Log In

Reviews

New Girl – All In

Pin it
Série: The New Girl
Episodio: All In
Número do episódio: 3x01
Exibição nos EUA: 17/09/2013

Depois de uma longa espera, New Girl está de volta. O último episódio da segunda temporada terminou com a sabotagem bem-sucedida do casamento de Cece – que ainda gosta do Schmidt, justamente o responsável pelas tentativas de interrupção da cerimônia. Ele, porém, está retomando um romance que teve na faculdade e fica indeciso entre a atual namorada e a noiva que acabou de desistir de um casamento por ele. Quando pressionado para escolher uma das duas, Schmitdt toma uma decisão e faz o que todo homem sensato faria no seu lugar: sai correndo para se esconder. Jess e Nick, por sua vez,  estão naquela fase de cruzar a fronteira entre amor e amizade. Muitas dúvidas, medos e a empolgação das primeiras emoções, ainda à flor da pele. “ Estou totalmente dentro”, dizem, sobre a nova etapa de seu relacionamento. É esta afirmação que dá título ao episódio: All in. Curiosamente, após saírem da (quase) cerimônia de casamento de Cece, ainda no carro, decidem fazer uma loucura e ir para o México. Na verdade, Jess segue dirigindo e Nick, que estava dormindo, só percebe quando chegam em seu destino. Dá para perceber o medo que os dois têm de assumir o namoro na “vida real”, isto é, lidar com os problemas de convivência diários dos amigos e companheiros da casa, ter que responder às suas perguntas e, finalmente, começar um romance com quem já se mora junto. Como faz? Enquanto Jess e Nick estão em lua de mel no México, a volta para a normalidade parece impossível para os demais. Schmidt não sabe se quer Cece ou Elizabeth. Meio hesitante decide terminar com a modelo, mas perde a coragem na hora de comunicá-la, o que a faz pensar que o rapaz a escolheu. Pronto: Schmidt se entendeu (até que enfim) com Cece. Agora só falta dar a Elizabeth a triste notícia. Ou não. Ele engasga, eles se beijam e agora o espertinho vai ter duas namoradas, o que obviamente não pode dar certo. Ainda assim, ele administrou tudo com muita classe. Classe de cafajeste. Haja jarra para tanto dinheiro. Após quatro dias de muito namoro em uma praia paradisíaca, e completamente sem dinheiro, Nick e Jess, ainda não cogitando a possibilidade de voltar para casa, resolvem entrar como penetras em um resort de luxo, roubando a pulseira de hóspede de um garotinho. Não leva muito tempo até serem descobertos, perseguidos, e punidos. Quando Jess retorna para pedir ajuda aos amigos eles a acompanham. O segurança do hotel concorda em liberr Nick Miller em troca do carro em que Jess e o novo namorado viajaram. Ele, porém, recusa-se a voltar e ameaça triturar seu passaporte para continuar ali, vivendo sua fantasia livre de estresse e ao lado de Jess. É claro que a garota do grupo o convence de que são uma família, que não podem se separar e…mesmo assim, por um descuido, o passaporte de Nick é destruído. Na volta para casa,  antes de entrar no apartamento, o casal para diante da porta e a insegurança toma conta dos dois. Para o bem ou para o mal, a lua de mel acabou. É hora do dia a dia, que já começa com o fato de Jess estranhar o hábito de Nick nunca levar as chaves consigo. Momento “achei que te conhecia” detectado. Mas eles entraram. Será que Jess e Nick vão seguir com o romance? E Schmidt, até quando conseguirá enganar suas duas namoradas sem ser descoberto? E a pergunta que não quer calar: Winston vai, finalmente, conseguir montar o quebra-cabeça indicado para crianças a partir de seis anos? Brincadeira. É que ele está um pouco solto, já que os demais andam enrolados com seus respectivos pares (ou triângulo, no caso de Schmidt). Ele se dedica a um quebra-cabeça que revela hábitos bem estranhos. Neste episódio ele descobre que é daltônico, fato que usa para o policial da fronteira deixá-los passar com um passaporte todo remendado e é obrigado a se envolver em uma situação delicada para ajudar o amigo a encobrir seu triângulo amoroso. O primeiro episódio indica que a trama mais explorada será a do recém-casal. O legal da série é que todos têm seu momento, ninguém é escada de ninguém, todos são engraçados. Ah, e o mini-flashbacks continuam, ainda bem. Até semana que vem!

Séries citadas:

Paulista, formada em Letras Inglês/Literaturas pela UFBA, com pós-graduação em Jornalismo Cultural pela UERJ em andamento. Blogueira há 2 anos, escritora e cantora por vocação, cinéfila por compulsão. Fã de seriados criminais diversos, In Treatment e Sessão de Terapia, House, Friends, The Big Bang Theory, New Girl, Community e integrante do grupo que acha Breaking Bad tudo aquilo e muito mais.

3 Comments

  1. Paulo Serpa Antunes

    Achei a season premiere sem graça e muito fraca. Caiu a ficha de que, tirando a Jess, ninguém tem caráter naquele apartamento. Acho que ando azedo. Rerere. Vivo brigando com New Girl, acho que a série definitiviamente não foi feita pra mim.

  2. Mariela Assmann

    Eu também vivo fases com New Girl. E me decepcionei um pouquinho com a premiere, assim como você. Acho que abusaram no nonsense – até pra New Girl – e o que era pra ser fofinho ficou pedante.
    Espero que os próximos episódios deem uma crescida de nível. Caso contrário, NG vai – mais uma vez – pra geladeira, e só sai de lá quando as sociais me avisarem que é seguro.

  3. Pingback: Destaques na TV – sábado, 1/02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account