Log In

Opinião TV Brasil

O que vou assistir hoje na TV – segunda, 26/7/2010

Pin it

The Good Wife - Running

Nunca entendi muito bem porque os dramas da CBS são tão menosprezados pelo Emmy Awards. Ok, a rede de TV manda no quesito reality shows e em comédias levou duas estatuetas neste século por Everybody Loves Raymond. Mas em drama, é um drama. E isto é especialmente curioso porque nos últimos anos o canal tem sido o líder em números absolutos de audiência, o que indica que possui os shows mais populares. Sim, popularidade não significa qualidade. Mas não são poucas as séries que a CBS exibiu ao longo dos últimos ano com bom valor estético. Será preconceito com o fato do canal priorizar na grade os dramas policiais? Desde 1997 uma série policial não ganha um Emmy…

Na última década, a Academia de Artes e Ciências da TV tem priorizado em sua lista de indicados a melhor drama as produções adultas dos canais pagos – AMC (Mad Men, Breaking Bad), Showtime (Dexter), FX (Damages) e HBO (True Blood, Big Love, The Sopranos, Deadwood, A Sete Palmos). Da TV aberta, andou privilegiado a excelência (agora decadente) da NBC (ER, Law & Order, The West Wing e a não tão excelente Heroes), as ousadias da Fox (House, 24 Horas) e as boas sacadas da ABC (Lost, Grey’s Anatomy e The Practice).

A indicação de The Good Wife agora em 2010 coloca a CBS novamente de volta na disputa, o que não acontecia desde o distante ano de 2004, quando CSI recebeu sua terceira e última indicação e a simpática Joan of Arcadia apareceu como zebra na lista de indicados.

As chances de The Good Wife vencer são pequenas – convenhamos, o mais provável é que Mad Men emplaque a terceira vitória consecutiva, ou Breaking Bad surpreenda, ou a Academia decida homenagear Lost. Se vencer, esta será a primeira estatueta de melhor drama da CBS em 16 anos – foi em 1994, com Picket Fences, de David E. Kelley.

Com Men of a Certain Age fora da disputa, The Good Wife é a minha favorita e tem a minha torcida.

Esta noite a série encerra seu primeiro ano no Brasil (episódio Running, 23h, no Universal Channel). Depois disto só resta aguardar a nova temporada. E torcer no Emmy.

Outros destaques:
• A Sony encerra esta noite a temporada de Private Practice com a exibição de dois episódios em sequência, começando a exibição mais cedo, às 21h.
• Na Warner tem Chuck, às 22h, com participação de Armand Assante. E ainda Californication, às 23h.
• Na Fox, 22h30: Modern Family com o episódio Starry Night.
• No Boomerang tem Heartland (20h).

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

25 Comments

  1. Luiz Diez

    Na verdade hojé é o FDT de Private Practice na Sony, ela vai passar os dois ýultimos episódios em sequência, pelo que vi em vários sites.
    Às 22:00 o 22º (In The Name Of Love), e às 23:00 o 23º e último da temporada (The End of a Beautiful Friendship).

    Resposta do Paulo: Release da Sony não chegou aqui…. Vou corrigir.

  2. Mara

    Private Practice tem dois episódios seguidos, começando às 21:00.

  3. Tadeu Mascarenhas

    Pessoal,
    O site submarino está com várias promoções de DVD’s e Livros.
    No Sábado comprei o Box completo de Band of Brothers com 6 DVD’s por 39,90 e o Livro Morto Até o Anoitecer que deu origem a 1ª temporada de True Blood por 9,90.

    O final de temporada de Private Practice é hoje. 2 episódios seguidos.

  4. Mônica A.

    O final de Private Practice foi uma b****. Parei com a série depois dele. Já o de The Good Wife foi excelente. Vou conferir novamente.

  5. Maria Regina

    O final de temporada de Private Practice foi tao ruim quanto o resto dela. Nao sei se vou voltar a assistir a proxima.
    Gostei bastante do final e de toda temporada de The Good Wife.
    Chuck, mesmo bobinho, continua divertindo.
    E gostei tambem muito de Modern Family.

  6. Márcio

    Chuck é uma série divertida, mas essa temporada está focando muito fica não fica do Chuck com a Sara. Está pior do que as novelas da Globo. Estou quase largando a série se continuar nesta mesma linha. Já encheu o saco. Tomara que mudem de rumo.

  7. Marco Cals

    Tadeu Mascarenhas ,
    Qse INFARTEI qdo li q vc comprou True Blood por 9,90. Ai me toquei que nao era dvd, mas livro… rs
    Nenhuma promocao ainda barrou a 5ª de LOST por 19,90 nas Americanas.com! :)

  8. Giselle

    Vou de The Good Wife e Private Practice mas depois tchau tchau !!!

  9. Fernando dos Santos

    “Será preconceito com o fato do canal priorizar na grade os dramas policiais? Desde 1997 uma série policial não ganha um Emmy…”

    Eu acredito que sim.O Emmy parece ter um certo preconceito contra série policial.As injustiças cometidas com The Wire,The Shield e Dexter são três exemplos do menosprezo que a Academia tem pelo gênero.

    De acordo com a grade do TCM a partir de hoje às 21h, o canal começa a exibir a minissérie O Voô da Águia, produção exibida aqui no Brasil pela Globo nos anos 80 e Manchete na década seguinte.

  10. Rô Floripa

    Estamos nesta torcida juntos Paulo. E estou adorando Men of a Certain Age. Adorando como há muito tempo não gostava de uma série. Acho que desde The West Wing.

  11. Flávia

    Oi, Mallu. Também tenho tido problemas para acessar o Teleséries diariamente, mas só no Firefox, que é o que uso normalmente. Quando tento pelo Explorer, o site entra sem problemas.
    Sérias dúvidas sobre se vou ver o fdt de Private Practice… Acho que vou é de Modern Family.
    Mas com certeza verei o de The Good Wife! Torcendo para Alicia dar um chute no Peter, mas já imaginando que isso não vai acontecer…

  12. Antunes

    Hoje Modern Family,TGW,E So
    O Liv Comprou Hawaii 5-0 É Blue Blods

  13. Fernando dos Santos

    “O Liv Comprou Hawaii 5-0 e Blue Blods”

    Complementando a informação trazida pelo Antunes, eu encontrei no site tvmagazine a seguinte notícia:

    “O canal de entretenimento Liv, assinou um contrato com a rede CBS garantindo direitos exclusivos de transmissão na TV por assinatura das séries “Hawaii Five-O” e “Blue Bloods”. O acordo com a CBS Studios International inclui ainda a aquisição das primeiras temporadas da série de suspense “Dexter” e da comédia “Frasier”. “Hawaii Five-O” irá estrear ainda este ano e as outras séries entrarão na grade de programação em 2011.”

  14. Fernando dos Santos

    E sobre Law & Order:Los Angeles encontrei essa no site omelete:

    “Alfred Molina (Príncipe da Pérsia, Educação) e Skeet Ulrich (Assalto ao Carro Blindado) são os primeiros atores contratados para estrelar a nova série Law & Order: Los Angeles.

    Molina, que não estrelava uma série regularmente desde Bram and Alice, de 2002, entra para viver o promotor público Morales. Ulrich, por sua vez, será o detetive Rex Winters, um dos integrantes da dupla de detevives que estará no centro das investigações criminais.

    As filmagens da nova série derivada de Law & Order começam em 2 de agosto, com estreia na NBC prevista já para 22 de setembro.”

  15. Thomaz Jr.

    Paulo,

    Não tenho o conhecimento que vc tem de séries. Mas não creio q seja preconceito da academia c/ o gênero policial. Vejo que a academia tem preferência por dramas em q as personagens são mais complexas. E realmente isso que caracteriza um drama.

    E os policias da CBS são bem simplistas. Mesmo que o tema do episódio seja psicopata, o drama humano é deixado de lado, não se aprofundam. O enfoque é mto maior em especular quem é o assassino, nas técnicas e procedimentos investigativos ou em como o assassino age. E tbm, não sei se por viver no Br, acho mto idealizadas as equipes policias. Resumindo: uma ótima distração de 1 h, mas com personagens rasas.

    Talvez, falte mais categorias.

  16. José Roberto

    Hoje, The Good ‘Julianna’ Wife ‘Margulies’…
    (Na telinha e no Emmy)

    Penso, entretanto, que esta série deveria, a partir da segunda temporada, focar uma Alicia efetivamente independente(até porque o próprio Universal Channel acrescenta ao título a frase ‘Pelo direito de recomeçar’ e, como recomeçar, presa a um casamento falido? Recomeçar estando no mesmo lugar?

    Aproveito para citar a estreante série CASTLE que possui uma trama inusitada e vai da investigação policial, passando pelas relações familiares de Katie Becket e Rick Castle, cuja filha é uma graça de menina, ao humor leve de Castle e Becket.

    E amanhã tem Piovani e Arósio. Na forma da lei…

  17. anderson

    Gente, Good Wife é boa, mas esta anos luz atars de Breaking bad e Dexter. entao contentem-se com a indicação, mais que isso impossível.

  18. mallu marques

    Gostaria de saber se terminou ontem, dia 25, a série italiana , 48 ore, do canal MGM.
    Assisti e detectei um cheiro de final.

  19. CAZ

    Concordo com o Anderson. “THE GOOD WIFE” é uma boa série de TV, mas DEXTER” e “BREAKING BAD” (principalmente) são infinitamente superiores. Acho que se “THE GOOD WIFE” ganhar o EMMY vai ser uma tremenda zebra.

  20. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    Susan Sarandon na HBO e Liam Neeson no Showtime
    Mais atores de filmes fazendo transições para séries de TV a cabo. Por enquanto, são apenas participações especiais mas, sabemos que essa é a porta de entrada para que atores de cinema possam vir a integrar, ou estrelarem suas próprias séries.

    Susan Sarandon, que chegou a ser cotada para estrelar a versão cinematográfica de “Big Valley”, terá participação especial no piloto da HBO “The Miraculous Years”, o qual será dirigido por Kathryn Bigelow, ganhadora do Oscar por “Guerra ao Terror”.

    O projeto, já divulgado aqui, é uma criação de John Logan e gira em torno de Terry, um compositor de musicais da Broadway, maníaco depressivo, que apresenta sua excêntrica família: o pai é um pintor famoso que não aceita bem o fato de estar envelhecendo; a irmã, uma advogada que não quer saber de arte. No elenco estão confirmados os atores Frank Langella, Hope Davis, Lee Pace e Patti LuPone, entre outros.

    Sarandon terá participação especial, mas se o piloto for transformado em série, seu personagem poderá ser transformado em semiregular. As filmagens tiveram início essa semana.

    Já Liam Neeson, visto recentemente na versão cinematográfica de “O Esquadrão Classe A”, terá participação especial em um episódio de “The Big C”, que estreia no dia 16 de agosto pelo Showtime.

    A série, estrelada por Laura Linney, apresenta a luta de uma mulher, diagnosticada com câncer terminal, para manter a sanidade, a família e o emprego, enquanto tenta aproveitar melhor a própria existência. No elenco também estão Oliver Platt, Cynthia Nixon, Idris Elba e Gabourey Sidibe.

    Neeson interpretará um personagem excêntrico, chamado de “Bee Man”, a quem Cathy (Linney) procura em sua tentativa de curar-se do câncer utilizando um tratamento alternativo.

    A participação de Neeson na série reunirá o ator à Laura Linney, com quem atuou nos filmes “Kinsey — Vamos Falar de Sexo”, “Simplesmente Amor” e “O Amante”.

    Essa é a primeira participação de Neeson em uma série de TV desde que conquistou fama no cinema. Antes de ser mundialmente conhecido, o ator teve participações na série “Miami Vice”, nas minisséries “Se Houver Amanhã”, “A Woman of Substance”, “Ellis Island” e na série antológica inglesa “Screen Two”, todas dos anos 80. Depois disso, ele apenas dublou personagens em um episódios de “Os Simpsons” e de “Liberty’s Kids: Est. 1776?.

    Quanto a Sarandon, a atriz iniciou carreira fazendo participações em novelas. Depois da fama, esteve em episódios de “Friends”, “Rescue Me” e “Plantão Médico”; portanto, ver a atriz entrando no elenco de um projeto de série é apenas uma consequência.
    Link com a Informação:http://veja.abril.com.br/blog/temporadas/atores/susan-sarandon-na-hbo-liam-neeson-no-showtime/

  21. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    How To Make It In America estréia em agosto
    Segunda Feira dia 2 de Agosto as 21h05 estréia na nova série How To Make It In America na HBO Plus
    Ficha Tecnica da série

    How To Make It In America – Episódio 01
    How To Make It In America: Season 1 – #1/8
    Sinópse
    Na série, Ben Epstein (Bryan Greenberg), um estilista frustrado e seu melhor amigo e sócio, Cam Calderon (Victor Rasuk), um dominicanoamericano criado no Brooklyn, têm a ideia de começar uma linha de jeans sem levar em consideração de que para isso precisam muito mais do que apenas a vontade. Para alcançar seu objetivo, recorrem à sua ampla rede de amigos e ao seu conhecimento das ruas do Brooklyn.

    Composta por oito episódios, How to Make it in America conta com a produção de Jane Raab. A série foi criada pela Edelman em colaboração com Emma Rob Weiss, nomeado ao premio Emmy por Entourage, além dos talentosos Stephen Levinson e Mark Wahlberg (ambos fazem parte da equipe de Entourage e de outras produções originais da HBO). A série tem produção executiva de Julian Farino, nomeado ao prêmio Emmy e diretor do programa piloto e alguns capítulos, e de Jada Miranda.

    País de origem:
    Ano de produção:
    2010 Gênero:

    Duração:
    28 Censura:

    Direção:
    Julian Farino Elenco:
    Bryan Greenberg
    Victor Rasuk
    Lake Bell
    Luis Guzmán
    Shannyn Sossamon. HBO Plus Este seg, 02/08/2010 21:05

    HBO Plus Oeste ter, 03/08/2010 00:00

    HBO HD qui, 05/08/2010 00:05

    HBO Plus Este sáb, 07/08/2010 23:30

    HBO Plus Oeste dom, 08/08/2010 02:30

    HBO Plus Este dom, 08/08/2010 17:55

    HBO Plus Oeste dom, 08/08/2010 20:55
    Link com a Informação:http://www.hbomax.tv/sinopsis.aspx?prog=HBO190707

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account