Log In

Reviews

Last Resort – Eight Bells e Voluntold

Pin it
Série: Last Resort
Episódio: Eight Bells e Voluntold
Número dos episódios: 01x03 e 01x04
Exibição nos EUA: 11/10 e 18/10/2012
99
4.9
1

Eight Bells foi um episódio que a meu ver deixou cair um pouco a qualidade dos dois primeiros, ainda assim, não foi nada que comprometesse a série. As boas notícias ficam por conta de que a ABC encomendou novos episódios para Last Resort, o que nos dá expectativa de continuidade, ainda que a audiência siga caindo.

O foco aqui foi a guerra paralela que os marinheiros terão que enfrentar com Julian Serrat, o manda chuva da ilha. Parece que os tripulantes do U.S.S Colorado tem muito mais com que se preocupar do que imaginam neste primeiro momento.

Além dos problemas com Julian que raptou três marinheiros, o outro foco do episódio foi a história de Kylie em Washington. Ao invés de as coisas se resolverem, cada vez aparece mais complicadores e dúvidas nessa história, o que dessa vez ficou a cargo da aparição do pai dela. O foco nela certamente é porque ela é a única que parece poder desamarrar a teoria da conspiração que envolve toda a história.

Na corrida contra o tempo para salvar os três prisioneiros tivemos muitos momentos de ação e forte emoção, e, mais uma vez a história não caiu no clichê de apelar para o mais fácil. Além de Cortez ter sido estuprada – o que foi duramente cruel – Brannen ainda teve que escolher entre ela e Red para morrer, e acabou optando pelo último. Isso acirrou os ânimos na ilha e elevou a temperatura da guerra.

O ritmo do episódio é sempre bom porque tem muitas histórias paralelas acontecendo, mas isso segue me deixando confusa. Além do já citado, Eight Bells desenvolveu as tramas de Tani e King, que estão cada vez mais próximos e de Sophie e Kendall. Eu estou dividida. Não sei se shippo o Kendall com a Sophie ou com a Grace. Mundo cruel. A pobre da esposa que ficou em terra firme eu nem cogito. Teve também a libertação de Prosser. O cara é insuportável, mas parece ser importante no submarino, senão não teria sido libertado por Chaplin.

Voluntold voltou a subir o nível e trouxe a tona outros momentos dramáticos para os tripulantes do U.S.S Colorado. O clima fica mais tenso entre a tripulação fazendo com que muitos ameacem causar uma rebelião contra Chaplin, que começa a ser organizada a mando do Secretário de Defesa e executada por alguns dos marinheiros. Alguns se mantém fiéis ao Capitão que opta por possibilitar com que os que quiserem deixem a ilha. Muitos acabam tomando essa decisão.

A situação se agrava quando Brannen, extremamente confuso por ter escolhido Red para morrer acaba pegando uma granada e ameaça explodir o submarino. O Capitão mais uma vez dá um show e acaba revertendo a situação por meio de um grande discurso, fazendo com que alguns inclusive mudem de posição e resolvam ficar no submarino.

A situação em terra firme se agrava e a esposa de Kendall começa a ser perseguida pelos jornalistas e pela população que acusam os marinheiros de traírem a nação. Achei interessante mostrarem também esse lado da história que andava esquecido. Confesso que senti até um pouco de pena dela. Ainda não sei se desconfio do advogado amigo do Kendall ou se shippo os dois. Só sei que ele ainda vai ser importante na história.

Gosto cada vez mais da Grace. Achei muito legal ela usando o próprio corpo de escudo para proteger Chaplin em uma atitude heróica.

Outros fatos que merecem destaque em Voluntold sao o papel de Sophie, que parece saber muito mais do que pensávamos originalmente. Ela já mostrou de que lado está quando deixou de acompanhar a família para ajudar os tripulantes e agora mostra novamente quando engana Julian sobre os minerais existentes na ilha. E a trama que envolve os tripulantes do outro submarino que foram resgatados pelo U.S.S Colorado. Quais são os mistérios envolvendo eles? Foi emocionante a cena do King enterrando o amigo.

A coisa ainda vai esquentar muito e uma guerra nuclear parece eminente. Estou ansiosa pelos próximos episódios e pelas guerras paralelas que não param de aparecer para os marinheiros combaterem. Parece que ainda tem muita dificuldade pela frente…

Séries citadas:

Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Não esconde sua paixão por reality shows, sendo fã especialmente de The Voice, Survivor e The Amazing Race. Suas séries preferidas são Friday Night Lights e The O.C, mas também nutre um profundo amor por Friends e Sex and the city. Atualmente assiste Orphan Black, Orange is The New Black, Broadchurch, Faking It, Girls e Nashville... Suas paixões mais recentes são The Affair, How to Get Away With Murder e Scandal (cujas 4 temporadas completas assistiu em apenas 20 dias).

Website: http://www.assmanncomunicaçãoestrategica.wordpress.com

2 Comments

  1. biancavani

    Não entendo por que a série vem perdendo audiência… só me ocorre que seja porque o grande tema da história é um tanto chocante aos americanos. É evidente que existe uma conspiração do mal no governo, que foram esses bad gays que maquinaram a ordem para jogar umas bombinhas nucleares (bem básicas, quase não tão letais, rs) no Paquistão, que o presidente e a boa gente americana tá fora dessa sujeira, etc. Mas, ainda assim, mandar aquele missil para Washington deve ter impactado demais as pessoas em geral por lá.
    Bobinhos, no fim tudo vai dar certo, Chaplin acabará salvando os USA, herói, medalhas (talvez até uma estátua, rs).

    Puta ator, esse Andre Baugher! Ele interpreta magistralmente a personagem esmagada pela decisão que tomou, pela situação insustentável que está, pela responsabilidade pela vida dos subordinados… e no entanto, mostrando autoridade e nobreza.

    Muito interessante também a abordagem do tema da hierarquia militar (por definição, obediência irrestrita ao superior) e os dilemas que daí decorrem. Muito boa mesmo, não me lembro de nenhuma outra série que tenha levado tão a fundo esse tema.

  2. Gabi Assmann

    Concordo, Bianca. Só pode ser por isso que a série anda tão mal na audiência. Eu gosto bastante de Last Resort e acho uma pena caso não garanta temporada completa. Talvez acabem acelerando as tramas com o Perseus pra ver se a audiência sobe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account