Log In

Reviews

Haven – A Tale of Two Audreys

Pin it

Série: Haven
Episódio: A Tale of Two Audreys
Temporada:
Número do Episódio: 2×01
Data de Exibição nos EUA: 15/07/2011

Bem vindos de volta à Haven, a terra dos acontecimentos mais bizarros – e inexplcáveis –  do mundo. Conforme pudemos acompanhar na 1ª temporada da série, a pequena cidade situada no Maine, Estados Unidos, é palco para fenômenos inexplicáveis, ocasionados pelos seus habitantes ‘amaldiçoados’.

E, após 9 meses de hiato, Haven retornou exatamente do ponto que havia parado: o embate entre Nathan e Audrey e a outra Audrey, a agente especial do FBI. Nathan e ‘a nossa’ Audrey conseguem render a outra, e estão prontos para conduzi-la para a delegacia, quando os eventos esquisitos do dia começam a acontecer.

Primeiro a água se torna sangue diante dos olhos de Duke e do Reverendo (do mal) Driscoll. Na sequência, as Audreys e Nathan presenciam uma chuva de rãs e a infestação de mosquitos – que acaba causando um acidente de transito.

Buscando descobrir o porquê das 7 pragas, aparentemente, estarem ocorrendo na cidade, Nathan e Audrey se dividem. Enquanto Wuornos vai falar com o nada amistoso Reverendo do Mal, Audrey vai até a delegacia em busca de maiores informação sobre a agente do FBI que diz ser ela. Mas a conversa com a forasteira serve apenas para deixar evidente que as duas raciocinam e agem da mesma forma, o que reforça o mistério por trás do aparecimento da agente.

Seguindo uma linha de investigação que conecta a ordem cronológica dos acontecimentos com a área geográfica na qual eles ocorrem, as Audreys conseguem descobrir que as pragas estão, na verdade, conectadas a uma pessoa: TJ, um dos motoristas envolvidos no acidente do início do episódio.

Enquanto isso, Duke recebe uma visita que não o deixa muito satisfeito. Evi, sua esposa, retorna após 3 anos, e lhe propõe algum tipo de negócio, escuso e lucrativo. Duke não aceita a proposta, e pede que a mulher vá embora.Mas fica evidente que Evi pretende permanecer em Haven, apesar de não ficar bem claro o motivo da chegada dela na cidade. Creio que a introdução do personagem pode render boas histórias.

Seguindo nas investigações, Nathan e as Audreys acabam chegando ao bar de Duke. Contudo, o suspeito consegue escapar, ao ocasionar uma forte chuva de granizo. Junto com a nova Audrey e Duke, Nathan e Audrey vão até a casa de TJ. Na frente da residência, Driscoll e um grupo de fiéis oram, visando acabar com a ira divina. Mas quem salva o dia, como de costume, é Audrey, que conversando com TJ, descobre que os fatos estão ocorrendo porque ele leu a Bíblia naquela manhã. Assim, ao descobrir que as coisas lidas por TJ se tornam reais, Audrey consegue contornar a situação, evitando a morte dos primogênitos que estavam no local.

No final do episódio, os irmãos Teagues (sempre adoro as participações dos dois) conseguem convencer Nathan a pensar na ideia de assumir o posto de Chefe de Polícia. Na sequência, Nathan enterra o que sobrou do pai adotivo (que explodiu em pedaços, no último episódio da 1ª temporada). Surpreendentemente, e apesar da relação turbulenta que tem com Wuornos, Duke auxilia o policial na triste tarefa. Enquanto isso, as Audreys confirmam que compartilham as mesmas memórias, e buscam uma resposta para isso.

A Tale of Two Audreys retomou as tramas da primeira temporada de Haven. Com a introdução da nova Audrey, provavelmente teremos o desenvolvimento da história da Audrey antiga ser na verdade aquela Lucy de 1983. E ficou bem evidente que o Reverendo Driscoll não medirá esforços para tomar o poder da cidade nas mãos, resta saber até onde ele irá para conseguir a limpeza de pecados que deseja.

Agora, é aguardar pelo 2° episódio, torcendo para que as tramas principais continuem sendo desenvolvidas, inclusive através dos esquisitos casos policiais.  

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

4 Comments

  1. Jorge P. - DF

    Peraí, não entendi nada Mariela. Esse reverendo já havia aparecido no finale? Eu perdi alguns episódios antes do finale e acho que perdi alguma coisa.

  2. Mariela Assmann

    Jorge, na finale ele não apareceu, não. Ele apareceu na 1ª temporada, mas antes. Agora, aparentemente, voltou para ficar!

  3. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 10/10 a 16/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account