Log In

Reviews

Last Resort – Damn the Torpedoes e The Pointy End of the Spear

Pin it
Série: Last Resort
Episódios: Damn the Torpedoes e The Pointy End of the Spear
Número dos episódios: 01x11 e 01x12
Exibição nos EUA: 10/01/2013 e 17/01/2013

Estes dois episódios que preparam para o episódio final foram, em minha opinião, bem abaixo da média da série. A impressão que fica – e que provavelmente é correta – é que era muita história pra resolver em tão pouco tempo.

Após a suposta morte de Christine o XO Sam está inconsolável e perdido. Ele não sabe mais o que fazer e nem que lado do conflito tomar. Pela primeira vez ele começa a questionar as ordens do Capitão e alia-se ao Prosser e aos outros marinheiros para organizar um motim.

Ainda em Damn the Torpedoes tivemos uma cena muito tensa. Cortez, a agente da CIA infiltrada no USS Colorado se dirige à cabine do Capitão Chaplin com ordens expressas para matá-lo. Eu estava apreensiva e não sabia qual seria a decisão que ela tomaria. Tudo podia acontecer, mas Chaplin com todo seu poder de persuasão convenceu Cortez a juntar-se a ele. Eles ainda procuraram explicar as razões dela para ser agente infiltrada fazendo com que não odiássemos tanto a personagem.

Por mais contraditório que possa ser um golpe de estado achei brava a postura da Kylie e de todos que estavam ajudando na articulação do golpe. Mostraram-se humanitários e não somente patriotas, pois a postura que os EUA estavam tomando afetavam o mundo todo. Assim como a articulação do golpe que estava sendo mostrada no 1×11 e se estendeu pro 1×12, também vemos a China descobrindo sobre os minerais.

The Pointy End of the Spear foi um pouco melhor, mas ainda assim ficou abaixo da média. Achei um episódio muito recheado de acontecimentos e ainda assim muito arrastado. Saudade daquela ação que ocorria em alguns episódios anteriores.

Este era o episódio onde o golpe de estado deveria se efetivar e tudo estava correndo para isso, mas algo deu errado. Ainda não sabemos o quê, mas tenho a sensação de que o pai da Kylie pode estar envolvido nisso.

Um conflito armado parece estar se instaurando na ilha. Junto com o Capitão Chaplin fica apenas Grace e acredito que James, que disse que estaria do lado dela. Já do lado dos que estão organizando o motim tem grande parte da tripulação, Sam e como se não bastasse tudo isso ainda o reforço de Serrat que tem interesse direto nisso.

Em meio a tanta confusão os roteiristas ainda conseguem encontrar espaço para os romances e festas na ilha e promovem o retorno de Tani que foi pra lá de breve, já que ela pretendia levar James com ela, mas ele se recusa e também uma disputa entre Serrat e Sam para ver quem vai ficar com Sophie.

A tensão final fica por conta do estuprador que consegue render Grace e tomar o poder do USS Colorado. A season finale ainda tem muitas coisas para responder e promete surpresas. Quem ficará do lado do Capitão Chaplin? Os tripulantes conseguirão retornar para casa? O que motivou todos esses acontecimentos? Kylie conseguirá escapar viva e ilesa? E Christine?

Enfim, aguardo a season finale e espero que ela honre os melhores episódios da curta, mas ótima temporada de Last Resort.

Séries citadas:

Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Não esconde sua paixão por reality shows, sendo fã especialmente de The Voice, Survivor e The Amazing Race. Suas séries preferidas são Friday Night Lights e The O.C, mas também nutre um profundo amor por Friends e Sex and the city. Atualmente assiste Orphan Black, Orange is The New Black, Broadchurch, Faking It, Girls e Nashville... Suas paixões mais recentes são The Affair, How to Get Away With Murder e Scandal (cujas 4 temporadas completas assistiu em apenas 20 dias).

Website: http://www.assmanncomunicaçãoestrategica.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account