Log In

Reviews

Modern Family – Heart Broken

Pin it

Série: Modern Family
Episódio: Heart Broken
Número do Episódio: 4x15
Exibição nos EUA: 13/02/2013
89.333333333333
4.4
3

O amor está no ar. Ou pelo menos os personagens fizeram de tudo para que ele estivesse. Em um dos episódios mais esperados dessa temporada o Valentine’s Day de ninguém saiu perfeito mas o esforço pra fazer a data ser especial foi grande. Muito grande!

Tivemos um episódio bem fragmentado dessa vez. Cada família teve seu momento e em nenhuma cena os membros de uma família aparecem junto com seus parentes (exceto Lily na casa de Jay e Gloria), no máximo uma citação e uma ligação. O recurso ficou bem interessante e dava pra fazer um episódio triplo, não fosse os poucos 20 minutos de episódio semanal.

Vamos procurar o amor (e seus clichês) no episódio Heart Broken da série.

13 de fevereiro – 17h
Phil e Claire liberaram as crianças para o cinema e decicidiram antecipar o Dia dos Namorados porque no dia 14 iriam ficar com Joe. Talvez por força do destino e por quebrarem a tradição e comemorar um dia antes, o cupido fez com que a noite do casal fosse um tanto quanto bizarra (porque eu não encontrei outra palavra pra descrevê-la). De volta àquela fantasia do casal que se encontra no bar e acabam junto, a noite não poderia ser diferente. Se da primeira vez Claire acabou quase nua em uma escada rolante (My Funky Valentine – s01e15), dessa vez o charme de Phil foi direto no coração. De verdade. A noite começou no bar e continuou no hospital (super romântico, não?). De acordo com Phil o coração de Claire não aguentou tanto charme, brincadeiras a parte, o desmaio da personagem foi preocupante. Com o coração não se brinca (nem no dia dos namorados e nem em dia nenhum). Resumo da noite do casal Dunphy: um desmaio no bar > ida ao hospital > volta pra casa > terminar a noite com o sangramento de nariz de Phil que não seria grande coisa se ele não tivesse ensanguentado sua esposa também.

Ainda na família Dunphy, o trio de filhos me conquistou ainda mais mostrando que sabem enganar seus pais direitinho a ponto de dar uma festa em casa e fingir que estão no cinema. Que atire a primeira pedra quem nunca fez isso e ainda teve a noite estragada pelos próprios pais que chegaram em casa antes do esperado.

14 de fevereiro – 7h05
Doidos para “tirar o atraso” Jay e Gloria iriam despachar Joe para a casa dos Dunphy para poderem ter seu dia dos namorados, sozinhos. Com todo o incidente da véspera o casal teve que ficar com a criança e de brinde ainda levaram Lily que também ficaria com os Dunphy. Não bastasse os dois, ainda tinha o romântico assumido Manny que queria aproveitar a data para falar sobre o amor. Acrescente à essas três crianças um montador de equipamentos para evitar acidentes infantis. Pronto, taí a receita de um fracassado Valentine’s Day. Ao menos Manny se deu bem no baile de namorados com sua admiradora secreta. Será que ela existe mesmo?

15 de fevereiro – 9h30
Mitchel é a prova de que até os mais certinhos as vezes saem da linha. Com um ressaca daquelas, ele não consegue se lembrar da noite anterior. Isso é um sinal de que a noite foi boa não? Nem sempre… há quem diga que bêbado lembra sim, de tudo, mas eu não acredito nisso :P Imaginem o grau do alcoolismo para a pessoa pintar o próprio gato de rosa com bebida de cereja e ainda por cima roubar os enfeites de natal do vizinho (é, sempre tem aquele que não tira os enfeites de natal) e decorar sua sala com eles. A reação de Mitchel ao ver a casa toda bagunçada é impagável e quando ele pensa que as consequências do que fez não poderiam ser piores aparece Dylan (ele sempre aparece do nada), o novo roommate do casal. Como expulsar da sua casa alguém que você convidou para morar com junto em um momento de embriaguez e ainda por cima arrumou toda a casa e ainda fez sopa para você e seu parceiro? Pois é, Mitchel e Cam não sabiam o que fazer até descobrirem que o primeiro não precisava mandar Dylan embora já que não foi ele quem convidou o rapaz para morar ali e sim Cam. Como o casal é muito fofo quem mandou Dylan embora de casa foi Lily, a adultinha da vez.

Muito mais do que comemoração de dia dos namorados, a grande mensagem do episódio foi o amor fraterno. Não importa sua idade, quando se tem filhos, você sempre irá se preocupar com eles.

E viva o amor, em suas diversas formas e independente da comemoração.

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

4 Comments

  1. Otávio

    O que deveria ter sido uma resenha opinativa foi quase só uma descrição =/

    Já o episódio, na minha opinião, foi um dos melhores da temporada. A fragmentação deu um ar de novidade pra Modern Family, principalmente no que diz respeito à continuidade dos personagens em cena. Estamos acostumados a acompanhar as diferentes storylines intercaladas, com aquela pausa pra respirar entre as “piadas” de cada núcleo; mas dessa vez o ritmo pareceu ter sido mais movimentado, com um encadeamento de acontecimentos muito mais fluído.

    Dois grandes momentos foram dos Dunphy: quando o Phill “não deveria contar” sobre a Claire aos filhos, que entram em pânico e se desesperam ao saber do que aconteceu com a mãe (especialmente Luke: “Mamãe quase morreu de um ataque cardíaco?”); e quando Phill liga a luz e as crianças se desesperam ao ver a mãe ensanguentada. Mas a Lily colocando Dylan pra fora da casa foi o melhor!

  2. Hashimoto

    Só não foi o melhor da temporada pra mim por causa do ritmo que ele teve. Foi muito rápido. Tudo bem que o objetivo era mostrar as comemorações dos três casais, mas teve momentos que mal deu pra respirar. Mas deixando isso de lado, foi hilário como sempre. O final do episódio, com Mitchel e Cam tentando fazer algo “diferente” foi sensacional!! Sério, só faltou nós descobrirmos se usaram os alias de Juliana e Clyde também! XDDDD E Lily, como sempre, um amor de criança. O Jay tentando entreter a menina com o controle da tv e ela “Parece complicado”. Essa menina é um prodígio!

  3. Paulo Serpa Antunes

    O episódio teve cenas muito boas, mas eu realmente não curti as três narrativas independentes. Prefiro Modern Family no formato clássico.

    E, mel dels, como a Sofia estava sexy neste episódio!

  4. Pingback: Destaques na TV – domingo, 24/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account