Log In

Reviews

Hart of Dixie – Heart to Hart

Pin it

Série: Hart of Dixie
Episódio: Heart to Hart
Temporada:
Número do episódio: 01×17
Data de exibição nos EUA: 09/04/12

Quem tava com saudades de Hart of Dixie? Quem tava com MUITA saudade de Hart of Dixie? Sério, pareceu um dèja-vu com o primeiro hiatus. Que pausa mais demorada. O que será de mim se essa série for cancelada? Não, não vamos pensar nisso. Vamos curtir este episódio, que só merece elogios. A série voltou, e muito bem. Em grande estilo, e com uma presença não tão desejada. O Dr. Hart chega a Bluebell, a pedido de Zoe, para a cirurgia do pai de George. Zoe prometeu altas brigas e caras feias, mas logo que o médico a convidou para ser assistente dele na cirurgia, as coisas mudaram. E todos nós sabíamos que isso ia acontecer. E aquele que apresentou uma personalidade ambígua no início conseguiu se sair muito bem. O pai de George foi salvo, e claro que o acontecimento merecia uma comemoração. Um jantar dado em homenagem ao Dr. Hart, sob o comando de Lemon.

Lemon estava mais atacada do que nunca. Sério, eu adoro a Jamie King, e a Lemon e tal, mas a personagem tem umas ideias de vez em quando que me irritam profundamente. E esses chiliques dela com a Zoe já estão ficando historinha boba. E agora ela resolveu que ser a melhor amiga da Dra. Hart é a grande tática para ver a médica “destruída de uma vez por todas”. O jantar era o momento ideal para isso. O Dr. Hart até percebeu a afeição de Zoe por George, intimando o rapaz. Sinceramente, essa atração dos dois já chega a ser algo maçante! Eles vão ficar juntos ou não vão? Precisam decidir logo, afinal Hart of Dixie tá levando quase uma temporada para desenrolar essa trama. Para completar é na casa de Lemon que Zoe e seu pai tem uma baita discussão. Ela expõe todo aquele ressentimento que estava guardando, e o coroa ouve poucas e boas. Mas é a partir dali que ele acorda e tenta se redimir com Zoe. Aliás, ele diz que o tempo todo esteve ressentido, e se arrependeu do que fez. E que não importa o que acontecesse, ele queria ser o pai de Zoe. Bom, francamente, eu achei meio forçado esse plot. Se não fosse por Zoe ligar por causa do pai de George, ele não tava nem aí, nem ia dar as caras. Mas pai é pai, e ela o perdoou. Tudo bem, a gente compreende, e torce pela sua felicidade, Zoe linda.

Enquanto todo esse drama acontece, o Rammer Jammer comemorava seus 30 anos, com uma competição de drinks super chamativa. Eu, como um bom apreciador de drinks, curti. Pena que não estava lá para provar. Wade e Shelley estiveram na disputa. Quem fizesse o melhor, ganhava $ 500 e ainda o direito de batizar o drink. Wade bem que tentou, mas Shelley ganhou. Só que o rapaz revela depois, para o prefeito, que deixou a colega de trabalho ganhar, pois guardou seus melhores drinks para um futuro bar próprio (opa, mais plot em uma possível segunda temporada?).

Aliás, falando em bebidas, o prefeito estava lá no Rammer afogando suas máguas. Claro por causa de Lemon, que estava sendo martirizada por George devido ao ataque de seu pai. Lemon e George acabam fazendo as pazes no final, devido ao jantar que a moça prepara para Zoe. Mas mal sabe ele que Lemon o traiu com Lavon. Zoe teve uma conversa franca com a loira, e disse que não contará para ninguém o segredo por dois motivos: ela não quer trair o melhor amigo e ela também não quer ser a pessoa que vai magoar o coração de George. Em, depois dessa, Lemonzinha, eu ficava bem quietinho.

Lá para o fim do episódio, Lemon e George, passeando por Bluebell, tem uma conversa tranquila, quando a moça resolve ir ao Rammer Jammer. George recusa, pois devia voltar ao hospital, e a loira acaba por ir sozinha. Chegando lá, dá de cara com o prefeito, que já estava mais para lá do que para cá (isso são modos prefeito?). E aí, por impulso, Lavon acaba beijando Lemon. E quem vê tudo? George, que tinha resolvido ir também ao Rammer Jammer. Eita, que má sorte em?

Agora, este final ficou um pouco ambíguo. Um carro passa bem na frente dos dois, e quando George olha de novo, os dois já não estão mais lá. Será que o rapaz vai achar que estava vendo coisas? Sinceramente, se acontecer isso, ele vai ser o CORNO do ano, só digo isso. Mas o que importa é que Hart finalmente voltou, e ainda temos alguns episódios a curtir! Seja bem vinda de volta Zoe.

Ps: Os momentos hilários de Hart of Dixie valem cada episódio. Hart treinando a cara de má que iria fazer para seu pai rendeu boas risadas.

Ps2: Fala sério gente, foi só eu que fiquei com vontade de ir ao Rammer Jammer tomar um drink?

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

5 Comments

  1. Bruna

    Falando por mim, vontade de ir ao Rammer Jammer tomar uns drinks não, porque não bebo bebida alcóolica. Mas iria lá dar uns pegas no Wade hahaha

    Nossa, como senti falta dessa série! E ela voltou com tudo. Já tava achando que a Zoe não ia brigar com o pai realmente, e brigou.

    Eu fiquei com raiva da Lemon nesse episódio (alías, sempre fico com raiva dela). Essa paranóia que a Zoe quer destruí-la é ridícula. To torcendo muito pro George ter visto ela com o Lavon e tirar satisfações no próximo episódio. Acho que Zoe/Wade só no final da próxima temporada, infelizmente. Eu não penso na hipótese de cancelamento da série, ela vai ser renovada!

  2. MicaRM

    Também acho ridícula esta paranoia de Lemon com a Zoe. Quero dizer, de fato há algo entre Zoe e George e Lemon não está errada ao enxergar os sentimentos em ebulição, mas achar que Zoe está fazendo de propósito com o objetivo de destruir a vida da Lemon…loucura.
    Acho a ideia de se tornar amiga da Zoe fantástica. Se Zoe já tem restrições de se envolver com George agora, imagina se fosse amiga de Lemon! Mas ela fez da forma errada, muito artificial. Lemon precisava chegar aos poucos…utilizar da doença do pai do George para se aproximar. Ir até Zoe e dizer o quanto foi especial a ajuda que ela deu, como ela sabe que foi difícil para Zoe, que ela se sentia culpada por ter forçado a briga entre pai e filho (mesmo não sendo culpada) e ela estava realmente agradecida por Zoe ter feito o que fez.
    De quebra, também deveria dizer que ela nunca simpatizou com Zoe, que temia que a presença dela fosse desestabilizar a cidade, a clínica do pai e o relacionamento dela com George, pq ambos moraram em Nova York e ela sempre foi uma mulher do interior, que amava Bluebells. Mas que estava disposta a tentar superar isso e a ser amiga de Zoe, porque essa rixa entre as duas estava corroendo o que ela tinha de melhor e fazendo-a sentir coisas que nunca sentiu antes.
    E deveria aproveitar o momento para dizer que se relacionou com Lavon em um momento de fragilidade, em que ela precisava desesperadamente de alguém e que George estava longe. Que foi errado, mas que George era o seu grande amor e ela percebeu isso e terminou com Lavon. E que ficaria muito feliz se Zoe pudesse comparecer no casamento, como um recomeço entre as duas. A aceitação de Zoe em Bluebells por parte de Lemon, e talvez o início da amizade entre elas.
    Cá entre nós, eu acho que teria sido muito mais efetivo…poderia até não ser verdadeiro, mas seria mais efetivo e não teria como Zoe dizer não.

  3. Claudia Ciuffo

    Eu quero saber amiga da Rachel Bilson, desde do The OC!  Desculpa, mas eu tinha que falar isso. Adorei a resenha. O final realmente deixou um suspense no ar…mal vejo a hora do proximo episodio chegar,ne?! E vamos torcer para a vida longa de Hart of Dixie!!

  4. Bianca Mafra

    1 – o que foram as caras da zoe??? excelentes
    2 – o que vejo de lemons por aí, achando que todo mundo tá tramando alguma coisa enquanto na verdade, mal sabem que elas existem
    3 – Anderson, vou discordar de vc no quesito corno do ano, a Lemon não dá pinta de ser infiel, até por ela ser extremamente crítica com ela mesma e porque não tá na cara que lemon e lavon tenham alguma coisa. e no escuro, com uma luz sobre os seus olhos, ele pode até ter certeza de que viu alguém, mas quem vai ficar complicado.

  5. Mônica Almeida

    Adorei o episódio e fiquei morrendo de vontade de tomar uns drinks no Rummer Jammer.

    Anderson, vou discordar de vc no quesito corno do ano, a Lemon não dá pinta de ser infiel, até por ela ser extremamente crítica com ela mesma e porque não tá na cara que lemon e lavon tenham alguma coisa. e no escuro, com uma luz sobre os seus olhos, ele pode até ter certeza de que viu alguém, mas quem vai ficar complicado. (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account