Log In

Notícias

Morre, aos 38 anos, Corey Haim

Pin it

Corey HaimO dia começou com uma notícia nada agradável, especialmente para quem viveu a adolescência na década de 80. O ator Corey Haim, de 38 anos, morreu na madrugada de hoje, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Haim era canadense e ficou conhecido por atuar em diversos filmes que fizeram sucesso entre os jovens nos anos 80.

Protagonizou Lucas, de 1986, em que dividiu a cena com Winona Ryder, que também iniciava sua carreira na época. Mas foi uma parceria que começou em Os Garotos Perdidos (The Lost Boys) – importante filme sobre vampiros, lançado em 1987, e dirigido por Joel Schumacher – que fez mais sucesso. Ao lado de Corey Feldman ficaram conhecidos como os “dois Coreys” e trabalharam juntos diversas vezes, como nos filmes Sem Licença Para Dirigir e Um Sonho Diferente.

O ator teve seu trabalho elogiado pela crítica e seus filmes foram bem recebidos pelo público. Concorreu a vários prêmios. Mas a carreira de Haim não progrediu nos anos 2000 e ele teve que lidar com problemas relacionados às drogas. O ator esteve em clínicas de reabilitação e fez tratamentos com calmantes, mas acabou viciado nos remédios.

Em 2007, ele retornou, ao lado de Feldman, com o reality show The Two Coreys, que foi ao ar durante duas temporadas pela A&E Network. A atração não foi renovada para um terceiro ano. Na época, especulou-se que os motivos seriam os problemas pessoas de Haim e que Feldman teria se negado a trabalhar com ele enquanto não deixasse as drogas.

Mas na madrugada de hoje, Corey Haim foi encontrado inconsciente em seu apartamento. O ator foi levado para o hospital, onde sua morte foi declarada. Segundo a polícia, há indícios de que o ator tenha sido vítima de uma overdose.

Com informações do TV Guide e CBS News.

É jornalista formada pela Unesp e pós-graduanda em Gestão Cultural. No TeleSéries, escreve mensalmente a coluna Estilo. Aficionada pelas histórias de terror, sobrenaturais e de mistério, também não dispensa aquela comediazinha romântica... Pushing Daisies, Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Riget, Lost in Austen, Wonderfalls, Samantha Who?, Copper, Harper's Island e Hannibal estão entre suas séries preferidas de todos os tempos! :)

23 Comments

  1. José Vitor

    Putz, acho que todo mundo viu ele em algum filme…

    Eu me lembro dele naqueles filmes baratinhos que passavam na televisão.

    Isso é sempre triste…

  2. seba jr

    Em Inocencia do meu primeiro amor, ele arrassa ao lado do Charlie Sheen o filme é inesquecivel.

  3. Fernando dos Santos

    Os “brat packs” dos anos 80 parecem ter forte tendência ao vício.Vários deles tiveram suas carreiras prejudicadas em algum momento pelas drogas ou alcool.Alguns se recuperaram, outros não e o Corey Haim acabou de entrar para essa triste lista dos que não conseguiram.

  4. Mica

    Não só eles, né Fernando? Hoje em dia não é muito diferente com essa gurizada toda que começa a fazer filme.
    Nossa, fico arrasada quando vejo mais um sucumbindo. E a cada novo ator/atriz que surge eu fico aqui, na torcida para que não se envolva com droga alguma.

    Quanto ao Corey Haim, ele era uma gracinha atuando quando jovem. E é esta a lembrança que eu tenho dele. Nunca mais tinha ouvido falar dele até saber da sua morte. Morreu super cedo, mas a verdade é que a vida já tinha acabado há um bom tempo.

  5. Rodrigo Eduardo

    Não tenho raiva e nem desejo mal a ninguém, porém estaria mentindo se disesse que tenho pena.

    Não tenho um pingo de pena, quem merece essa compaixão são pessoas que passam por problemas que não escolheram.

  6. Mônica A.

    Há alguns anos eu ouvi falar que o Corey Hain tinha problema com drogas e fiquei triste. Eu adorava os filmes dele. Ele era muito fofinho e tinha potencial pra ser um grande ator. Tenho pena porque as pessoas que “escolhem” ter problemas com drogas são pessoas perdidas, como se não tivessem objetivo na vida. E infelizmente, muita gente acha que tudo o que é fácil é bom. E nem sempre é.

    RIP, Corey Hain.

  7. Gabriel

    Eu era adolescente na época de sucesso dele.
    Não querendo justificar seus problemas com drogas, mas deve ser difícil estar no topo do mundo aos 17, 18 anos e depois, com apenas vinte e poucos ver os trabalhos minguarem e tudo se esvair…
    Acho que ele não fazia parte dos Brat Packs. Apesar de também ter feito sucesso na época, ele não contracenou com os demais, como Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Judd Nelson, Molly Ringwald,Ally Sheedy, C. Thomas Howell, Patrick Swayze, Matt Dillon, etc. Tenho algumas reportagens de revistas da época sobre o grupo e os Coreys nunca eram incluídos.

  8. Fernando dos Santos

    Mica, de fato não são só os jovens atores dos anos 80 que se envolveram nesses problemas mas tenho impressão que aquela geração em particular teve um grande número de atores que se tornaram viciados.

    Gabriel, o Corey Haim trabalhou com o Charlie Sheen no já mencionado Lucas e se não me engano o Charlie também era considerado um Brat Pack.

  9. Raruiz

    Graças a Wikipedia agora sei o que é Brat Pack!!

    RIP Corey!

    Me lembro dele nos filmes da Sessão da Tarde.

  10. Daniele

    Fazia anos que ele tinha problemas com as drogas, muito tempo mesmo! Então não levei “aquele” susto quando lí a notícia. O outro Corey q fez um seriado com ele também teve problemas com drogas, pelo jeito, este se livrou, sorte a dele.

  11. Gabriel

    Fernando,
    realmente, ele fez Lucas, mas este é o único filme que fez com algum membro do grupo. Não participou dos filmes “conjuntos” dos Brat Pack que ajudaram a defini-los como tal, como, por exemplo, Gatinhas e Gatões, Ted, O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas, The Rumble Fish, Clube dos Cinco, Vidas sem Rumo, Amanhecer Violento, etc.
    Por isto, não o considero um Brat Pack, mas esta é somente a minha opinião, sujeita a crítica e a ser contrariada com propriedade.
    Abraço

  12. Gabriel

    Desculpe me ater a um assunto idiota, mas mesmo o Charlie Sheen eu tenho dúvidas se pode ser considerado do núcleo da patota, pois no início era visto como o irmão do Emilio Estevez e depois enveredou para filmes adultos (e não sobre jovens-adultos como era marca do grupo), como Platoon e Wall Street.
    Novo abraço.

  13. Giselle

    Uma pena !!!
    Que ele descanse em paz !
    Adorei o Corey no filme Os Garotos Perdidos.
    Tenho em dvd e não me canso de ver.

  14. Fernando dos Santos

    Gabriel, de fato o conceito que define o que é um brat pack não é muito claro.Se para ser considerado um brat é necessário ter sido um jovem ator que ganhou projeção nos anos 80 em filmes adolescentes então a categoria inclui nomes como John Cusack,Tom Cruise,Cristian Slater,Kiefer Sutherland e Robert Downey Jr. entre outros.

  15. Eversmann

    Sempre é triste saber que alguém que fez parte de nossa vida, mesmo que indiretamente, se foi, ainda mais por drogas, mas concordo que julgar é complicado. A imagem que tenho dos Brat pack, pra mim, é do pessoal que fez os filmes Clube dos Cinco e O primeiro ano do resto de nossas vidas.

  16. Fernando dos Santos

    O filme Vidas Sem Rumo de F.F. Copolla também tem vários atores considerados Brat Pack pela maioria dos críticos de cinema.

  17. Lucas Ávila

    Graças a Wikipedia agora sei o que é Brat Pack!![2]
    olha o que diz a bem dita wiki:

    A maioria dos membros do grupo vieram dos filmes do diretor John Hughes, The Breakfast Club, e do diretor Joel Schumacher, St. Elmo’s Fire. Com esse critério, os membros mais citados eram Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Rob Lowe, Andrew McCarthy, Demi Moore, Judd Nelson, Molly Ringwald e Ally Sheedy.
    Charlie Sheen participou de vários filmes do grupo,assim como os atores James Spader e Robert Downey, Jr. foram também considerados membros oficiais por suas diversas aparições nesses filmes.
    Outros atores que tiveram ligação com o grupo foram Jon Cryer, John Cusack, Kevin Bacon, Jemi Gertz, Mary Stuart Masterson, Matthew Broderick, Sean Penn e Kiefer Sutherland
    os coreys não são incluidos nessa lista por não terem feito nenhum filme com esses atores acima listados. se bem que sem licença para dirigir tem a cara deles não?

  18. Fernando dos Santos

    Acho que poderia se considerar os Coreys uns brat packs por tabela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account