Log In

Opinião

Loucura, luxúria, tudo isso tinha no Som e Fúria

Pin it

Som e Fúria

Baseada na série canadense Slings & Arrows, Som e Fúria, da Rede Globo, chegou ao fim na sexta-feira, dia 24, pelo menos por enquanto. A minissérie sobre Shakespeare, dirigida por Fernando Meirelles, girou em torno das montagens de Hamlet e MacBeth pela Companhia de Teatro do Estado, do Municipal de São Paulo.

Tudo começa quando Oliveira (Pedro Paulo Rangel), então diretor artístico do CET, é atropelado por um caminhão de presunto e morre. Às pressas, Dante Viana (o bom ator Felipe Camargo), é chamado para substituir o diretor. Acontece que Dante, há sete anos, surtou durante apresentação de Hamlet e se afastou da companhia por ter descoberto a traição de Elen (Andréa Beltrão), primeira atriz do CET e seu amor fora dos palcos, com Oliveira, que se tornou então seu desafeto.

A partir desse momento, uma história com diálogos inteligentes e divertidos se forma entre ele e Oliveira, que, morto, vira uma espécie de consciência-viva-fantasmagórica que auxilia Dante a lidar com atores mimados, diretores megalomaníacos, escassez de público e o amor mal resolvido com Elen.

A minissérie tem grande elenco, mas não posso deixar de citar duas participações excepcionais. A primeira é Regina Casé no papel da canastrona Graça. Funcionária da Secretaria de Cultura, ela se aproxima do diretor financeiro da companhia Ricardo Silva (Dan Stulbach), a fim de alavancar a receita da Temporada Clássica do Municipal por métodos nada ortodoxos. A segunda é Cecília Homem de Melo como Ana, a vice-secretária geral da CET, que faz a liga entre todos os outros personagens e proporciona momentos de risadas sinceras.

Mas será que levar Shakespeare à TV aberta foi uma boa ideia? A crítica aparentemente se dividiu. E o público também. Não raras vezes, Som e Fúria perdeu em audiência para produções hollywoodianas de qualidade duvidosa da Rede Record. A média final de audiência girou ao redor dos 16 pontos, segundo dados do Ibope.

Acredito, no entanto, que valha a tentativa de propor uma nova visão, o não-usual. É louvável a abertura do espaço para produções que fujam das mesmices da TV aberta. Som e Fúria me deixa saudades, mas traz boas notícias: uma segunda temporada pode vir em 2010.

Som e Fúria

Séries citadas:

28 Comments

  1. Marília Ivo

    Adorei a série. Estou esperando o DVD. Li em algum lugar que vai sair, inclusive com mais horas do que passou na TV…

  2. Fernando dos Santos

    Eu li que o Fernando Meirelles aqui no Brasil só vai produzir obras para a tevê.Os projetos para o cinema ele vai continuar tocando no exterior.
    Segundo o cineasta, no Brasil é muito mais fácil produzir uma obra para a tevê.

    Não assisti Som & Furia, mas arrisco dizer que o principal motivo da crítica ficar dividida em relação a série foi o elenco cheio de caras manjadas que já foram vistas inúmeras vezes nas novelas.Poderiam ter dado chance pra pelos menos uns dois ou três nomes pouco conhecidos.
    Aliás, o Meirelles ao longo de sua carreira cinematográfica sempre procurou dar chance pra interpretes menos conhecidos.Eu penso que este elenco composto pelos nomes e rostos de sempre foi imposto pela Globo.

  3. Raruiz

    Simone, eu também não consegui assistir pela Globo. Os horários são horríveis mesmo. Mas, se você tiver espaço disponível em seu HD, já é possível fazer downloads, nos melhores sites… hahaha

  4. Cristiano

    Tomara que a globo adote o costume de transformar bons especeiais ou minisséries em seriados, como aconteceu com “Decamerão” e espero que aconteça com “Som & Fúria”, que assim como “Capitú”, sua linguagem foge completamente do que estasmos acostumados a ver na tv aberta.

  5. Cristal

    A crítica se dividiu? Não sabia.
    Amei Som e Fúria, um sopro de inteligência como a muito não se via.
    Torço pra que haja uma próxima temporada!
    Soube que o material levado ao ar foi editado pra caber na programação da Globo, então esse dvd não me escapa!

  6. Eduardo

    Uma pena. O fato de ter sido uma produção exclusiva da O2 que apenas foi exibido pela Globo (ela não teve nenhum envolvimento nas filmagens) foi um tremendo avanço no esquema de produção.

    O fato é que não dá para ganhar audiência após as 11 da noite, ainda mais contra filmes exibidos em outros canais.

    Concordo que poderiam ter aproveitado atores menos conhecidos. Poderiam ter aproveitado o elenco das peças musicais do Botelho e do Mueller numa obra dessas. O abuso de rostos conhecidos é uma das práticas hollywoodianas mais insuportáveis. É sempre bom ver uma cara nova.

    Por outro lado amei a direção de fotografia dessa série. Só com uma produtora competente para realizar uma obra ambiciosa visualmente desta forma, porque ninguém na Globo seria capaz de criar esse resultado.

    Fugir do padrão é sempre saudável e deve ser encorajado, mesmo que o público leigo não se toque que possuem a oportunidade de experimentar algo novo de qualidade, de vez em quando.

  7. Aline

    Essa série foi muito muito boa. Realmente não esperava que a audiência fosse a melhor do mundo, porque a linguagem da série é diferente do usual, do que o povo está acustumado.

    Pra mim o maior destaque da série foi a Andréa Beltrão. Ela esteve fantástica, principalmente na última apresentação como Ofélia, foi emocionante. Ela deveria de fazer mais papéis diversificados em vez de continuar sempre na Grande Família.

    Achei a escolha de elenco muito boa, Felipe Camargo estava ótimo assim como Daniel de Oliveira e a Maria Flor.

    Série muito boa. Que venha o box e a segunda temporada \o/

  8. Caio

    Com certeza vai sair o box. E com edições maiores, não editadas, de 50 minutos cada. E não sabia que a crítica tinha se dividido. Só vi críticas excelentes.

    Só vi os dois primeiros episódios. Resolvi não baixar e esperar pra ver em DVD. Estarei nos EUA, vão me mandar pra lá, e vai ser uma delícia poder acompanhar uma produção brasileira com qualidade hollywoodiana lá.

    O maior avanço na globo, pelo menos pra mim, foi renovar pra mais uma temporada uma série baseado exclusivamente na qualidade e críticas ( Daniel Castro disse que a série terá mais uma temporada sim, mas talveznão em 2010 ). Não me lembro de uma série que acabou com uma audiência tão mal, e que teve um investimento tão grande, ter sido renovada.

  9. Caio

    Esqueci de comentar que assisti o episódio da canadense logo ao final do primeiro episódio brasileiro, e nem se compara. O roteiro é igualzinho, mas a produção brasileira é espetacular ( Além do elenco ser maravilhoso ). A série canadense é uma série, com orçamento médio, cenários modestos e nada de espetacular. Já a brasileira, é só assistir pra ver o cuidado que tiveram com tudo, e o dinheiro que deve ter sido gasto com uma produção excelente que nem essa.

  10. Regis

    A Andréa Beltrão estava fantástica… Mas quem ainda aguenta o Pedro Paulo Rangel?? É sempre o mesmo em qualquer papel…

  11. antonium

    pedro paulo rangel estava o mesmo e o felipe também a regina casé então…parecia ela falando da periferia no fantástico..destaque para dan stubach e a cecilia que conseguiram criar personagem com alguma conssistência e não ficar no “naturalismo”dos outros globais.a história parecia meio “apressada” por causa justamente da globo de “editar-para-caber-no-horário”.infelizmente sempre vai ser assim nas tv abertas:o ibope e o tempo/comercial são os verdadeiros diretores da tv aberta…

  12. Thomaz Jr.

    Eu adorei.
    Foi a melhor surpresa da minha summer season.
    Tomará que tenha segunda temporada.

  13. Rubens Fructuoso

    Nem parece as porcarias das novelas da Globo.
    E é bom assistir um programa com atores, não com Vitor Fasano, Duda Nagle, Bruno Gagliasso e outros “artistas”.

  14. Pedro Paulo

    Rubens, sensdacional vc citar os pseudo-atoers queridinhos da Glória… show!!!

    Felipe Camargo fez uma volta triunfal à tv.

  15. Olive

    Eu achei a série ótima! Uma verdadeira delícia e todo elenco estva incrível!
    Quem diz que a série só tinha atores conhecidos não viu a série. Além de Cecília Homem de Mello (excelente), teve:
    aquela dupla de atores do comercial da Brastemp.

    O Oswald Thomas também era interpretado por um ator que só faz pontas nas novelas.

    O crítico Barbaro (Ary França),faz pouca televisão.

    O Gero Camilo (o vigia), só faz cinema e teatro.

    Juliano Cazarré ( o namorado motoqueiro da Ellen), só fez cinema.

    A Crhis Couto (Maria)faz pouca televisão (mais como jornalista),

    Assim como são desconhecidos os atores e as atrizes que fizeram:

    a Milu,

    a primeira Ofélia

    e a secretária de Cultura,

    e o ótimo ator que fez o Macbeth substituto.

    Sem falar nos estagiários,

    a mulher da receita federal,

    o dramaturgo que tem um caso com a Ana,

    os atores da montagem de Hamlet que aparecem em flashback,

    A mulher misteriosa que prevê que Dante vai montar Macbeth,

    A irmã e o cunhado da Ellen,

    e muitos outros.

    Antes de criticar é melhor assistir.

  16. David de Carvalho

    Assisti só algumas partes, não tenho paciência pra ficar esperando um programa que começa em horários diferentes a cada dia.
    O pouco que vi pareceu ótimo mesmo.
    Se sair em DVD ou eu conseguir uma senha da globo.com pode ser que venha a ver inteira.

  17. Izadora

    Vou ser a minoria aqui…A temática desta série realmente não me agradou, o universo do teatro mostrado na série, de nenhuma maneira, fez c/ q eu me interessasse pela série, q eu achei bem chata. Pronto, falei! Já sei q vai ter um monte de gente me xingando mas tenho q dizer o q eu penso, independentemente de ir contra a maré.

  18. Rubens

    Izadora, você não vai contra a maré porque, como o proprio autor do review comentou, crítica e público ficaram divididos e a audiência do horario desabou (ou seja, um monte de gente nao gostou).

    Eu, particularmente, também não interessei pela tematica da série. Não assistiria nem a versão canadense, do mesmo modo que não tenho saco para assistir Brothers & Sisters e outras series dramaticas. Não é a minha praia. Prefiro coisas mais leves. Agora mesmo estou assistindo à serie canadense BEING ERICA e me divertindo muito, mas basicamente porque envolve viagens no tempo, a cada episodio a protagonista volta à sua adolescencia para tentar consertar uma coisa de errado que fez. Muito legal. Mas se fosse uma serie meramente para mostrar os romances e problemas pessoais de Erica, eu estaria fora. Não gosto desse tipo de coisa.

  19. Lis

    Bem, a verdade é que nada agrada a todos. Nem mesmo chocolate!!!
    Eu particularmente adorei! Pago tv por assinatura há alguns anos e atualmente assisto muito pouca coisa na Globo. Essa minissérie é muito diferente do que a Globo ultimamente tem produzido e eu deixei de assistir vários programas, privilegiando a série. E não me arrependi.
    Nem me lembrava mais do Felipe Camargo,e eis que ele ressurge perfeito no papel do apaixonado e descontrolado diretor. E o desabafo em forma de atuação que o vigia fez contando como foi parar no teatro, mostrando como ele escolheu ficar perto dos sonetos de Shakespeare, engraçado, simples e emocionante.
    Há muito, desde Os Maias, outra minissérie muito pouco vista, não assisto nada tão interessante.
    Espero a segunda temporada ansiosamente.

  20. Any

    Eu achei o programa muito bom. Andréia Beltrão estava sensacional assim como o Felipe camargo.
    E bem sou suspeita a elogiar já que gosto muito de Shakespeare e de todo o mundo do teatro.
    Espero que a segunda temporada mantenha a mesma qualidade.

  21. Camila Telcontar

    Eu amei a série, a muito tempo não vi algo dessa qualidade, a história é maravilhosa!!! a interpretação dos atores também, até a interpretação dos atores nas peças é muito boa!

    Mas a globo erra com as questões dos horários. Só pude ver depois, baixando, porque ninguém merece assistir a novelo, o programa de ter’;ca, o globo reporter, para esperar uma série maravilhosa.

    E que venha logo a segunda temporada.

  22. a

    Melhor minisserie que ja vi, uma pena que a globo desistiu da segunda temporada apenas por causa do ibope, se a globo colocasse som e furia em um horario decente seria um sucesso total.
    Obrigado Fernando Meirelles

  23. Sigiloso

    Na verdade a Globo só adiou a segunda temporada porque o Felipe Camargo esta fazendo novela na Globo. No site da O2 que produziu a serie, ate pouco tempo tinha noticias da segunda temporada… Eles estao fazendo agora um seriado chamado Brazucas (pra Globo) sobre imigrantes brasileiros no exterior. Tera a mesma qualidade de Som e Furia. PS: A nova temporada do Super Sincero – quadro do Fantastico tambem esta sendo feito pela O2 com cara de Som e Furia. Fonte: trabalho la, mas nao espalha… heehehhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account