Log In

Reviews

Leverage – The Broken Wing Job

Pin it
Série: Leverage
Episódio: The Broken Wing Job
Número do episódio: 5×08
Exibição nos EUA: 09/09/2012
98
4.9
1

Leverage investiu nessa temporada em alguns episódios que fogem ao formato mais corriqueiro do seriado. The Broken Wing Job é estrelado por Parker e os outros membros do grupo pouco aparecem. No episódio, Parker fica de molho no escritório porque rompeu os ligamentos no joelho enquanto os outros partem para uma missão em Tóquio, no Japão.

Parker é uma personagem muito singular e uma das mais divertidas da série. Ela adora acrobacias e escaladas e agora precisa ficar de molho em casa vendo televisão. O tédio de Parker já rende muitas risadas, mas ela descobre que a sua mega televisão acessa as câmeras de segurança do bar e começa a se divertir com seu próprio Big Brother. A diversão dura pouco e já vira trabalho, Parker descobre dois criminosos que estão planejando alguma coisa e se encontram todo dia no bar de Leverage. Definitivamente, escolheram o bar errado.

Quem ajuda Parker nessa aventura de muletas é a garçonete do bar, Amy, que na realidade é filha de um bilionário e o verdadeiro alvo dos criminosos. Adorei o ursinho de “melhore logo” que ela dá a Parker logo no início do episódio, ele acaba virando um personagem quando Parker começa a conversar com o ursinho (estilo Tom Hanks e Wilson em Náufrago). Outra referência foi à saga Harry Potter, Parker fez um feitiço tentando fazer um clonador funcionar: “Clônus Clonius”. Ri muito. Também não pude deixar de notar a famosa garrafa de refrigerante de laranja de Hardison sempre junto com o ursinho. Ah, a Parker socando os caras maus com as suas muletas foi demais.

A grande sacada do episódio é acompanhar Parker organizando e comandando uma missão em que ela precisa vencer uma dificuldade própria dela que é a de precisar da ajuda de outras pessoas. Além disso, Parker consegue fazer o bem para outros clientes que ela acompanha através das câmeras de vídeo da segurança do bar. O jeito que ela faz Amy organizar as mesas e os lugares que as pessoas vão sentar dá um toque genial na solução do caso. Parker consegue juntar o “Romeu” e a “Julieta”, programar dois policiais para estarem no bar no momento do possível assalto que na realidade era sequestro e ainda conforta o coração do médico que recém perdeu a sua esposa.

The Broken Wing Job foi bonito, diferente e criativo. Só achei falta de uma ligação dele com a linha central discutida nesta temporada que é o segredo de Nate e a possível aposentadoria do grupo. Agora, o negócio é aprontar mais pipocas, semana que vem Leverage apresenta sua Summer Finale com direito a episódio duplo com duas horas de duração. Depois de um início de quinta temporada abaixo do nível geral do seriado ficou para os dois últimos episódios a tentativa de Leverage fechar mais próxima do que foram as quatro primeiras temporadas da série. Estamos na torcida e, claro, preparando mais pipocas.

Lição do episódio: “Identifique suas limitações, converta-as em vantagens e adapte-se”. Eliot Spencer.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

1 Comment

  1. Pingback: Leverage – The Rundown Job e The Frame-Up Job

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account