Log In

Memória

Memória – SOS Malibu: sol, férias e seriados

Pin it

Muito calor, temperaturas elevadas… chegou o verão. E para muita gente esse é também um período de férias. Aí, fica até fácil adivinhar o resultado dessa combinação: praia!

Mas se você, assim como eu, não vai chegar nem perto de praia nessa temporada e vai passar o verão na saudade, então, temos uma sugestão: Baywatch, conhecida no Brasil por SOS Malibu, uma série com cenário praiano de outros “verões” que pode tornar suas férias mais divertidas.

Era uma vez…

Mitch Buchannon (David Hasselhoff) é o chefe da equipe de salva-vidas de uma praia da Califórnia, nos EUA. Divorciado e pai do adolescente Hobie Buchannon (Brandon Call /Jeremy Jackson), Mitch é responsável e corajoso. Sua equipe conta com a novata Shauni McClain (Erika Eleniak) e a experiente Jill Riley (Shawn Weatherly). Entre aventuras, romances e resgates, eles promovem campanhas, trabalham e se tornam amigos.

Jill sofre um ataque de tubarão e morre. Shauni se casa com o colega de trabalho Eddie Kramer (Billy Warlock) e os dois se mudam para a Austrália. E Mitch tem que lidar com a nova chefe dos salva-vidas, Stephanie Holden (Alexandra Paul). Depois de várias rixas e disputas de egos, os dois se apaixonam e… descobre-se que ela já que era casada!

Stephanie mora com outras duas salva-vidas, a irmã Caroline Holden (Yasmine Bleeth) e a amiga C.J. Parker (Pamela Anderson).
O namorado de C.J., também salva-vidas, Matt Brody (David Charvet) é acusado de assédio sexual pela colega de profissão, Neely Capshaw (Heather Campbell /Gena Lee Nolin), que depois de ser rejeitada pelo rapaz resolve inventar a acusação para se vingar. Após descobrirem a verdade e Matt ser inocentado, ele decide ir embora.

Enquanto lidam com os problemas pessoais, essa galera tem a sorte de trabalhar em um cenário paradisíaco e só têm que salvar uns banhistas de afogamentos, tubarões, tempestades, evitar suicídios e outras coisinhas mais.

No entanto, eles não conseguem salvar Stephanie, que morre atingida pelo mastro de um navio em alto mar. A morte da irmã deixa Caroline muito abalada, o que a leva a desistir da profissão para realizar seu sonho de se tornar atriz.

Mitch se casa com Neely. Alguns vão embora e outros chegam para substituí-los na tarefa de salvar vidas na praia de Malibu.

…e então…

SOS Malibu, estreou em 1989 e foi uma série de grande sucesso da década de 90. O seriado chegou a ser exibido em mais de 140 países e bateu recordes de audiência. Depois de 10 anos a série mudou de cenário e outras duas temporadas foram produzidas no Havaí (Baywatch Hawaii). O show chegou ao final em 2001, mas os fãs puderem rever seus personagens preferidos no filme Baywatch: Hawaiian Wedding, de 2003.

Sim, corpos sarados em traje de banho correndo pela praia em direção ao mar são a marca registrada do seriado. No entanto, temos que admitir que a série também retratava questões ambientais, de proteção aos animais e etc, e não podemos negar que SOS Malibu foi original, não é verdade? Para mim conta muito a característica despretensiosa da série.

Enfim, invada essa praia/seriado ou busque outra no oceano de séries e sinta-se de férias em um belo verão … infinito.

Séries citadas:

25 anos, Jornalista formada pela Unesp/Bauru. Responsável pela Coluna Memória. Adora um bom livro e não dispensa uma boa música. Mas, confessa que é viciada em séries desde que se conhece por gente. Friends, Angel, One Tree Hill... Game of Thrones, Hart of Dixie, Arrow, The Vampire Diaries, The Originals...

3 Comments

  1. MicaRM

    Eu adorava Baywatch. Era maluca pela Erika Eleniak e o Billy Warlock…tinha posteres dos dois em casa :D
    Depois que eles saíram eu vi pouco…mal lembro da Pamela Anderson.

  2. Fernando dos Santos

    Faltou mencionar que Baywatch ganhou um spin-off intitulado Baywatch Nights em que o personagem do David Hasselhoff comandava uma equipe de investigadores particulares.
    A série fez pouco sucesso saindo do ar com apenas duas temporadas.

    Lembro que tanto Baywatch quanto Baywatch Nights chegaram a ser exibidas pela Globo na década de 90.Lógico que por se tratar de canal aberto a Globo exibiu apenas alguns episódios e depois tirou as duas séries do ar.
    Nestes ultimos dois ou três anos é que os canais abertos no Brasil começaram a respeitar um pouco o publico que assiste seriados americanos.A Globo continua não ligando muito para esse publico mas em compensação a Record e a Band até que vem dando mais espaço para as séries no horário nobre.

  3. Mirele Ribeiro

    Bem lembrado, Fernando, obrigada. 

    E concordo com você, alias já fui vítima das mudanças repentinas de grade da TV aberta, eu era uma feliz adolescente que acompanhava Angel na Globo quando a emissora resolveu tirar do ar, aí tive que infernizar a vida da minha mãe e colocar TV a cabo em casa. Como nem todo mundo pode bancar uma assinatura de TV, vamos rezar para que bons ventos continuem soprando na direção dos seriados nas emissoras de sinal aberto, e que os anos 201… sejam mais simpáticos com os fãs de séries. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account