Log In

Especiais

O Manual do Relacionamento de ‘How I Met Your Mother’

Pin it

Durante nove anos, How I Met Your Mother trouxe histórias engraçadas, cheias de momentos memoráveis e com toques especiais de emoção. A história que trazia um homem atrás do sonho de encontrar a mãe dos seus filhos deu mais pano para manga do que muita gente previa e, com o passar dos anos, o hábito dos amigos de ir juntos ao bar também se tornou o nosso.

Seja na busca de Ted pela mãe de seus filhos, ou na trajetória que Barney fez, usando de sua experiência com as mulheres para teorizar relacionamentos, a série sempre nos apresentou as mais diversas regras, tanto para a hora da conquista quanto para um relacionamento formado. Por isso, celebrando tudo o que a série nos ensinou até hoje, o TeleSéries resolveu criar para vocês um Manual do Relacionamento de How I Met Your Mother, no qual mostraremos as várias fases da busca, da conquista e da consagração do amor a partir das teorias mais inusitadas apresentadas na sitcom. Afinal, assim como Ted achou seu tão procurado guarda-chuva amarelo, você também pode achar o seu – e nós queremos fazer parte disso!

Mas antes de você começar a procurar um namoro, aqui vai uma dica: nunca, nunca mesmo, procure-o depois das 2h da manhã, porque…

 

6

Teoria: Nada de bom acontece depois das 2h da manhã

Episódio: Nothing Good Happens After 2 A.M (S01E18 )

Essa teoria é mais um conselho do que uma regra, e vem à tona quando Ted decide tentar um namoro à distância com fuso-horário. Mesmo gostando de sua namorada, as coisas acabam dando errado quando ele decide não seguir o velho ditado de sua avó. Ele vai até a casa de Robin – depois das 2h da manhã – e acaba “esquecendo-se” de seu namoro por um instante. O resultado dessa pequena mentira é que ele acaba perdendo tanto as chances de ficar com Robin quanto o seu namoro.

Por isso, nós avisamos: procure no domingo, no sábado, de noite, de manhã. Mas nunca, de verdade, vá à rua, encontros ou festas procurar o seu amor se o relógio já tiver passado das 2h da manhã.

Agora você já sabe o horário proibido, mas ainda não está  totalmente pronto para ir à busca do seu par. Antes da busca, vem a restrição do local em que você vai procurar a sua alma gêmea.

 

3

Teoria: Regra da platina

Episódio: The Platinum Rule (S03E11)

A regra da platina tomou todo um episódio e provou em oito passos porque sair com quem você trabalha – ou divide responsabilidades chatas do seu dia-a-dia – sempre é uma má ideia. Quando Ted decide convidar a doutora com quem marcou 10 consultas para sair, usando os exemplos de todos os amigos, Barney explica a teoria. Segundo ele, os oito passos são: atração, barganha (o momento em que você tenta se convencer que o que aconteceu com os outros não vai acontecer com você); submissão (quando você cede à atração); benefícios (pequeno momento em que você acha que sua decisão foi uma boa ideia); ponto de virada (quando você percebe que fez uma bobagem); purgatório (quando você fica evitando a pessoa); confronto (quando chega a hora de dar um fim na história) e, por último, a ruína (quando a relação não consegue voltar ao que era).

Dessa vez, quem adverte é o Barney: quando for escolher um local para depositar todo o seu charme e presença, evite locais de trabalho, consultório do seu dentista, salas de aula. Sério mesmo.

Pronto! Agora que você já sabe as restrições, a sua busca está pronta para ser iniciada. Porém, um certo cuidado deve ser tomado na hora de direcionar o olhar para o seu (sua) pretendente.

 

1

Teoria: Efeito animadora de torcida

Episódio: Not a Father’s Day (S04E07)

A teoria lançada por Barney surge quando todos estão no bar observando um grupo de garotas. A princípio, todos as julgam bonitas, pois as veem como um grupo. Barney explica então como funciona este efeito: ao analisarmos todas em conjunto, deixamos de perceber seus defeitos. Porém, individualmente, elas acabam tendo suas características mais destacadas, mostrando sua real “beleza”. De fato, essa é uma das teorias mais pertinentes do personagem, que acabou sendo, mais tarde, comprovada por pesquisa (acredite se quiser).

Portanto, analise bem – principalmente quando sozinhas – as pessoas a quem seu olhar irá ser direcionado. Você não quer levar um susto, certo?

Pois bem, você  já sabe analisar a pessoa a ser conquistada, então passaremos para a escolha. Na escolha é fundamental que um certo tipo de pessoa fique longe de ser o seu alvo. De quem estamos falando?

 

9

Teoria: Efeito wooo!

Episódio: Woooo! (S04E08)

Essa célebre teoria é aplicada na balada ou em barzinhos. Na série ela não é criada, apenas citada como uma daquelas teorias que existem há tempo muito. Segundo a teoria, garotas que fazem “wooo” com frequência normalmente são sozinhas e/ou infelizes, e acabam disfarçando esse problema com uma aparente felicidade. Essa teoria não se aplica somente às mulheres, pois até mesmo na série Ted sofre do efeito “wooo”.

Então já sabe, né? Pessoas que fazem “wooo” têm grandes chances de estarem tentando mostrar felicidade quando, na verdade, são infelizes por dentro. Nosso recado é: corra daqueles (as) que fingem ser o que não é.

Finalmente passamos de nível! Você já conheceu a pessoa e aí entra o primeiro passo importante: marcar um encontro. Quando marcá-lo?

 

2

Teoria: Regra dos três dias

Episódio: The Three Days Rule (S04E21)

Essa é uma das mais clássicas. Quando Ted decide ligar logo depois de conseguir o número de uma garota, Barney tenta impedi-lo explicando não só a regra dos três dias, mas onde ela nasceu. A origem? Ninguém menos que Jesus. Segundo Barney, Jesus esperou o número exato de três dias para ressuscitar, pois este seria o tempo certo para todos notarem sua falta, em uma interpretação hilária do que aconteceria se o mesmo não tivesse esperado o tempo certo.

Então, fica a dica: não se antecipe! Deixe que o gatinho, ou a gatinha, pense no quão bom foi te conhecer e dê à pessoa o tempo de três dias para ligar e marcar o encontro.

O encontro pode ir muito bem, mas também pode ser um fracasso! Caso você perceba que uma das partes envolvidas NÃO está afim da outra, saiba que essa pessoa pode desistir logo no início, afinal…

 

5

Teoria: Lei do limão

Episódio: The Duel (S01E08)

Com base na lei para carros, Barney criou uma nova forma de tentar evitar constrangimentos ou perda de tempo em um primeiro encontro. A lei do limão diz que não havendo interesse de uma das partes nos primeiros minutos de uma conversa, o termo pode ser utilizado para acabar com o encontro sem ressentimentos…

… afinal, você sempre pode usar a lei do limão para encerrar o fiasco que foi o encontro, voltar para casa e tentar achar outra pessoa. Ou você pode ser a pessoa que será o alvo, no encontro, dessa lei – nesse caso, voltar para casa e encher a cara também vale!

Mas digamos que você deu sorte e o primeiro encontro foi perfeito. Depois de um tempo, vocês começam a se ver com frequência e é nessa hora que você precisa começar a observar certas peculiaridades da pessoa.

 

4

Teoria: Escala de loucura x beleza

Episódio: How I Met Everyone Else (S03E05)

A teoria mais didática já apresentada na série, até gráfico teve! Mais uma vez, Barney mostra todo o seu conhecimento quando Ted apresenta uma de suas namoradas ao seu grupo de amigos. Segundo ele, a loucura de uma garota somente é permitida quando sua beleza é diretamente proporcional ou maior, compensando assim o seu “defeito”.

Ou seja, se você notar que a loucura está presente nessa pessoa mais do que o normal (afinal, loucos todos somos), tente ver se a beleza compensa toda essa loucura. Se não compensar? Com certeza Barney diria: pernas para que te quero!

Contudo, o primeiro encontro deu certo, a pessoa não é totalmente louca e você já está até pensando em algo mais sério. Para saber se o namoro vai dar certo, aqui vai um teste:

 

7

Teoria: Teoria das azeitonas

Episódio: Pilot (S01E01)

A teoria das azeitonas apareceu logo no Piloto da série. Segundo Ted, o que fazia seus amigos Marshall e Lily um casal tão perfeito era seu equilíbrio. Ele odiava azeitonas, ela amava. Apesar de ser uma das teorias mais conhecidas, ela foi desmascarada por Barney no próprio episódio. No entanto, a magia do casal continuou e a teoria se manteve entre os fãs.

Eba! Ela (ele) não curte azeitona, e você ama, ou vice-versa: quase feitos um para o outro. É claro que nenhuma teoria é 100% válida, mas caso a combinação dê certo, já é uma dica a mais de que o namoro de vocês tem tudo para dar certo. Yay!

Porém, nem tudo são flores e, além da teoria das azeitonas não ter funcionado, com o tempo você também percebeu que o namoro não daria certo de modo algum. Calma, não se desespere. Você ainda pode fugir da enrascada de um namoro ruim.

 

how i met your mother - estrada

Teoria: A estrada do relacionamento

Episódio: First Time in New York (S02E12)

Quando é a hora certa de terminar uma relação já sem futuro? Até para isso Barney tem resposta! “Relacionamentos são como estradas”, e como todas as estradas possuem saídas certas, os relacionamentos também têm. Segundo ele, existem 7 saídas: seis horas após conhecer a pessoa, quatro dias, três semanas, sete meses, um ano e meio, 18 anos e por fim a morte. Faz sentido? Talvez nessa o personagem tenha exagerado.

Viu? Ninguém merece ficar infeliz ao lado de quem não gosta, ou empurrar com a barriga uma relação que você já sabe que tem seu “prazo de validade”. Quando achar que é o fim, saia da estrada e vá procurar um novo caminho.

Bem, depois de todos esses passos – independente de terem dado certo logo na primeira vez, ou não terem seguido-os nessa ordem – o relacionamento chegou e, com ele, a bagagem.

 

10

Teoria: Teoria da bagagem

Episódio: The Wedding Bride (S05E23)

Com base na experiência em sua busca pela mãe, Ted desenvolveu a teoria da bagagem. Segundo ele, cada pessoa possui a sua bagagem e por mais que se tente esconder, ela acaba se revelando. A solução para esse impasse? Compreensão. Se alguém está mesmo disposto a ficar com você, sua bagagem não vai fazê-lo desistir.

Portanto, a dica que fica aqui é: se há amor, se há amizade, o tamanho – ou peso – da bagagem do outro não importa. Afinal, uma bagagem é sempre mais leve quando carregada por duas pessoas.

Se How I Met Your Mother disse algo ao longo dos anos, é que não há relacionamentos perfeitos e você não encontra a felicidade sem correr riscos. As regras acima tentam determinar a variável de um relacionamento, e por mais sentido que façam, as coisas não são tão fáceis como parecem. Você vai quebrar seu coração muitas vezes, será surpreendido em outras e não há como prever isso. Muitas das teorias aqui citadas foram quebradas e, mesmo assim, casais deram certo, porque o grande segredo para qualquer relacionamento dar certo é apenas um: a vontade dos dois.

*Especial produzido com a ajuda de Ana Botelho.

Séries citadas:

Estudante de jornalismo que se identifica no humor de House, é fascinado pelo universo de Westeros e pragmático ao estilo Francis Underwood. Noivo da melhor mulher desse mundo que por sorte também adora debater sobre séries.

4 Comments

  1. Aline Oliveira

    Eu já to com sdd dessa série maravilhosa :( Mas adoreiii a lista de vocês! Parabéns.

  2. Lucas Natan

    Parabéns cara, muito bem feito, senti falta de alguns “itens” no manual mas ficou muito legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account