Log In

Reviews Spoilers

Modern Family – The Old Wagon e The Kiss

Pin it


Série: Modern Family
Temporada:
Episódio: The Old Wagon e The Kiss
Número dos Episódio: 2×01 e 2×02
Data de Exibição nos EUA: 22 e 29/9/2010

Com o Emmy de melhor série de comédia nas mãos Modern Family está volta. E continua tão divertida quanto antes. No primeiro episódio as situações são as seguintes: Clair e Phill decidem vender o carro velho da família; Mitchell decide ajudar Cameron a montar um castelo de princesa para Lily no jardim; e Gloria precisa lidar com a primeira namoradinha de Manny.

Phil [para Claire]:

Eu amo quando você é humana.

O Phil nunca me fez rir tanto. Algo na entonação do ator quando ele fala a frase acima e a situação da cena transformaram de algo simples e algo muito engraçado. Claire com aquele jeito que sabe tudo, resolve que passou da hora de venderem o carro velho da família que está na garagem apenas ocupando espaço mas com o tempo ela acaba ficando desesperada ao perceber como tempo passou e diz a frase mais ‘dramática’ até aqui:

Claire:

Olhe para eles: Há um minuto eles eram bebês, e agora eles estão dirigindo, e em breve nós todos estaremos mortos.

O passeio da família com o carro velho para matar a saudade (da Claire, obviamente) acaba sendo um desastre. Tudo que pode dar errado, dá errado mas ao mesmo tempo foi muito emocionante. Especialmente Luke, que é o único ali ainda inocente carregando com carinho os raios de sol que havia guardado em um pote.

As cenas de Gloria tentando posar de mãe moderna foram bem divertidas porque serviu para apresentar um outro lado da personagem, mostrando que ela não é tão diferente da Claire assim. O engraçado é que as coisas que mais li sobre a cena na internet era opiniões de meninos dizendo que poderiam ficar horas a fio vendo a Sofia Vegara colocar sal no copo com achocolatado. Essa virou musa mesmo. (risos)

A minha parte predileta nesse primeiro episódio ficou porto conta de Mitchell. Ele insistindo que é capaz de montar coisas assim com o Cameron foi de chorar de rir porque está claro desde o início que ele não leva o menor jeito para coisa.

Cameron chamar o sogro para ajudá-lo a convencer Mitchell que não seria uma boa idéia ele montar o castelo para Lily sozinho foi bem-vindo. Gosto dessa interação entre as personagens porque aumenta a dinâmica da série.

Jay, em seu ‘depoimento’, compara Mitchell o ajudando ao passado com o Vietnã. Foi hilário. Principalmente porque ele deixa claro que a vida dele no Vietnã foi mais fácil. E tudo se torna divertido porque não é o estereótipo ‘Mitchell é gay e não sabe fazer coisas de homem’. Ele não sabe porque ele é o Mitchell. O Cameron faz tudo muito bem.

No final ele consegue até montar o castelo mas acaba preso dentro dele. E mostrando uma continuidade que muitas séries não tem somos lembrados do pavor que ele tem de pássaros quando ele fica preso pela segunda vez. Eu não sabia se estava rindo da cena nova ou se estava lembrando da anterior.


E se o primeiro episódio já foi divertido o segundo foi perfeito e emocionante.

Desde que a série estreou – e principalmente após o episódio no Havaí – criou-se toda uma polêmica porque Mitchell e Cameron não se beijavam. Eu lembro de comentar com um amigo gay que no caso da série eu não fiquei incomodada com a situação porque (1) o Mitchell sempre me pareceu muito travado em relação a se expor. Inclusive podando o jeito espalhafatoso do Cameron; (2) o Jay e a Gloria não se beijavam também. Esse amigo disse concordava e que não se sentia ofendido.

Não estou dizendo que não aconteça um certo controle da emissora quanto a isso porque eu também não sou inocente a esse ponto. Afinal de contas é na TV aberta. Onde certos assuntos serão evitados ou tratados ‘por cima’. Apenas acreditava que dentro do enredo fazia sentido. E o segundo episódio trata exatamente do beijo em questão mas de uma forma muito bem escrita, emocionante e divertida.

Gloria resolveu fazer um jantar com um prato típico da família porque vinha sonhando com a avó falecida. E se irrita com Jay que não respeita suas tradições; Cameron está magoado com Mitchell porque ele se recusa a ter qualquer demonstração de afeto com ele em público; e Claire descobre que Alex tem um namoradinho.

Claire:

Seus filhos não precisam saber como você era antes de se tornar mãe deles; eles precisam saber quem você desejava ser e ‘ser’ essa pessoa…

A cada declaração da Claire eu torço para mais revelações sobre como ela era na adolescência. A personagem é o estereótipo da mãe que aprontou todas e agora paga de santinha tentando evitar que seus filhos cometam os erros que no final das contas fez ela ser quem é. E isso em comédia funciona muito bem.

Ela faz tudo errado e, na tentativa de ajudar a Alex, acaba fazendo a situação piorar. Convence Haley a ajudar a irmã que acaba recebendo os piores conselhos e paga o maior mico da vida dela (até aqui) ao dizer para o menino que está a fim que gostaria de beijá-lo e descobrir que parte da turma estava junto. Eu morri com ela e nunca passei por tal situação mas como fui muito tímida a vida toda e patinho feio imaginei o horror do momento. No final das contas Claire acaba contando para filha do dia que foi presa, ou como ela frisa, o dia que foi levada para casa por um policial. E o namoradinho de Alex aparece para dizer que a beijaria se ela quisesse e os dois resolvem que é melhor esperar um pouco. Mostrando que todo o desespero da Claire não fazia sentido.

Cameron mostra todo seu descontentamento com o fato de Mitchell não beijá-lo em público. E a discussão acaba chegando ao conhecimento da família durante jantar que Gloria está oferecendo. Ela por sua vez está chateada com Jay porque ele não respeita as suas tradições. Jay, na tentativa agradar Gloria, acaba precisando da ajuda de Phil. Para a felicidade do genro que tem a oportunidade de ajudar o sogro pela primeira vez. E é exatamente a junção dessas três ‘histórias’ que faz desse um dos melhores episódio até aqui.

Mais uma vez mostram que Gloria é mais que uma latina gostosona e sabe exatamente o que quer e o que está fazendo. Ao perceber o pouco caso de Jay ela usa a ignorância (no sentido de ignorar algo e não de ser grosseiro) dele a favor dela. E inventa as situações mais absurdas para ele provar que respeita a tradição dela. O que foi ele batendo no frango e gritando??! E o par de sapato pendurado no pescoço? Sensacional!

A parte mais emocionante – e pelo que andei lendo não fui a única a pensar assim – é quando Gloria chega a conclusão que o grande problema de Mitchell é o fato de Jay não ter sido afetuoso com o filho. E tudo vira uma grande bola de neve fazendo com que Jay demonstre seu carinho não só por Mitchell como por Phil. E assim os beijos tão esperados acabam acontecendo. Pode não ter sido um beijaço como alguns gostariam mas para mim todo o sentimento e a beleza com o que texto foi escrito foram bem mais marcantes do que o simples ato em si. E mais uma vez o Jay tentando acertar com o Manny aquilo que não conseguiu com seus filhos. Como disse Gloria “porque um beijo pode significar diferentes coisas. Pode ser o começo de algo novo. Pode ser como dizemos ‘essa é a pessoa que amo’. Pode ser romântico.”

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

9 Comments

  1. Pingback: Tweets that mention Modern Family – The Old Wagon e The Kiss -- Topsy.com

  2. Eugifran Moreira

    achei sensacional….
    ri do comeco ao fim do episodio…..
    eu esperava um beijo melhor, ou pelo menos algo que nao ficasse em segundo plano, como foi….
    mas adorei mesmo um dos melhores da serie, mto bom :)
    otima review, mto bom ver o Teleseries(magazine) de volta

  3. Eugifran Moreira

    nao sabia bem onde colocar, e como os comentarios estao desabilitados na pagina vim falar aqui….
    nos destaques da semana dos eua o numero de fringe ta errado, ta falando que eh o episodio 5×03, e eu acho que eh o 3×03, pq nao ta na 5 temporada ainda :)

    e sobre o site, eu to estranhando como eh normal, mas to gostando ate agora :)
    que bom que voces voltaram :D

  4. Carina

    FELIZ! Estou feliz pela volta do meu site favorito de séries, aonde tudo começou para mim. E estou feliz por termos reviews desta brilhante série, que coemcei a ver quase no final da temporada e me apaixonei à primeira risada.
    Estes 02 episódios mostraram que a série continua com excelente qualidade e genial. E começo a acha que quem era para ter o emmy de melhor ator coadjuvante era o Ty Burell…. a interpretação do Phil é fantástica: entonação de voz,. as caras e bocas e até pequenos gestos conseguem, literalmente, me fazer gargalhar.

    o 2º episódio foi, além de divertido, emocionante e muito bem desenvolvido.

    E adorei a rewiw Tati!

  5. de

    não dá pra uma review ser tão grande assim. mesmo sendo dupla, se gasta mais tempo lendo do que assistindo.

  6. Pedro Paulo

    Amei os dois episódios, mas nos segundo eu mijei de tanto rir.

    Meu Deus, como esse Mitchell é tapado, ele me irrita… se eu fosse o Cam esfriaria com ele naquela hora em que ele se esquivou do beijo na loja…

Log In or Create an account