Log In

Notícias

Hung estreia este sábado na HBO

Pin it

Hung

Tem dramédia nova chegando na tela da HBO. Nesta sábado (3/10), às 23h30, o canal estreia no Brasil Hung. Assinada por Dmitry Lipkin, criador de The Riches, Hung conta a história de um homem que foi largado pela esposa, tem dois filhos para criar e perdeu a casa em um incêndio. Em um seminário para empreendedores ele acabará tendo a ideia que poderá reverter sua maré da azar: se tornar um garoto de programa.

A série é estrelada por Thomas Jane (O Justiceiro, Pecado Original), em seu primeiro papel como protagonista de série de TV e tem no elenco atores conhecidos como Jane Adams (coadjuvante em Frasier e House) e Anne Heche (Men in Trees).

A primeira temporada da série tem 10 episódios.

Hung reprisa ainda nas noite de quinta-feira, às 20h, além de ganhar reprises em diferentes horários nos canais HBO 2 e HBO Plus.

Com informações do site da HBO.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

17 Comments

  1. Bruno A.

    Hung é uma série muito divertida. Destaque para Thomas Jane, Anne Heche e Jane Adams (especialmente); eles são muito bons.

  2. Fernando dos Santos

    Legal ver que a HBO está dando a volta por cima.True Blood é divertida,Hung ainda não vi mas dizem que também é.E In Treatment que visa um publico mais restrito parece ter conseguido algum exito em seu nicho.

    No período que se seguiu ao término de Sopranos a emissora entrou em uma fase complicada, marcada por muitas frustrações.Uma fase ruim na qual apenas Big Love e The Wire conseguiram obter prestígio.
    Houveram os fracassos(merecidos) de Tell Me You Love Me e John From Cincinatti e também os cancelamentos prematuros e inexplicáveis dos hits Deadwood e Roma.
    A promissora comédia Comeback e a sobrenatural Carnivale também não mereciam sair do ar tão cedo.
    E pra coroar tudo isso, a emissora ainda recusou-se a produzir Mad Men que acabou virando enorme sucesso no então desconhecido AMC.Não é surpresa portanto que nos ultimos anos vimos o crescimento de outros canais a cabo como o já citado AMC, além de Showtime,FX,USA e TNT enquanto a HBO comia poeira.
    Na ultima cerimônia do Emmy a HBO me parece não ter conquistado nenhuma estatueta significativa, ao contrário do ano passado quando a minissérie John Adams fez uma limpa.
    Apesar de tudo, a emissora finalmente começa a se mexer.

  3. Pedro Paulo

    enho vontade de ver Hung, mas lias reviews do site série maníacos, e dizem que ela decepcionou um pouco no roteiro, para o padrão HBO (sexo um pouco explícito, etc.)

  4. Pedro Paulo

    Falando de HBO, puxa, não sabia que ela havia preterido MAD MEN, QUE FOI PARA UM CANAL PEQUENO E FEZ SUCESSO.

    A história é igualzinha a de PANTANAL, na década de 1980, quando a Globo não queria deixar o Benedito no horário nobre, revoltado, levou para a manchete, e é um marco na Teledramaturgia brasileira e salvou a manchete à época, que estava falindo em pleno 1990.

    Tenho quase certeza que True Blood vai ser melhor reconhecido no Emmy 2010, porque além de pop é excelente, estou na primeira temporada e estou surpreendido. Detestava Anna Paquin (vcs sabem) e me surpreendi, o jeitinho da Sookie é muito bacana.

    Entourage perdeu AQUELE apelo de anos atrás, realmente só BIG LOVE e TRUE BLOOD (que surpreendeu) estão salvando a HBO.

    Mas na tv a acbo, vale ressaltar o apagão que está tendo o FX em audiência!!! Por ironia, a série que a está salvando é a que no início foi super criticada e tinha índices modestos.

    E Fernando, parece-me que ROMA foi cancelada devido aos estratosféricos custos de produção, eles gravavam inclusive na Itália, e parece que a audiência não compensava TANTO (parecido com o Cancelamento de WaT pela CBS). Mas eles deram bons vacilos, deram. Mas (graças a Deus!!!) não a ponto de virarem NBC e principalmente CW.

  5. Pedro Paulo

    REFLEXÃO: MAD MEN seria um estouro na HBO… darai com ceretza o mesmo que True Blood (e Hung) dão: 3, 4 milhões ao vivo e quase 7 somando DVR.

  6. Cristiano

    Fernado,

    “Grey Gardens” ganhou como melhor filme para tv. Jessica Lange e Ken Howard – “GRay Gardens” – venceram como melhor atriz e melhor ator coadjuvante para minissérie ou filme. Brendan Gleeson ganhou como melhor ator em filme ou minissérie por “Intho The Storm” . E Shohreh Aghdashloo como atriz coadjuvante em minissérie ou filme po “House Of Saddam”.

  7. Tanya Skagle

    Vire MEMBRO da comunidade de HUNG BRASIL no Facebook.
    Ou vire meu amigo e descubra muito mais sobre o RAY!
    Kisses!

    Tanya Skagle

  8. Fernando dos Santos

    Cristiano,

    Grey Gardens de fato é uma produção cem por cento HBO, mas House of Saddam e Into the Storm são co-produções da HBO com a BBC e me parece que nestes dois casos a participação da emissora inglesa fez a diferença no resultado final das obras.
    De todo modo ficou faltando aparecer uma produção HBO que repetisse a limpa feita por John Adams ano passado.

    Pedro Paulo,

    quanto ao cancelamento de Roma, eu li num outro blog que a emissora decidiu cancelar a série antes mesmo da estréia do segundo ano por achar que ela não conseguiria bons índices sem The Sopranos como lead-in(na época a série dos mafiosos havia recém encerrado sua trajetória).Quando a segunda temporada estreiou e Roma repetiu os bons números do primeiro ano (mesmo sem a ajuda de Sopranos) os executivos perceberam que haviam cometido um erro, mas então já era tarde.

  9. Lu

    Não sei se vou assistir, mas eu gosto muito das séries da HBO. Eles conseguem aliar qualidade e ousadia. E parece que Hung segue o padrão.

    Adorava Roma e achei uma pena quando eles a cancelaram. De certa forma, foi até bom que a tenham cancelado porque eles cobriram um certo período da História. De qualquer maneira, a série foi bem encerrada. Melhor dois excelentes anos do que cinco anos desgastados.

  10. Victor Hugo

    Desisti da série no 6 episodio…pq a série é só bacana e não tem nada demais.. foi frustante assistir a série.

  11. bia mafra

    tem gente que vai me matar, mas passei a nao gostar da anne heche desde a entrevista com o letterman

  12. Fernando dos Santos

    Algumas pessoas já haviam dito que Hung lembra em espírito as comédias do Showtime e de fato o primeiro episódio remete a elas.
    Vemos nela o americano de classe média que perde tudo e para manter o padrão de vida da família recorre a um meio ilícito como em Weeds e há nela a presença do sexo como forma do protagonista “loser” extravasar suas frustrações(remetendo a Californication), a diferença é que em Hung ele é pago para isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account