Log In

Reviews

Luther – Episódios 3 e 4

Pin it

Série: Luther
Episódios: 3 e 4
Temporada:
Número dos Episódios: 2×03 e 2×04
Data de Exibição na Inglaterrra: 28/06/2011 e 05/07/2011

Eu estou torcendo para que resolvam produzir mais uma temporada de Luther. Idris Elba construiu o personagem com uma maestria que chega a ser uma maldade tão poucos episódios. Toda trama da 1ª temporada foi melhor talvez porque a Alice era uma coadjuvante com ares de protagonista, mesmo assim a 2ª temporada teve o mesmo cuidado e a mesma qualidade.

Nos dois últimos episódios tivemos Luther divido entre proteger Jenny (e para isso precisou burlar a lei) e prender o novo serial killer. O terceiro episódio deixou dois ganchos fortes. O primeiro foi a descoberta de cúmplice do serial killer que era seu irmão gêmeo. Em segundo Toby vai atrás de Jenny no apartamento de Luther – que não conseguiu avisá-lo que conseguiu a lista que ele queria – e ataca Jenny. Quando Luther chega encontra a menina toda ensangüentada e pedindo desculpasa pós matar Toby evitando que ele a violentasse.

Para complicar ainda mais um pouco a detetive Erin está desconfiada dos sumiços de Luther e está tentando descobrir o que ele anda fazendo de errado e para isso pede a ajuda de Ripley o que acaba sendo um erro. Já que no episódio seguinte Ripley apaga o rastro do chefe mostrando que a fidelidade dele está acima de seus princípios.

Dois irmãos gêmeos que resolveram disputar quem matava mais pessoas. Esse era o motivo dos crimes. E para conseguir prender o segundo irmão Luther precisou entrar no jogo para convencer o que estava preso a ajudá-lo.

Uma das cenas mais fortes foi quando Luther fica cara a cara com o assassino e taca gasolina em si mesmo afirmando que para ganhar o jogo o cara teria que matá-lo. Sendo Luther, Luther, eu não duvidaria da possibilidade do personagem atear fogo em si mesmo. No entanto os autores são doidos mas não são muito. A polícia consegue matar o assassino e Luther parte para ajudar Jenny.

Eu esperei por um desfecho trágico até o último momento (não por querer um, mas por Luther não ser uma série “feliz”). Dessa fez fui surpreendida, pelo menos para os padrões da série. A mãe de Jenny na minha opinião era pior que os criminosos. Parafraseando a menina, a mãe dela só tomou decisões estúpidas o tempo todo. Se preocupou tanto em culpar Luther pelo rumo que a vida dela tomou que não conseguia sequer proteger a própria filha.

A cena final em que Luther e Jenny param para tomar um sorvete foi muito bonita – mesmo estando tensa o tempo todo esperando que a Alice aparecesse e fizesse algo por ciúme – e quando Jenny pergunta ‘E agora?’ respondi para a TV. Agora espero que decidam por mais uma temporada porque foi pouco e eu preciso demais.

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account