Log In

Reviews

Modern Family – Queer Eyes, Full Hearts

Pin it

Série: Modern Family
EpisódioQueer Eyes, Full Hearts
Número do Episódio: 6×07
Exibição nos EUA: 12/11/2014
Nota do Episódio: 9.5

“Queer Eyes, Full Hearts… Can’t Lose!” Okay, esse não é o verdadeiro “grito de guerra” de Friday Night Lights, mas ao ler as primeiras frases, que não por acaso dão nome ao episódio, era impossível não completar a sentença com “Can’t Lose”. Se, pelo título, alguém tinha alguma dúvida de que o episódio foi inspirado no drama, que narrava o cotidiano de uma equipe de futebol americano, quando Cam faz referência direta a Connie Britton, as dúvidas se foram.

Com essa pequena adaptação do lema de FNL (para quem não sabe o lema original é “Clear Eyes, Full Hearts… Can’t Lose!”), Modern Family entrega um episódio redondinho e bastante agradável. O Queer, usualmente relacionado com homossexuais, é usado propositalmente para mostrar a rotina da Cam como o treinador da equipe de futebol americano da escola. Mais uma vez, e dessa vez foi sem querer, Cam rouba a cena ao fazer com que sua história se sobressaia em relação ao novo caso de Mitchell. Aos olhos da jornalista do episódio, um treinador gay em um esporte de “machões” é muito mais atraente do que uma história de sem-tetos de um advogado. Cam já tem um jeito exibido naturalmente e diante das câmeras isso toma outra proporção. A auto-estima de Mitchell é explorada mais uma vez e o jeito esquentadinho do ruivo traz boas cenas.

Dessa vez, o plot de Jay e Gloria foi interessante. A segunda parte do título pode muito bem definir a história do casal nesse episódio. A série vem mostrando bastante que o amor de Jay e Gloria é simples e bonito e que as aparências sempre se ofuscam diante do tamanho desse sentimento. A prova de amor da vez, foi Jay contratar um professor de espanhol para deixar Gloria mais feliz. Depois da declaração dela, de que é um saco ficar pensando numa língua e falando em outra, Jay resolveu que era hora de sair da zona de conforto. Eu só espero que isso seja explorado mais pra frente já que não veremos Manuel Alberto Javier Alejandro Delgado, a.k.a Manny, falando muito espanhol daqui pra frente.

O ponto alto do episódio, pra mim, foi Haley. Completando o lema de FNL, a história com Haley foi o “Can’t Lose”. A personagem amadureceu bastante e, dessa vez, espero que esse emprego e o crescimento dela durem e sejam bem explorados. Ver Haley no novo emprego será algo promissor e sua relação com o novo chefe será, no mínimo, engraçada. Ainda torço para que Haley e Andy fiquem juntos, apesar do último não ter aparecido tanto na série.

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

1 Comment

  1. Pingback: Destaques na TV – quarta, 17/06 » TeleSéries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account