Log In

Reviews

Homeland – From A To B And Back Again

Pin it

Série: Homeland
Episódio: From A To B And Back Again
Número do Episódio: 4×06
Exibição nos EUA: 02/11/2014

 

Essa última semana, Homeland apresentou um episódio forte, muito bem formulado que encerrou satisfatoriamente a participação de Aayan para a história desse ano, deixando tudo bem firme para a metade final de temporada (diferentemente da temporada passada que ficou tudo meio corrido e atropelado).

A participação de Suraj Sharma em Homeland foi brilhante, o ator soube muito bem apresentar todas as nuances de seu personagem nesses míseros seis episódios. Em From A To B And Back Again trouxe a morte de Aayan, em uma cena completamente surpreendente e chocante (tipo o final da primeira temporada de Game of Thrones). O personagem foi morto no meio do deserto por seu tio, quando buscava abrigo.

Foi triste? Sim. Porém, fico contente que os escritores de Homeland ainda não têm medo de sair do convencional e arriscar. O começo do episódio já deixou claro que o personagem não sobreviveria para ver outra temporada, quando o grande plano de Carrie finalmente se tornou evidente. Sou grata também que a série não recorreu ao plot batido de “a dor dele o transformou em vilão”. No fim, o personagem continuou sendo o mesmo que foi apresentado aos espectadores, o mesmo rapaz que esclareceu que mais violência não o tornaria melhor que as pessoas que mataram sua família. No fim, Aayan foi mais uma casualidade da guerra, onde é difícil escolher o mais culpado, entre os americanos e os terroristas.

Mais uma vez vimos a devoção de Carrie a esta missão, não importando quais as consequências seriam para Aayan. Fria, e mais uma vez extremamente manipulativa ficou claro que ela não hesitaria em matar seu “romance adolescente” dos últimos dias para poder assassinar seu grande alvo Hassaim Haqqani. E ela quase teve sucesso, mas a revelação que Saul também estava presente interrompeu o ataque.

Algumas reviews atrás mencionei que sentia falta da relação de pai/filha entre Saul e Carrie, imagem o choque ao ver que Carrie quase nem bambeou ao mandar o ataque continuar, o que acarretaria na também na morte de Saul. Mesmo assim, apesar de toda tensão daquele momento, era sabido que Saul não morreria (Era? Essa temporada estão com uns George Martin feelings. No one is safe), mas foi graças a intervenção de Peter Quinn.

Assistir esse episódio foi uma hora bem gasta, ao observar o desenrolar do plano de Carrie, e suas repercussões, não apenas pra Aayan, mas todos os envolvidos nessa temporada. E que temporada, hein!? Agora, exatamente na metade da temporada, nos deparamos com uma reviravolta que deixou o jogo mais difícil e mais perigoso pra Carrie & cia. Aayan morreu, Saul está em risco constante, e o relacionamento ruim entre Quinn e Carrie parece refletir o relacionamento dela com o resto de seu time. Estamos em um ponto crucial, mas estou bem confiante na série. Quem poderia prever uma temporada tão consistente a interessante assim? You go, Homeland.

– Com Saul em perigo, Dar Adal vai finalmente fazer sua aparição na temporada?

Séries citadas:

Estudante universitária, equilibra seu tempo entre livros acadêmicos, seriados e a regência do mundo livre. Depois de muito procurar, encontrou uma dobra no tempo que a permitiu continuar sendo seriadora, e assim mantêm em dia Castle, Suits, Doctor Who e Game of Thrones, entre outros milhares de seriado. É a responsável pelas reviews de Homeland.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account