Log In

Notícias

Mad Men só até 2012

Pin it

Jon Hamm em Mad MenEm time que se está ganhando não se mexe. Esse famoso ditado popular não deve ter sido levado em consideração por Matthew Weiner, criador e roteirista da série Mad Men. Ele revelou na semana passada, em meio à convenção da National Association of Broadcasters (NAB) em Las Vegas, que não imagina continuar escrevendo a série além da sua sexta temporada. Se a emissora a cabo AMC, que exibe Mad Men, continuar a renová-la, ela deve acabar em 2012.

O anúncio surpreendeu a todos porque Mad Men é um dos maiores sucessos da TV paga. Desde que estreou em na AMC em 2007, a atração vem colecionando elogios da crítica e prêmios, incluindo 9 Emmys e 4 Globos de Ouro (sendo 3 destes para Melhor Série Dramática). Além disso, a audiência das três temporadas podem ser consideradas excelentes para um programa de TV paga. A estreia da última, por exemplo, foi assistida por 2,8 milhões de telespectadores.

Ambientada na Nova York dos anos sessenta, Mad Men conta a trajetória profissional e pessoal de uma agência de publicidade. O seriado também ganha contornos sociais ao abordar os costumes e mudanças dos Estados Unidos neste período.

As gravações da quarta temporada de Mad Men começaram recentemente. Os novos episódios deverão ser exibidos em julho no AMC.

No Brasil, Mad Men é exibida aos sábados, pela HBO.

Com informações da The Weekly Blend.

Séries citadas:

Cinéfilo assumido, também tem como uma de suas paixões os seriados de TV. É fanático por reality shows de competição, sendo o seu preferido The Amazing Race e suas diversas edições pelo mundo. Também adora Survivor, Hell's Kitchen e America's Next Top Model. Depois de entrar para o TeleSéries, passou a apreciar séries de ficção, como Being Erica, The Big Bang Theory, Glee, Dexter e principalmente, Breaking Bad.

12 Comments

  1. João da Silva

    Mad Men é ótima. É melhor que a série acabe enquanto estiver em alta.

  2. Rafael B.

    acho que seis temporadas são mais que suficientes pra qualquer série, não entendi a “revolta” do post.

  3. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    CURB YOUR ENTHUSIASM GANHA 8ª TEMPORADA
    A HBO confirmou hoje os rumores, iniciados por Larry David, de que a série “Curb Your Enthusiasm” teria uma oitava temporada. Serão mais 10 episódios, os quais têm previsão de estreia para o ano de 2011. Com a renovação, a série, segundo o THR, se torna a produção mais longa do canal HBO.

    Criada e estrelada por Larry David, um dos co-autores de “Seinfeld”, a série que no Brasil recebeu o título de “Segura a Onda”, traz o personagem Larry David, um produtor de televisão, neurótico e cheio de fobias, que tenta se encaixar em um mundo politicamente correto. Sem compreender o raciocínio que comanda o comportamento humano de terceiros, Larry tem sua própria noção do certo e errado ou do apropriado e do inapropriado. A série é uma adaptação do especial “Larry David: Curb Your Enthusiasm”, produção de 1999. Na história, Larry tenta convencer a HBO a produzir um especial com ele.

    A sétima temporada de “Curb Your Enthusiasm” foi a que deu ao canal HBO sua maior audiência, tendo em vista a presença dos atores de “Seinfeld”, naquilo que foi batizado de mini-reunion. Na história, o elenco prepara um episódio especial que irá reunir os personagens/atores da famosa sitcom dos anos 90. O que o público acompanha, são os bastidores desse especial.

    Ainda não foi confirmado qual será o tema da oitava temporada, mas em entrevistas à imprensa americana, Larry revelou que gostaria de ter a participação especial do humorista inglês Ricky Gervais, que atualmente tem contrato com a HBO para a produção da versão animada de seu podcast, “The Ricky Gervais Show”.
    Link com a Informação:http://revistatvseries.blogspot.com/2010/04/curb-your-enthusiasm-ganha-8-temporada.html

    _________________

  4. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    SPIELBERG CONTRATA PRODUTOR DE JORNADA NAS ESTRELAS PARA SUA

    Brannon Braga, produtor e roteirista de Flashforward, 24 Horas e das séries de TV de Jornada nas Estrelas produzidas nas últimas duas décadas, será o responsável por Terra Nova, a série de TV sobre dinossauros que Steven Spielberg concebeu para a Fox.

    Segundo o Deadline, Braga entra para ser produtor-executivo – assim como Spielberg e o ex-presidente do conselho da Fox Entertainment Group, Peter Chernin, entre outros – mas será também o que na indústria se chama de “showrunner”, o produtor que cuida do dia a dia da série.

    Ainda não há um comunicado oficial, mas é quase certo que a série receba uma encomenda inicial de 13 episódios, sem passar pela peneira dos episódios-piloto. Na trama, uma família que vive 100 anos no futuro decide viajar ao passado do planeta, 150 milhões de anos atrás, para conhecer o estranho e inóspito mundo dos répteis gigantes.

    O argumento de Terra Nova foi escrito por Craig Silverstein e Kelly Marcel, que também vão atuar como produtores-executivos. Fique de olho no Omelete para mais informações.
    Liink com Informação:http://www.omelete.com.br/televisao/spielberg-contrata-produtor-de-jornada-nas-estrelas-para-sua-ambiciosa-serie-de-tv-de-dinossauros/

  5. Bruno Piola

    Rafael, não escrevi “revoltado”, mas sim, surpreso.

    Ah, e o terceiro parágrafo foi muito editado, ficando até sem sentido. Afinal, como uma agência de publicidade pode ter uma trajetória pessoal, não é? Eis o trecho original:

    “Ambientada na Nova York do começo dos anos sessenta, Mad Men conta a trajetória profissional e pessoal de Donald Draper (Jon Hamm, que recebeu um Globo de Ouro por sua atuação), um competente mas misterioso publicitário”.

  6. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    PARENTHOOD GANHA NOVA TEMPORADA
    O canal NBC renovou a série “Parenthood” para uma segunda temporada. Apesar da baixa audiência registrada em seus primeiros sete episódios, sua renovação não chega a ser de fato uma surpresa. Dramas familiares são quase uma obrigação, em especial em redes de TV abertas, que precisam contentar organizações como o Parents Television, as quais exigem produções com temáticas para toda a família.

    Quando Maura Tierney precisou se afastar da produção da série, a NBC adiou a estreia da mesma na expectativa de um breve retorno da atriz. Jogando “Parenthood” para a midseason, o canal comprometeu a audiência da série. É tradição das emissoras americanas estrear nesse período produções as quais não se sabe se serão bem aceitas pelo público; também entram nessa leva séries que já estão condenadas ao cancelamento antes mesmo de suas estreias. É claro que existem as ‘zebras’; aquelas produções que podemos classificar como ‘não é que deram certo?’, bem como séries que tiveram que ser adiadas, como ocorreu com “Parenthood”.

    A NBC sempre colocou muita fé em “Parenthood” e seu investimento no projeto já previa uma renovação, ou, podemos dizer, na aposta de que o público precisa de tempo para encontrar aquela que a imprensa americana está classificando como “a Brothers & Sisters da NBC”.

    Sua estreia ocorreu em março desse ano registrando uma média de 8 milhões de telespectadores. A audiência começou a declinar nos episódios seguintes, mantendo uma média de 7 milhões de telespectadores. Segundo o THR, a renovação teve como referência a audiência dos DVR, pessoas que deixam gravando para assistir depois, a qual chegou a marcar uma média de 3.2% entre o público alvo do canal, que abrange pessoas ehttp://revistatvseries.blogspot.com/2010/04/par…emporada.htmlntre 18 a 49 anos.
    Link com a Informação:

    _________________

  7. angela

    A série esgotou mesmo. Não tem mais assunto. Nem se compara com o ritmo das primeiras temporadas. Melhor terminar antes de virar dramalhão mexicano.

  8. Cristiano

    Ótima notícia sobre Segura a Onda. Precisei ver apenas alguns episódios para virar fã da série.

  9. Claudemir

    Muito mais do mesmo: quando chegar lá (6ª temporada / 2012), eles mudam de idéia e a série vai capengando e caindo pels tabelas por bem mais uns quatro anos. É da vida televisiva…

  10. Pedro Paulo

    Quem tinha que ser levada até 2012 é Damages.

    cada roteiro da série é uma aula para os roteiristas “premiados” de Mad Men e Ted Danson, Martin Short, Tate Donovan, Campbell Scott ensinam a Jon Hamm o que é uma atuação masculina de verdade.

    E não apela para produção de época.

  11. Anônimo

    Mad Men é uma série estupenda. Tudo perfeito: história, direção de arte, atores. Eu gostaria de “conviver” mais um pouco com esses “meus amigos” publicitários da década de 1960, mas a verdade é que fica difícil manter a qualidade por muito tempo. Igualmente, foi bom que BSG terminasse em toda a sua glória. É melhor ficar com saudade dos nossos “amigos” e guardar a mais grata lembrança para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account