as situações de enfrentamentos pessoais protagonizadas por Patty e Ellen, bem como suas consequências.

    Cada temporada da série tinha como base escândalos financeiros da vida real. A primeira temporada apresentava a luta de funcionários de uma empresa falida a receberem indenização do proprietário da empresa. O enredo teve como base um escândalo ocorrido em 2001 que envolveu a empresa de energia Enron, localizada no Texas. Acusada de fraudar os lucros da empresa ao longo de seis anos, a empresa foi processada por seus funcionários quando esta pediu falência.

    A 2ª temporada da série trouxe em sua história a relação da indústria com os problemas do meio ambiente, a qual teve como referência vários casos que ainda estão em andamento nos EUA. Já a última temporada da série, que gira em torno de um esquema de pirâmide aplicado por um empresário e filantropo, tem como base o caso de Bernard Madoff, ocorrido em 2009.

    Apesar da boa receptividade crítica e dos prêmios conquistados ao longo da produção, o público americano foi perdendo interesse pela série. Os últimos episódios exibidos registraram uma média abaixo de 1 milhão de telespectadores.

    “Damages” serviu de estreia do ator William Hurt no elenco de uma série.
    http://veja.abril.com.br/blog/temporadas/series…mo-cancelada/Link com a Informação:

  22. Patrícia Barz

    Oi, cade os destaques de hoje???? Acho que torcer contra a Holanda ocupou seu tempo, né?….hahaha

  23. Isa

    Criminal Minds é mesmo muito boa, demorei um pouco para dar uma chance a série e agora que dei, realmente me arrependo de ter demorado tanto.
    Gosto da JJ, mas ela não fará muita falta, afinal ela não faz muita coisa. Então que venha a 6ª temporada! Já estou com saudades.:D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account