Log In

Reviews

Haven – Fear & Loathing

Pin it

Série: Haven
Episódio: Fear & Loathing
Temporada:
Número do Episódio: 2×02
Data de Exibição nos EUA: 22/07/2011

Apesar de ter lido muita opinião em sentido contrário, preciso confessar que esse 2° episódio da temporada de Haven me agradou. Claro, teve aquele ritmo meio lento – com o qual já me acostumei – e pouca evolução na trama central envolvendo as Audreys. Mas serviu para mostrar um pouco melhor o drama dos “problemáticos” habitantes da cidadela, o que pode nos fazer compreender um pouco melhor suas ações.

Fear & Loathing iniciou mostrando a cerimônia de despedida do chefe Wuornos, que, para todos os efeitos, se afogou no mar. E o que parecia ser apenas um momento sentimental, acabou sendo de suma importância para a compreensão do caso do episódio.

Durante a cerimônia de despedida, nossa Audrey e a nova Audrey chegaram a conclusão que a solução para o mistério que as envolve passa pela descoberta da ligação do falso agente Howard com a cidade de Haven. E ainda durante a cerimônia, Nathan percebe que sua “maldição” acabou, e que ele está tendo sensações novamente. Mas, antes que ele possa curtir sua volta “à normalidade”, os já habituais eventos estranhos começaram a acontecer.

Dessa vez, Nathan e as Audreys responderam a um chamado de pessoas aterrorizadas. Até aí, nada de novo, já que os acontecimentos de Haven são mesmo aterrorizantes. A novidade é que cada uma das pessoas está assustada por uma causa diferente. E, investigando, eles descobrem que, aparentemente, os eventos que deixaram as pessoas em pânico nem aconteceram.

Na sequência, eventos semelhantes ocorrem em uma estação de ônibus. Como a nova Audrey também foi atingida pelos efeitos da “pessoa amaldiçoada” da vez (e viu um palhaço. Alguém mais pensou no Booth enquanto assistia a cena?), a antiga Audrey conseguiu perceber que na verdade cada pessoa estava alucinando com aquilo que mais a amedronta. E para descobrir quem estava causando as alucinações, Nathan e Audrey partem atrás de um habitante que foi visto em vários locais onde as alucinações aconteceram.

Enquanto isso, a outra Audrey vai atrás de Duke, buscando pistas sobre o paradeiro de Howard. Arduamente, ela consegue a colaboração dele, e descobre que Howard teve algumas conversas secretas com o Chefe Wuornos.

Nathan e Audrey conseguem encontrar a causadora das alucinações. Como não é afetada pela “maldição”, Audrey ganha a confiança da garota, e a leva para a delegacia. Após conversar com a garota, Audrey consegue descobrir que alguém está roubando os problemas dos habitantes de Haven, e os utilizando para cometer alguns crimes.

Ligando todas as informações do caso com a lenda da cidade narrada por Vince, Nathan logo concluiu que  o “ladrão de problemas” era Ian Haskell, um habitante de Haven que sempre foi hostilizado pelos outros moradores. Ele que foi ele quem roubou um quebra-cabeça infantil que tem o poder de destruir a cidade toda, e pretende utilizá-lo para vingar-se daqueles que riam dele. Seu plano é zarpar no navio de Duke, e, em alto-mar, destruir a cidade e todos seus habitantes.

Mas Duke percebe que Ian está com problemas, e avisa Nathan. Juntos, Audrey, Nathan e Duke conseguem parar Ian, que fez dois reféns. E é aqui que a história se torna mais sentimental. Se Wuornos não tocasse em Ian antes dele morrer, o criminoso levaria os problemas de Nathan com ele, o que significa que o policial voltaria a ter, definitivamente, suas sensações. Mas Wuornos, apesar de desejar profundamente continuar sentindo, percebe que os problemas da jovem são maiores que os seus, já que impossibilitam sua vida em sociedade. Por isso, Nathan decide auxiliar a jovem, e Ian acaba morrendo com os problemas dela, o que a liberta da maldição.  Conhecendo Nathan, não poderíamos esperar atitude diferente.

No final do episódio, ficou evidente que Wuornos e Audrey estão cada vez mais ligados. Ainda mais agora que Audrey sabe o quão importante ter a sensação do toque humano é para o parceiro, e que ela é a única que pode dar essa sensação para ele. Então, aposto em alguma evolução no relacionamento deles.

Por fim, preciso dizer que assisti o vídeo promocional do próximo episódio e recomendo: segurem-se. Muita tensão vem aí! Ah, e se você é fã de Jason Priestley, mais um motivo para ficar ligado em Haven: está chegando a hora da participação do ator na série.Ele interpretará Chris Weekly, um biólogo marinho genial, mas um tanto antissocial. Está previsto, ainda, que Priestley dirija o 9° episódio dessa temporada. Enfim, tem muita coisa boa chegando em Haven.

P.S.: estou cada vez mais curiosa para saber qual a conexão entre Dave e Lucy. Porque ela seria a coisa que mais aterroriza ele? E porque ele mentiria para Vince, escondendo que foi ela que ele viu na estação?

P.S.2: porque Howard deixou o livro para as Audreys encontrarem? E como as memórias da Audrey foram parar na mente de … Lucy? Estou ansiosa pelas próximas pistas envolvendo o mistério das duas Audreys.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

1 Comment

  1. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 10/10 a 16/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account