Log In

Notícias

Joss Whedon ganha primeiro Emmy por Dr. Horrible

Pin it

Joss WhedonJoss Whedon, um dos mais cultuados produtores de TV norte-americanos, finalmente teve seu talento reconhecido pela Academia de Artes e Ciências da Televisão. O criador de Buffy, Angel e Firefly, que atualmente comanda Dollhouse, ganhou no sábado (12/9) seu primeiro prêmio Emmy.

Whedon foi premiado na cerimônia de Artes Criativas do Emmy, em Los Angeles, pelo curta-metragem exibido na Internet Dr. Horrible’s Sing-Along Blog. Com excelente elenco, formado Neil Patrick Harris, Felicia Day, Nathan Fillion e Simon Helberg, Dr. Horrible é descrito como um tragicomédia musical.

Durante muito tempo, os fãs de Buffy A Caça-Vampiros torceram para que a série fosse indicada ao Emmy. Mas esta foi apenas a segunda indicação de Whedon ao prêmio – em 2000 ele foi indicado na categoria melhor roteiro em drama, pelo episódio Hush.

Dr. Horrible’s Sing-Along Blog foi produzido em família, por Whedon, seus irmãos Zack e Jed Whedon e a cunhada Maurissa Tancharoen.

Para mais informações sobre o filme, acesse drhorrible.com

Com informações da Sci Fi Wire.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

4 Comments

  1. Tati Leite

    Dr. Horrible é uma das melhores coisas que já assisti. Foi mais que merecido.

  2. Juninho

    Até que enfim reconheceram o talento do Whedon,o cara é um gênio,espero que receba muito mais prêmios!

  3. Rodrigo B.

    Dá pra dizer que uma injustiça histórica foi desfeita. Ele já merecia ter ganhado alguma coisa por Buffy tempos atrás. Seja como for, fico feliz que ele tenha ganhado por Dr. Horrible, que também é muito bom.

  4. Vera

    Fiquei super feliz que ele ganhou o prêmio mais que merecido. E ainda mais feliz devido ao que levou Dr. Horrible à internet e ao sucesso mundial: a idéia de que é possível fazer programas de qualidade, com baixo custo de produção. Não dá pra esquecer que Dr. Horrible foi produzido – e lançado, se não me engano – durante a greve dos roteiristas nos EUA. Joss quis provar que era possível fazer um bom trabalho deixando a ganância do PTB de lado e dando espaço ao talento e à criatividade.

    Parabens Joss e cia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account