Log In

Notícias

Novo site de VoD disponibiliza séries britânicas (para usuários britânicos)

Pin it

See SawFoi aberto ao público no último dia 17 o SeeSaw, o mais novo serviço de exibição de programas de TV online, ou VoD – Video on Demand, como a tecnologia é conhecida lá fora. O SeeSaw conta com mais de três mil horas de conteúdo de três canais britânicos, o Channel 4, Five e BBC Worldwide, e em deve abrigar também conteúdo de produtoras independentes.

O conteúdo do SeeSaw está disponível gratuitamente aos usuários, com propagandas antes e durante a exibição dos vídeos. Entre os programas que já disponíveis estão os seriados Skins, Doctor Who, Misfits, Footballers Wives e a versão inglesa de The Apprentice, e os coordenadores da plataforma esperam que até o final de junho mais duas mil horas de vídeos estejam disponibilizados. Uma parte deste novo conteúdo deverá ser cobrada, principalmente programas oriundos dos Estados Unidos.

A plataforma do SeeSaw foi construída em cima da tecnologia do Project Kangaroo, a experiência com VoD dos canais BBC Worldwide, Channel 4 e ITV que foi bloqueada pela Comissão de Concorrência Européia em fevereiro do ano passado sob alegações de ameaça à concorrência.

Este problema não deve se repetir, já que diversas companhias já disponibilizam ou demonstram interesse em disponibilizar conteúdos de VoD no Reino Unido, como o Google com o Youtube, a Microsoft e seu MSN Video Player UK e próprio Hulu.com, o famoso site norte-americano que oferece aos usuários as atrações da NBC Universal, da Fox Entertainment Group e da ABC.

Clica aqui para acessar ao SeeSaw.

E agora a notícia triste: assim como o Hulu.com, o SeeSaw infelizmente só está disponível para residentes de seu país de origem. Ou seja, ainda não há previsões para a liberação de conteúdos oficiais e legalizados de grandes canais estrangeiros para nós, brasileiros. Mas não custa termos esperanças, não é?

Séries citadas:

4 Comments

  1. Pingback: O que anda acontecendo nos blogs da Sociedade « Sociedade dos Blogs de Séries

  2. Daniele

    Nossa como eu adoraria poder acessar este conteúdo….esperança é a última que morre:)

  3. Fernando dos Santos

    “Nossa como eu adoraria poder acessar este conteúdo….esperança é a última que morre:)”(2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account