Log In

Notícias

Legendadores: por trás dos caracteres que aparecem no vídeo

Pin it
Saiba quem são e como trabalham os grupos que fazem as legendas para os seriados que você baixa

A gente briga, reclama, discute. Às vezes, a gente até discorda delas. Mas, bem lá fundo, a gente não consegue viver sem as legendas.

Quando o episódio daquela série preferida vai ao ar nos Estados Unidos, nós, brasileiros, nos remoemos, querendo assistir também. Até chegar aos canais daqui, semanas se passam. Muita gente não consegue esperar tanto. Quem não tem TV por assinatura, também não quer saber dos canais abertos, que costumeiramente exibem as atrações em versões dubladas, já que “dublagem, nem pensar!”

Não vou dizer que todos que freqüentam o TeleSéries estejam de acordo, mas é verdade que muitos de nós não dispensamos uma boa legenda!

E, nesses casos, os episódios disponíveis na Internet, que são legendados por grupos “amadores”, costumam ser a solução de nossos problemas. Mas quem será que está por trás desses caracteres exibidos nas nossas telas?

The Walking Dead e Community
Por trás de séries como Two and Half Men, Grey’s Anatomy e Gossip Girl, está a equipe do Insubs, formada por membros como MatheusT (ele prefere ser identificado assim), de 18 anos. Ele está no grupo há dois anos e, apesar de não ter nenhum retorno financeiro, acredita que o trabalho valha a pena. Trabalho, não… Como ele mesmo define, esse é um hobby.

Fazemos isso por hobby. Nossa principal motivação é compartilhar nossas legendas com todos os usuários, poder proporcionar a eles uma fonte de lazer. Muitas pessoas não têm um nível de inglês suficiente para assistir séries sem legendas em português, então nosso trabalho serve de ajuda.

E para dar esse empurrãozinho aos fãs das séries, o InSubs conta com uma equipe de 30 membros. Para fazer parte do grupo, é preciso ter, pelo menos, nível básico de inglês. De resto, só boa vontade!

O estudante de Direito, Flávio, faz parte da equipe do SubsFreak, que legenda séries como CSI e Law & Order: Los Angeles. Ele também gosta de contribuir com os espectadores, mas as vantagens de ser um “legender” não param por aí.

Vale a pena, porque na legendagem, você melhora o português, melhora o inglês ou outro idioma.

Mas como esses grupos, organizados na Internet, trabalham?

Depois que um episódio é transmitido na TV americana, pode levar de horas até dias para que a versão legendada esteja disponível na rede. O tempo de trabalho depende de muitos fatores, como o número de pessoas escaladas para trabalhar no episódio e a disponibilidade de tempo de cada uma.

Matheus Munhoz, que integra a equipe do DarkSide (Modern Family, Glee), explica que, geralmente, um grupo de 4 a 6 pessoas legenda um episódio. O seriado é divido em algumas partes e cada “legender” fica responsável por uma delas.

Após a obtenção do episódio em inglês, séries de 40 minutos costumam ser divididas em quatro partes de 10 minutos e séries de 20 minutos, em quatro partes de cinco minutos. A maioria das séries tem, hoje, o closed caption em inglês, aquela legenda retirada da exibição na TV americana.

Modern Family e NCIS
Em seguida, o revisor reúne esses fragmentos e verifica possíveis erros de português, digitação e sincronia do texto e imagem. A legenda também deve se adequar aos padrões da equipe e atingir um número estabelecido de caracteres por segundo (CPS). Depois de feita a revisão, o episódio legendado já está disponível para download.

O processo é parecido com o trabalho de legendadores profissionais. É o que conta Marcelo Camargo, da Drei Marc, uma das maiores empresas de tradução e legendagem do país.

Depende do tamanho da série, do prazo para execução, mas, em média, cinco pessoas – entre tradutores, revisores e controle de qualidade – são escalados para legendar um produto.

Sendo assim, será que esses “tradutores nas horas livres” pretendem seguir a carreira profissionalmente?

O MatheusT, do Insubs, garante que não:

Eu não pretendo, pois tenho outros planos para a minha carreira profissional.

Já Flávio, do SubsFreak, não descarta a idéia:

Nunca pensei nisso. Talvez.

Supernatural e The Big Bang Theory

Quem já está no mercado profissional de legendagem, incentiva a entrada desses jovens. Sabrina Martinez começou a trabalhar na área em 1994, quando foi aprovada em um processo seletivo para legendadores na Globosat. Hoje, ela é uma das diretoras da Gemini Media, que presta serviços para a TV Globo e Rede Record.

Eu vejo com muito bons olhos o trabalho de legendagem amador, pois ele pode servir como porta de entrada para a profissionalização dos tradutores.

Entretanto, para integrar uma equipe profissional, é preciso mais do que boa vontade e algum conhecimento de inglês.

O bom legendador deve ter noção de timing, ritmo e linguagem cinematográfica, saber sintetizar, ser capaz de se adaptar a novas tecnologias e de trabalhar com prazos muito curtos, ou seja, tem de ter agilidade para tomar decisões rápidas.

E mesmo Sabrina, com tantos anos de experiência, sabe reconhecer as dificuldades da profissão.

Para mim, o mais difícil é tentar sintetizar a idéia do original em poucos caracteres, perdendo o mínimo de informação possível.

Podemos dizer que esses legendadores, profissionais ou não… dispensam legendas!

Séries citadas:

É jornalista formada pela Unesp e pós-graduanda em Gestão Cultural. No TeleSéries, escreve mensalmente a coluna Estilo. Aficionada pelas histórias de terror, sobrenaturais e de mistério, também não dispensa aquela comediazinha romântica... Pushing Daisies, Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Riget, Lost in Austen, Wonderfalls, Samantha Who?, Copper, Harper's Island e Hannibal estão entre suas séries preferidas de todos os tempos! :)

29 Comments

  1. Mikee

    Gosto muito do trabalho dos legenders, muitas vezes as legendas que eles fazem, é melhor q a passada no “original”.

  2. Pingback: Tweets that mention Legendadores: por trás dos caracteres que aparecem no vídeo -- Topsy.com

  3. Giovanna

    Muito massa a materia!!!

    Tem gente que fica combrando as legendas incessantemente, como se os legenders n tivesse vida.

    Mas como proprio Matheus fala é um hobby.

    Mas mesmo sendo um hobby tem regras e prazo. As vezes acontecem problemas e a legenda atrasa, mas fazer o que. N podemos prever compromissos de faculdade, trabalho.

    Tem gente que faz legenda de madrugada soh pelo prazer de legendar. De ver se nome nos creditos.

    E falar pow ajudei nesta legenda que muitas pessoas vão baixar para compreender melhor o episodio.

    É muito legal esta sensação.

    Quanto a sintese que vc fala. Na legenda “amadora” tbm tem de ter isso, pois geralmente se pode usar no maximo 32 caracteres e 20 cps.
    Assim, acho q é mesmo na amadora n é soh ingles basico e boa vontade. Sei que tem o cc, mas mesmo assim tem de ter um pouco mais que basico de ingles. Tem coisas que vc tem de entender sacar / ver o contexto. Simplesmente colocar no tradutor do google n vai te ajudar em nada.

    E como muitas vezes o tradutor tbm sincroniza. Ele/ela tem de ter saber de sincronia para ajudar se adequar as regras das equipes e ajudar a revisor dando assim o minino de trabalho ao revisor e permitindo maior agilidade na conclusão/liberação da legenda.

    É isso ai.
    Muito legal a materia.
    É legal ver as pessoas valorizando um trabalho que mesmo sendo amador tem muita qualidade.

  4. Anônimo

    Há um tempo atrás reclamei das legendas do canal Liv na serie Hawaii Five-O, estavam atrasadas sem sincronia, no dia desisti da serie. Alguém comentou sobre o trabalho dos legenders amadores, que muitas vezes fazem um trabalho bem melhor que os profissionais e por simples hobby.

  5. Vilani

    Eu sou fã dos legenders, conheço mais o trabalho do Insubs e do Darkside.
    E adoro quando eles fazem uma gozação no meio da legenda. Se não me engano, foi uma vez no meio
    de um episódio do House ou do Lie to me? que uma mulher fala: Eu só quero ser feliz, e eles inseriram entre parenteses: viver tranquilamente na favela onde nasci… morri de rir. Adoro qdo fazem isso

  6. Cassius

    O trabalho desses legenders é ótimo! Muitas vezes bate a legenda profissional… Eu fico muito irritado com o pessoal que não respeita o tempo e o trabalho deles, não agradecendo e sempre querendo a legenda do episódio pra ontem!

  7. Matheus

    Ser “legender” é uma experiência bem legal que envolve não só expansão de inglês ou português, mas também o conhecimento de outras culturas. Tem muita coisa que temos que pesquisar, e quando pesquisamos, não esquecemos mais (ou esquecemos :p)
    Parabéns pela reportagem :)

  8. Zumiro

    Apoiado. No Brasil para fans de séries (o cocô do cavalo do bandido – eu incluso!) os legenders são a salvação da lavoura.
    Longa vida a eles… MORTE AS OPERADORAS DE TV POR ASSINATURA E CANALECOS DE SERIERS DESFIGURADOS

  9. Bia mafra

    To com a maioria, os legenders sao, muitas das vezes, melhores do que o oficial. eu cito uma cena do friends que eu duvido que um legender, por pior que fosse deixaria passar (monica fala food, e traduzem pé, ta, eu sei que a fonetica eh parecida, mas apareceu um prato de comida na cena) porque fazem porque gostam, nao so para ganhar o dinheiro no fim do mes, e das series que gostam. ai uma certa defesa para os oficiais, afinal, deve ser horrivel ser obrigada a ver alguma coisa que nao goste e traduzir.

  10. Henrique

    Cara, você é o legender de Supernatural, o @Finovsk? Te admiro muito!

  11. Andrea

    Um grande abraço e parabéns a todos que emprestam seu esforço para que outros, geralmente desconhecidos (e alguns chatos apressadinhos hahaah!), possam ver ‘ontem’ suas séries. Me aventurei em legendar entrevistas de música e só amando muito o artista pra traduzir, revisar, escrever e sincronizar! Ufa!

    Só queria que alguém me dissesse como há tantos problemas no Liv, A&E e no Warner (cedilhas, exclamações, os eternos acentos que ‘comem’ letras) se a legendagem é tãããão profissional…? Fora os ‘hispano-falantes’ que ACHAM que sabem português e inglês e na verdade falam é nada, não é mesmo, HBO e E! ?

  12. Anônimo

    Eu também quero deixar registrados minha gratidão e meu amor eternos e incondicionais aos legenders. Também adoro os comentários entre parênteses que alguns fazem de vez em quando.

  13. Patricia Yamaguti

    Admiro muito o trabalho desses legenders! Uma época até fiz algumas legendas pro E.R., de algumas temporadas antigas, sozinha, e deu um trabalho do caramba! Acabei parando de fazer isso por falta de tempo, mas acho muito legal esse trabalho…

    Continuem assim legenders, graças ao esforço de vocês, muitos de nós não dependemos tanto da maldita TV paga!!!

  14. Nicole Odelfim

    Amu esse trabalho d legenders brigada pelu pessoal q legenda as series Um grande abraço e parabens a todos i brigadu mais uma vez.

  15. Anônimo

    Legendar é muito legal mesmo. Extremamente trabalhoso, mas dá um prazer que não sei descrever. Comecei ano passado e cada vez pego mais séries. É um vício haha.

  16. Guilherme Rodrigues

    sabe… haha as vezes eu penso se os legendadores profissionais nao pegam emprestado nossas legendas pra dar uma agilizada no trabalho deles… sabe… haha
    _____________
    sou um dark legender (Coxinha) da Darkside @guilhermee_r

  17. Vicki Araujo

    Faltou falar dos Ghostfacers, que fazem a legenda de Supernatural (só p puxar a sardinha pro lado dos meus amores) Beijo! Pra quem gosta, sigam @EquipeGF

  18. Marfithe

    legendas ”amadoras” são ótimas e ricas em detalhes. Já viram a da MTV? É horrível eles tiram todos os detalhes e só deixam o suficiente, como: -ela é minha melhor amiga, MTV: ela é minha amiga.

  19. Leug

    Vou ser um pouco radical e dizer que nossas legendas são melhores do que as “profissionais”. Nosso timing é melhor, as traduções e revisões também. Com raríssimas excessões, quem baixa legendas das equipes sérias de legendagem, encontra erros como falas sem legendas, legendas atrasadas, fora de sincronia…erros muito comuns e irritantes vistos comumente nos canais que pagam estes profissionais.Sem falar das cópias, quando nossas legendas são copiadas e usadas pelos profissionais pagos….e nem dão os devidos créditos.
    Outra coisa, é que com somente e inglês básico e boa vontade, o trabalho não sai bem feito.
    Precisa de muita dedicação e muito conhecimento de inglês. Já fiz várias revisões de legendas na minha equipe, onde era melhor ter eu mesmo começado do zero. Levaria menos tempo….
    Como o inglês é uma língua viva, está sujeita e alterações, com novas gírias e palavras sendo inseridas no cotidiano quase que diariamente. Sem um bom diretório de dicionários especializados, não sai legenda boa.
    Enfim, a dedicação tem que ser total.

  20. Kelina

    Eu só tenho a a agradecer a essas almas boas que dedicam parte de seu tempo para colocar a net episódios de séries que amamos. Sem eles, pessoas como eu que não sabe inglês, não tem tv a cabo, ficariam a mercê do parco interesse dos canais abertos em mostrar os seriados na íntegra ou em horário decente. A todos vocês que baixam, legendam,sincronizam e upam, meu muito obrigada!

  21. Bugfinder

    Desculpem ser uma voz dissonante dentro da unanimidade. Mas eu abomino com todas as forças o termo “legender”. Querem ser chiques e inventam uma m* dessas. Ou é legendador ou subtitler. Mas “legender”? É o cúmulo do ápice do ridículo. Lamentavelmente, esse termo já grudou e os novatos ficam se coçando de ansiedade para serem aceitos entre os grupos “legender”. Triste situação… Acho ótimo a prestação de serviço que fazem, não me entendam mal: meu problema é com o termo que cunharam para se autodescreverem, e com a insistente autopropaganda no início das legendas. Se eu fizesse parte de algum grupo, não poria de forma alguma meu nome de guerra no início da legenda. Talvez nem sequer pusesse na própria legenda, só num arquivo anexo. Acho terrível ficar se autopromovendo por causa desse serviço. Bom, é só isso o que eu tinha pra “rabugentar”.

  22. lilian

    ola, gostaria de saber se alguem tem em media, os valores que sao cobrados por legendadores ? como se cobra isto? por lauda? por script?…por favor se puderem me ajudar a saber isto….

  23. Regi

    Eu sinto que estou mais íntima da série, quando vejo o nome dos legenders na tela, por que parece que mais gente está curtindo aquilo com você. E fica super legal quando eles inserem os comentários deles no meio da legenda.
    Parabéns a todos.

  24. Wender Silva

    boa noite sou estudante da universidade de são paulo, estou fazendo um trabalho sobre essa galera que fazem legenda, preciso de um entrevista, pode ser online para mostrar um pouco desse trabalho que muitos desconhecem.Quem puder ajudar com algum contato ou alguém que esteja disposto a nos dar uma entrevista explicando para nós seria de grande ajuda meu e mail spwender@gmail.com 

  25. Lucy Rodriguez

    Bugfinder,
    Seu texto já tem um tempo mas acabo de ler e bem… vc tem o direito de não gostar do termo, porém, acho interessante esclarecer que isso é um fenômeno natural da língua chamado neologismo estrangeiro, ocorre em todas as línguas em todas as épocas da humanidade, pois que todo idioma é um organismo vivo em constante transformação, para um aprofundamento do que quero dizer, recomendo a leitura dos livros de Marcos Bagno um perito no assunto e muito respeitado na Academia, em suma, meu desejo é esclarecer que o termo “legender” não está errado, é uma nova expressão que surgiu naturalmente entre uma comunidade. Quanto aos créditos, bem, não vejo qual o problema, todo mundo tem o direito de assinar seu trabalho, isso serve só para inflar egos ao contrário do que muitos pensam, mas autopromoção e divulgação pode ajudar muito uma pessoa no mercado profissional, o que, todos nós sabemos, está bastante difícil de se conseguir estabilidade em qualquer área, por isso, todo esforço é válido. Sim os legenders fazem por hobby e lazer mas unir o útil ao agradável é uma atitude muito bem vinda, afinal, um autor de livro, por exemplo, não pode alcançar grande sucesso se não tiver um nome associado ao seu trabalho.
    Ademais, estou contigo na admiração à esses verdadeiros profissionais voluntários ;)
    Um abço!
    LucyMystika.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account