Log In

Reviews

Law & Order: Special Victims Unit – Locum

Pin it

Law & Order: Special Victims Unit - Locum
Série: Law & Order: Special Victims Unit
Episódio: Locum
Temporada: 12ª
Número do Episódio: 12×01
Data de Exibição nos EUA: 22/9/2010
Data de Exibição no Brasil: 9/11/2010
Emissora no Brasil: Universal

SVU is Back and so Do I.

Com uma frase a La Horatio Cane essa coluna retorna com os reviews de Law & Order SVU e sua 12ª temporada. YEAHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Peço desculpas pela minha brincadeira acima mas o meu bom humor exacerbante anda difícil de conter, mas prometo que tentarei me controlar. Posso afirmar que se me falta tempo pra continuar com os reviews, de outro lado me sobra disposição e bom humor pra continuar a escrever, afinal acredito que sempre dá pra se dar um jeitinho de arrumar um tempinho pra fazer aquilo que gostamos.

Confesso que essas férias prolongadas já estavam me deixando desanimada. Queria episódios inéditos, voltar a escrever e a interagir com vocês leitores do TeleSéries, que comentam, debatem e me prestigiam com as suas opiniões. Espero que continuem expondo suas opiniões sobre a série, os episódios, os textos e sobre mais tudo aquilo que quiserem com o mesmo respeito e inteligência exposto aqui anteriormente. Resumindo: Bem vindos de volta.

Na estréia de sua 12º temporada SVU mantém a velha fórmula com temas polêmicos e, é claro muitos convidados especiais. Lembrando que o Emmy desse ano de melhor convidado especial foi pra Ann-Margret por sua performance no episódio Bedtime (11×18). Emmy mais do que merecido para atriz que interpretou Rita a alcoolatra sem um pingo de amor próprio que salvou um dos mais fracos episódios da temporada passada.

Locum, o episódio de estréia dessa nova temporada, marcou a mudança definitiva de horário da série nos EUA que passou a ser exibida às 21h, enquanto a sua companheira estreante de franquia Law & Order:Los Angeles é exibida em seguida às 22h. Locum registrou audiência de 9,68 milhões e 2.9/8 no rating 18=49, ficando em 4º lugar nesse horário. Mais uma vez o horário das 21h, como aconteceu na primeira metade da temporada passada, derruba a audiência da série, mas não acredito que a emissora vá voltar atrás de novo em relação a horário. Visto que L&O:LA se estabeleceu no horário das 22h e já garantiu uma nova temporada, enquanto SVU vê em sua 12º a sua provável última temporada.

Na premiere, vemos os detetives Benson e Stabler investigando o desaparecimento de uma menina de 10 anos, possivelmente raptada dentro de sua própria casa. O começo da investigação revela que outra filha do casal haveria sido sequestrada quando tinha a mesma idade, há exatos seis anos atrás. Kevin (Peter Strauss) e Pam (Joan Cusack), os pais da criança, demonstram comportamento extremamente protetor, não deixando que a jovem Mackenzie (Bailee Madison) fizesse nada sem a supervisão deles, o que acaba levando os detetives a pensarem que a menina poderia ter fugido de casa devido ao comportamento deles. Fato que acaba sendo confirmado, levando a equipe ao encalço da menina e seu possível amigo em uma estação de trem.

Erik Weber (o bonitão Henry Ian Cusick), o suposto amigo de Mackenzie, é preso e em seu interrogatório explica que apenas estava tentando ajudar a convencer a pobre menina a voltar pra casa. E eu pergunto, afinal todos eles não estão sempre tentando ajudar uma criançinha em perigo? Estranho vai ser quando não estiverem. Munch e Fin, que finalmente resolveram aparecer em um episódio, tentam interrogar Mackenzie, mas a garotinha assusta qualquer ser humano com aquele comportamento agressivo e um pensamento muito adiantado pra uma garota de 10 anos. Eis que a mãe super protetora resolve entrar na jogada e pedir que a menina seja interrogada por Olivia, deixando o pobre Erik com o coração em pedaços por não poder mais ser interrogado pela linda e solteira detetive Benson. Olivia tenta interrogar Mackenzie, mas a única coisa que consegue além de um monte de foras da menina é a informação de que a mesma é filha adotiva do casal.

Como o bom e velho SVU, a história tem uma reviravolta e descobrimos que o homem com que Mackenzie conversava pela Internet era o seu pequeno irmão adotivo e que a história toda de fuga ocorreu porque a menina estava com saudades dele. E é aí que começa uma nova história e que eu paro e penso que reviravoltas são legais mas que a série anda abusando delas.

Law & Order: Special Victims Unit - Locum
Na segunda parte de Locum, além de ser chamada pra sair pelo agora inocente Erik, Olivia também descobre um pedido de socorro de Mackenzie pra ela, em que a menina afirma estar sendo abusada pelos pais. Nessa hora eu me pergunto porque em toda temporada os produtores insistem em tentar arrumar um namorado pra Olivia? Não que eu não queira um final feliz pra ela, mas a personagem é tão solitária, complexa e reservada que não consigo vê-la numa relação saudável e feliz a longo prazo com ninguém. Ao meu ver, o dia em que a Olivia conseguir superar os motivos obscuros que a levaram até a unidade de vítima especiais, vai ser o dia em que ela vai conseguir se relacionar emocionalmente com outra pessoa e ao mesmo tempo abandonar a carreira na unidade. Olivia Benson é o tipo de pessoa que não consegue ser feliz porque acha que não merecer ser feliz, é uma das essências de sua complexa personalidade.

Voltando ao episódio, a detetive, preocupada com o bem estar da menina, programa uma visita de uma assistente social a residência dos Burtons. Em dois minutos sozinha com a menina, Olivia descobre que a mesma possui um chip implantado em sua pele que permite descobrir a exata localização da criança. Sério mesmo? Chip de localização implantado em seres humanos com todos os seus dados pessoais e médicos? Isso não seria uma violação da privacidade? O simples pensamento de achar que isso talvez poderá vir a ser verdade, já me da arrepios.

No curso da investigação, passa a ser claro que Pamela, a mãe da menina, é paranóica – não só pelo fato de fazer a atual filha adotiva se vestir e ser fisicamente igual a sua filha legitima (submetendo a menina até a uma cirurgia plástica no nariz), como também pelo fato de acreditar que a sua filha Ella foi sequestrada por uma menina ruiva que aparentemente nunca existiu. Pam pode ser paranóica, mas sua insistência de que a filha está viva em algum lugar mantém o caso aberto, e convence a unidade a pesquisar mais a fundo a história do desaparecimento. Munch e Fin encontram o fotógrafo que havia feito fotos de Ella 10 anos antes, um dia antes dela ser sequestrada, e isto acaba levando a policia até a tal ruiva que sequestrou Ella. A menina de apenas 13 anos na época conta que foi obrigada por seu pai a trazer Ella pra ele, para que se tornasse sua nova esposa. No final, Olivia consegue prender o pedófilo e devolver Ella a seus pais, deixando a pobre Mackenzie com o olhar mais perdido que uma criança poderia ter, ao perceber que no abraço que seus pais dão em Ella que naquela casa possivelmente não existe mais lugar pra ela.

E o pior de tudo, por mais absurdo e irreal que esse episódio possa ter parecido, essa história toda é verdade. Locum foi baseada nos fatos reais da história do seqüestro de Jayce Lee Dugard. E eu me pego pensando, quando foi que o Mundo se tornou tão errado e sem princípios? Pena que não tenho resposta pra essa pergunta.

Boa semana a toda e até o próximo review.

Séries citadas:

11 Comments

  1. Renata S. Braga

    Que bom que voltou Amanda, seja muito ben-vinda. Bom review,concordo com tudo que você mencionou especialmente no que diz respeito à Olívia. Ou eles tentam arrumar um namorado para ela ou voltam a bater na mesma tecla, ou seja, a possibilidade de um romance entre ela e o Elliot e francamente isso já deu o que tinha que dar faz tempo. Fora isso eu gostei do episódio, é a svu de volta e eu também estava com saudades.

  2. Fernando dos Santos

    Esse episódio teve reprise no final de semana?Eu procurei na grade da SKY e não consegui encontrar.

  3. Leticia

    O estranho nessa história é que eu pensei em implantar um chip desses nos meus gatos.

    Pais pirados, episódio muito bizarro.

  4. Amanda Darling

    Fernando

    SVU agora reprisa o inédito da semana no Domingo as 22:30 hs.

  5. Marcia

    Adorei o retorno de suas reviews, que fizeram muita falta!
    Eu achei um ótimo episódio, ainda mais pq o episódio final da última temporada foi um desastre.

    Mas eu só discordo de vc qndo vc disse que o olhar da Mackenzie no momento do abraço dos pais na irmã sequestrada significava que não haveria mais lugar pra ela na casa. Mas eu senti que aquele olhar era mais de alívio, como se ela pensasse: “agora as coisas vão melhorar nessa família”.

  6. Cleide Pereira

    Amanda que ótimo o seu retorno o/
    que saudades
    adoro ler o seu reviews por :
    a – simplesmente vc adora a série
    b – sempre encontrar informações sobre a série com o olhar bem peculiar seu
    c – ser o melhor review de SVU

    como eu tinha comentado nos Destaques …. me deu medo aquela menininha O.O
    essa temporada está tensa

  7. Fernando dos Santos

    Obrigado, Amanda.Vou assistir o episódio 2 da nova temporada no próximo domingo e torcer pra que o Universal Channel faça logo uma maratona com os primeiros episódios da temporada e então eu possa ver Locum.

  8. Fernando dos Santos

    Eu li em outros sites que a partir de janeiro SVU volta para o horário das 22 horas na NBC.Suponho que com isso, L&O:Los Angeles vá para as 21 horas.

  9. Amanda Darling

    Renata

    Concordo com vc, esse negócio de insistir que existe um clima romântico entre o Elliot e a Olivia ja deu o que tinha que dar mesmo. Os produtores tentam jogar essa história desde o começo da série, mas nas duas ultimas temporadas isso virou praticamente roteiro obrigatorio nos episodios, fazendo com que os episodios fiquem forçados em certo ponto devido a essa insistencia de colocar alguma cena no meio do episodio sugerindo que existe um algo a mais entre eles. Já deu né ? SVU não é novela pra ficar nesse vai ou não vai.

    Marcia

    Primeiramente obrigado pelo gentileza. Quanto a cena da Mackenzie no final, a interpretação da atriz mirim foi tão perfeita, que eu achei que essa cena poderia ser interpretada de mais de uma forma. No começo quando vi a cena, pensei a mesma coisa que vc, mas devido ao comportamento revoltado da menina com os pais ao longo do episodio, interpretei que ela se sentiu perdida pela possibilidade de agora perde-los com a volta da filha deles legitima.

    Cleide

    Muito obrigado pelos elogios. Essa temporada de fato está tensa e o melhor está apenas começando.

    Fernando

    Não fiquei sabendo dessa possibilidade de SVU voltar ao antigo horário, mas acredito que seja possivel sim, pois pelo que vi em indice de audiencia dos ultimos episodios de L&O:LA, a audiência da mesma ta despencando aos pouco e consequentemente levando SVU junto devido a troca de horário. Então acredito que pra não perder em audiencia com as duas séries, a NBC resolva voltar com SVU pro horário das 22:00 hs, pra pelo menos tentar salvar uma delas.

  10. Luiza Guthier

    Gostei muito do ep. e fiquei muito chocada com a história,saber que ela se baseia em um fato real só me deixa mais estarecida.Como sou muito otimista e amo momentos de felicidade,acho muito legal a Olivia namorar alguém,principalmente se for um bonitão.Seguindo mmeu pensamento otimista,tambem interpretei o olhar da Mackenzie no final,como um olhar de esperança,numa família mais tranquila,onde todos teriam de dar muito carinho a filha que retornou,inclusive ela.

  11. Cliaguedes

    Somente hoje estou comentando esse episódio porque somente agora redescobri o Teleseries. Gostei do episódio, aquela história do ship parece terrível mas, se levarmos em conta que aquela mãe vivia há anos torturada com o desaparecimento da filha biológica, é aceitável e compreensível esse monitoramento, pelo medo de perder um outro ente querido. Os pais da garota Joan Cusick e Peter Strauss estiveram fantásticos e a garota, a Mackenzie foi simplesmente maravilhosa. Ela é uma grande atriz e já participou de um filme recentemente, não me lembro o nome agora, ao lado de uma atriz consagrada. Ela tem uma carreira promissora pela frente. Sobre o que foi dito em relação à Olívia eu devo estar interpretando tudo errado. Senão vejamos. Primeiro todo mundo sabe que a Olívia foi para aquela Unidade porque é filha de um estupro e ela se identifica com as vítimas.Não acho que os produtores estejam tentando arrumar um namorado para a Olívia.Se assim fosse eles já tinha colocado um romance na vida dela. Seria tão simples e normal, afinal ela é solteira e de quebra ainda é bonita. Já assisti todos os episódios de SVU e nunca vi, em nenhum momento, em nenhum episódio, qualquer alusão a romance entre ela e o Eliot. Essa idéia só existe na cabeça dos shipers.Também não concordo que ela não seja feliz. Olívia Benson é minha heroína predileta exatamente porque ela é solteira e não pede desculpas por isso. Ela não se envergonha de ser solteira. E quem foi que disse que ela é solitária. Conheço mulheres casadas , que tem marido e filhos e sofrem de solidão. A Olívia é uma workaholik, ela é casada com o trabalho, por opção. Mas ninguém sabe de sua intimidade, de sua vida pessoal. Acho que ela sabe o que quer da vida e se deu um fora no Eric foi porque não gostou dele. O que eu espero dela sempre é sua luta em prol das vítimas. Isso é o que faz dela um grande personagem. E foi bom ve-la sorrindo. Ela sabe do seu fascínio e usa isso em prol do seu trabalho. Grande Olívia Benson, esse personagem já está na história da televisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account