Log In

Memória

Minha primeira série: Buffy, A Caça-Vampiros

Pin it

Buffy, A Caça-Vampiros
A primeira… a gente nunca esquece!

Conhece aquela história de que a primeira impressão é a que fica? Quando o assunto é séries de TV pode não ser tão simples assim. Um episódio piloto fraco pode não refletir o real potencial da trama. O contrário também acontece. Por isso penso que a primeira que acompanhamos do começo ao fim, essa sim, a gente não esquece.

Então, vou recordar a primeira série que eu acompanhei, em tempo real, do primeiro ao último apocalipse: Buffy, A Caça-Vampiros!

Era uma vez…

Elenco de Buffy
Buffy Summers (Sarah Michelle Gellar) é uma líder de torcida que vê sua vida mudar ao descobrir que é uma caçadora de vampiros.

Mudar de cidade com a mãe Joyce Summers (Kristine Sutherland) parecia ser o suficiente para abandonar os vampiros e seu legado. Seria, se o novo endereço não fosse Sunnydale, conhecida como Boca do Inferno, um portal para dimensões demoníacas.

No primeiro dia de escola, Buffy conhece o bibliotecário Rupert Giles (Anthony Head), seu sentinela, responsável por treinar e guiar a caçadora.

No colégio ela encontra o engraçado Xander Harris (Nicholas Brendon) e a inteligente Willow Rosenberg (Alyson Hannigan). Os dois descobrem o segredo de Buffy e decidem ajudá-la a cumprir seu destino, o que inclui quase serem mortos várias vezes. O mesmo acontece com a popular e fútil Cordelia Chase (Charisma Carpenter).

Como se todo o drama de ser adolescente, matar vampiros e demônios não bastasse, Buffy se apaixona por Angel (David Boreanaz), um vampiro que possui alma graças a uma maldição cigana. Em resumo, um vampiro bom.

Já o Mestre não tem nada de bom. Esse velho vampiro está preso no submundo e para sair de lá ele mata Buffy. Ela fica morta por pouquíssimo tempo. Reavivada por Xander, a caçadora extermina de vez o poderoso Mestre e o dia está salvo.

Com a temporária morte de Buffy, surge uma nova caça-vampiros, Kendra (Bianca Lawson). E as confusões em Sunnydale aumentam com a chegada de um casal de vampiros, o bad boy Spike (James Marsters) e a louca Drusilla (Juliet Landau), velhos conhecidos de Angel, já que foi Angel quem transformou Dru em vampira.

Entre uma luta e outra… Giles se envolve com a professora Jenny Calendar (Robia Lamorte). Cordelia e Xander namoram e Willow engata um romance com Oz (Seth Green), um lobisomem guitarrista. Buffy e Angel têm sua primeira noite de amor. A maldição de Angel é quebrada pelo momento de pura felicidade, ele perde a alma e volta a ser o cruel Angelus!

Drusilla mata Kendra. Angelus mata Jenny. Angelus abre o portal capaz de sugar o mundo para o inferno. Willow usa o feitiço deixado por Jenny em um disquete (sim, ainda usava-se disquete) e restaura a alma de Angel. Tendo que escolher entre o mundo e seu amor, Buffy mata Angel e o envia para o inferno.

A morte de Kendra ativa Faith (Eliza Dushku), uma caça-vampiros rebelde e descontrolada. Angel retorna do inferno. Xander e Willow se rendem a uma forte atração e são pegos por Cordy e Oz que terminam os relacionamentos. O Conselho de Guardiões envia o engomadinho Wesley Pryce (Alexis Denisof) para substituir Giles.

Faith se alia ao prefeito-demônio para promover o apocalipse. Ela tenta seduzir Angel, mas é enganada por Buffy e Angel e as duas caça-vampiros se enfrentam em uma luta que termina com Faith em coma.

Chega a formatura e a turma tem que deixar as mágoas de lado e trabalhar em conjunto para evitar a ascensão do prefeito e salvar o mundo novamente.

Angel decide, pelo bem de Buffy, partir para Los Angeles onde reencontrará Cordy e Wesley. Oz também vai embora. Buffy e Willow vão para a faculdade e Xander começa a trabalhar.

Willow passa a praticar magia e começa a namorar a colega de faculdade Tara (Amber Benson). Xander se envolve com Anya (Emma Caulfield), uma demônia redimida. E Buffy namora Riley Finn (Marc Blucas), integrante da Iniciativa, uma organização secreta criadora de um ciborgue que se rebela, destrói a organização e tenta acabar com o mundo, mas é claro que é impedido por Riley, Buffy e seus amigos.

Solteira, Buffy deixa a faculdade. Joyce morre de câncer e Buffy tem que cuidar da irmã Dawn (Michelle Trachtenberg). Ah, sim, Buffy acredita ter uma irmã adolescente que na verdade é uma chave mágica modelada com o sangue dela. Mas, a deusa diabólica Glory (Clare Kramer) promove o apocalipse e só o sacrifício da chave é capaz de pará-lo. Buffy se joga para a morte no lugar da irmã.
Willow e os amigos usam magia para trazer Buffy de volta à vida. Sem saber eles tiram a caçadora do paraíso e lhe devolvem o fardo de salvar o mundo. Buffy esconde a dor dos amigos e acaba nos braços de Spike em uma relação destrutiva.

Elenco de Buffy na sétima temporada
Tara morre baleada e a perda da amada transforma Willow em uma bruxa furiosa e implacável. Mergulhada em magia negra ela quase destrói o mundo em sua vingança. Apenas a leal amizade de Xander é capaz de fazê-la parar.

Então é revelada a maior ameaça que já enfrentaram, o Primeiro Mal e seu exército. Spike recebe uma alma e vive com Buffy uma tórrida paixão. Giles escala um exército de caça-vampiros em potencial e Faith retorna para ajudar a treinar as novatas.

Anya morre. Willow realiza um feitiço capaz de dar a todas as potenciais os poderes de caçadoras. Angel vai até Sunnydale ajudar e entrega um poderoso amuleto para Buffy. Spike usa o amuleto e se sacrifica levando com ele a Boca do Inferno.

Buffy, Xander, Willow, Giles e Dawn olham a cratera que ficou no lugar de Sunnydale e se perguntam o que farão agora. Ao que Buffy responde com um sorriso…

…e então…

Poster do filme

Poster do filme

Buffy the Vampire Slayersurgiu como um fraquíssimo filme, de 1992, estrelado por Luke Perry e Kristy Swanson. A sorte é que Joss Whedon não desistiu da trama e em 1997 transformou a história em seriado. Pois é, lá se vão 14 anos desde que fomos apresentados a Buffy, Giles, Willow, Xander…

Buffy traz em suas tramas mirabolantes, de criaturas horrendas e efeitos especiais muito dos problemas que enfrentamos no nosso dia-a-dia. A primeira bandeira da série é a do feminismo, afinal, temos uma heroína! O preconceito é fortemente debatido com a presença de uma personagem central lésbica. O enredo da amizade, da lealdade e da família também são presenças marcantes no seriado. E se não se falava em bullying como se fala hoje, Joss Whedon com a nerd Willow e o bobalhão do Xander deram uma lição em muita gente, afinal, eles salvaram o mundo, diversas vezes!

E o que dizer da relação entre humanos e vampiros, além de épico? Essa atmosfera criada pelo amor impossível é uma fórmula viciante, por vezes recriada.

Depois de sete temporadas a série chegou ao fim em 2003, e por mais um ano os fãs puderam acompanhar alguns personagens no spin off, Angel, que terminou em 2004 em sua quinta temporada. Joss Whedon levou então as tramas para o universo dos quadrinhos, onde elas foram “reprisadas” e ganharam continuidade.

Buffy, A caça-vampiros é uma daquelas boas lembranças do baú das séries antigas e meu primeiro amor/seriado…

…memorável.
Séries citadas:

25 anos, Jornalista formada pela Unesp/Bauru. Responsável pela Coluna Memória. Adora um bom livro e não dispensa uma boa música. Mas, confessa que é viciada em séries desde que se conhece por gente. Friends, Angel, One Tree Hill... Game of Thrones, Hart of Dixie, Arrow, The Vampire Diaries, The Originals...

16 Comments

  1. Fernanda_dornelles

    Me senti eufórica pois foi a minha primeira série também e até hoje sinto um carinho profundo…Minhas relíquias em dvd,cd,lata promocional e etc são meus maiores tesouros!! Adorei seu post!! ;)

  2. Tiago

    auhau eu fiz uma maratona das temporadas a um tempo atras e é d+ msm, adoro a relação Buffy e Spike !!

  3. Mirele Ribeiro

    Eita, Fernanda, também tenho dvds e vira e mexe assisto de novo rsrsrs Qualquer dia ainda vou me aventurar com os quadrinhos rs

  4. Mirele Ribeiro

    Ah, isso é verdade, a série melhora muito a partir segunda temporada… Aí, você vai se empolgar tanto que vai querer (se ainda não assistiu) ver “Angel” também rsrs

  5. Pingback: Os brownies da bruxa em Buffy, A Caça-Vampiros

  6. Anônimo

    Buffy foi minha primeira série como adolescente. Na época dos chats, eu era orgulhosamente a Buffy@17:disqus . I regret nothing!

    Vi a série até o fim, e AMAVA a Cordy e o Angel Muito amor! 
    Linda a coluna, Mi

  7. Mirele Ribeiro

    Menina, eu adorava esses dois também! Era incrível como a Cordy estava sempre no lugar errado na hora errada rsrsrs e Angel é Angel, né? não precisa nem falar mais nada rsrsrs

  8. nando

    Baixei todos os episodios e estou revendo todos eles!
    Minha serie favorita!

  9. Pingback: Sete anos sem a WB – The Night of Favorites and Farewells

  10. Gabriel

    To fazendo minha maratona Buffy… já estou terminando a 2 temporada =)

  11. Mirele Ribeiro

    Nossa, o final da 2a temporada é o melhor, na minha opinião. E a 3a temporada inteira é muito boa. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account