Log In

Reviews

Hart of Dixie – Destiny & Denial

Pin it

Série: Hart of Dixie
Episódio: Destiny & Denial
Temporada: 1ª
Número do episódio: 01×19
Data de exibição nos EUA: 23/04/12

O episódio desta semana de Hart of Dixie foi daqueles “ou ame ou odeie”. Ele com certeza agradaram 50% dos espectadores da série. Mas eu aposto que a outra metade ficou se remoendo de raiva, e eu vou te contar o porquê.

Na semana passada, o episódio da série terminou de um jeito que já podíamos prever o que iria acontecer. Exceto o sentimento de George em relação a Zoe. Ele afirmou que se sentia traído pela médica, e que eles não eram mais amigos. Nesta semana, tanto Zoe quanto Lemon resolverem levar guloseimas (vocês mulheres com essa mania de achar que nós homens somos conquistados pela boca) a fim de conquistar a confiança do advogado. Só que elas não esperavam o seguinte: encontrar o rapaz pulando de alegria, fazendo caras e bocas de felicidade pelas ruas da cidade no momento “vergonha alheia” da semana. A verdade é que como a própria Zoe disse, ele estava em negação. E acabou sendo educado e gentil com Lemon, Zoe e meio mundo. O que, na verdade, achei ridículo. Scott Porter não estava nem se esforçando para atuar. Ele deve ter adorado!

Wade estava em um momento “Se beber não case” e eu sinceramente adorei. Foram cenas bem engraçadas. Ele não se lembrava de nada o que aconteceu. A cena dele achando uma camisola GG na sua cama foi hilária. Tudo na verdade não passava de um mal entendido que envolvia sua ex-esposa. E que acabou balançando Wade. Na verdade o rapaz começou a perceber que todo mundo estava se encaminhando, e que ele não quer ficar sozinho! Coitado. Zoe ainda continua sendo arrogante com ele. E na boa, já to começando a torcer para que a médica não tenha sucesso nos seus relacionamentos. De fato, ela anda bem esnobe. Ah, a cena do Wade e do Tom foi muito engraçada. Digna de boas risadas.

Enquanto isso, a cidade preparava mais um festival temático – que são muitos, praticamente um por semana! Lemon e George estavam envolvidos, mas o rapaz acaba dando para trás e não aparece, deixando a loira desesperada. Ele na verdade tinha pego sua moto ido até Nova Orleans aproveitar um… Bar Country, acreditam? Enfim… o advogado liga para Zoe convidando-a para ir ao seu encontro, que não pensa duas vezes e vai. Lá eles tem o primeiro encontro, mas não antes de George soltar a voz no Karaokê cantando “Jambalaya”. E pasmem, Scott Porter canta bem (ok cara, larga essa vida de ator, já que você é bem fraquinho, e vai cantar!). E bem, aqui acontece o que uma parcela de fãs da série (incluindo… EU) reprovou – o primeiro beijo de Zoe e George. E olha, os dois já até iam partir para o segundo, terceiro e se possível quarto round (se é que me entendem), mas exatamente no momento, começou a tocar “What a Wonderful Word” a música de casamento de George e Lemon. O advogado fica chateado, e obviamente lembra-se de tudo o que passou. É quando Zoe e George resolvem voltar a Bluebell para resolverem suas pendências.

George vai até a casa de Lemon e lá ele “solta os cachorros”, dizendo finalmente tudo o que tinha de falar. Lemon cai na real (será?) e manda ligarem para os convidados avisando do cancelamento. E agora a brecha está aberta. Tanto para George ficar com Zoe – o que para mim, ficará maçante assistir; tanto para Lemon e Lavon. Obviamente haverá alguns obstáculos neste caminho. Lemon não vai abrir mão de George assim fácil, principalmente por causa de Zoe. Mas confesso que até curti no fim do episódio o George dando um soco na cara do Levon no meio da rua. O prefeito precisa acordar um pouco também, e se por em uma posição mais “respeitosa”. Ficar bebendo até tarde da noite, e ainda sair beijando mulher casada… ehr, a quem eu quero enganar, tem político que faz bem pior né?

Hart of Dixie está muito bem encaminhada agora. Faltam três episódios para o fim da temporada, e apesar da audiência não estar sendo lá grandes coisas, estou com uma forte esperança de renovação. Vamos aguardar! Até semana que vem.

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

8 Comments

  1. Mônica Almeida

    Apesar de ser inferior à maioria eu gostei desse episódio. E embora eu torça pelo Wade eu gostei da Zoe ter ficado com o George. Sim, achei uma palhaçada aquela negação dele, todo alegrinho, como se fosse o cara mais feliz do mundo. Mas achei legal os dois terem trocado uns beijos porque deu pra perceber que a química Zoe/Wade é bem maior que a química Zoe/George. E ao ouvir ‘What a Wonderful World’ (what a wondeful song) George percebeu o quão magoado ele estava com a Lemon. Adoro o Lavon, mas achei que o murro na cara foi merecido. E que bom que o vimos trabalhando, né? Pensei que em Bluebell todos trabalhavam, menos o prefeito. Apesar da esperança da Zoe em ficar com o George, a Lemon não deve perder a esperança de voltar pra ele. E u não perco de ver o Wade com a Zoe. E o Scott Porter realmente canta bem, apesar de não ser me estilo musical

  2. Mah

    Por incrível que pareça, eu gostei do episódio… não esperava muito de um episódio centrado no George, mas foi bom! Gostei de como levaram a história, de como tudo está se encaminhando…  

    George deve continuar solteiro agora, certeza que vão querer explorar mais um pouco esse caso dele com a Zoe, apesar de estar no final da temporada já, né… quero que a Zoe fique com o Wade logo! Hahaha

    E quero ver o Wade abrindo o tal bar, acho que vão deixar isso pra season finale! Mas amei ele nesse episódio (as always), tentando lembrar do que aconteceu, e depois percebendo que quer mudar de vida e tudo o mais! =)

  3. Bruna

    Adorei o episódio, ri muito com o Wade tentando descobrir com quem tinha passado a noite e as “pistas” que ele encontrando pelo caminho hahaha

    Por mais que eu seja Zade, devo admitir que as cenas do George com a Zoe em New Orleans foram bonitinhas.E é até bom que eles fiquem juntos agora, porque quando chegar a vez do Wade, vai ser beeeeeeeeem melhor.

    A temporada tá acabando, e não quero ter que esperar até setembro pela nova temporada :(

  4. MillaLuna

    Eu AMO o clima Gilmore Girls dessa série, os festivais, os personagens esquisitos, o clima cidadizinha do interior com direito a bizarrices, fofocas e musica country.

    O TOM é tão engraçadinho (ele me lembra o Kirk de Stars Hollow). ri d+ do Tom falando com Wade que ja tem quase 23 e precisa abandonar as farras pra namorar a Wanda, sério, que farras o Tom fez!?!rsrsr.

    + acho q isso tdo é pq ando meio saudosista da minha adolescência.

  5. Therê

    Acho  que  sou  a  única  fã  que  torce  para  que  Zoe  fique  com  George.
    Não  vejo  afinidade  alguma  entre  Wade  e  Zoe.
    Ele  só  sabe  beber  e   não  combina  em  nada  com  a  nossa  linda  médica.  
    Além  do  mais  Zoe  está  apaixonada  por  George,  provou  isso  neste  capítulo  ao  ir  correndo  encontra-lo  (onde  quer  que  fosse)  atendendo  á  seu  chamado.  
    E  Lemon não  o  merece  e  muito  menos  á  Levon,   pois  é  uma  perua  interesseira  e  muito  egoísta.
    Vou  continuar  torcendo  para  ver  George  e  Zoe  juntos,  pois  eles  tem  tudo  em  comum.  Mesma  cultura,  mesmo  gênio, ambos  muito  bons  em  tudo  que  fazem  e  se  merecem.

  6. Pingback: Destaques na TV – Quarta, 7/11

  7. aline oliveira

    Sou Geroge desde o primeiro capitulo da série. Depois q vi q a maioria é Wade, wade, wade. mesmo sem saber, sempre sou do contra, rsrs
    E assim q vi Wade, já peguei antipatia. É sempre car o despojado, galinha e que não tá nem aí pra relacionamentos, ah, e que sempre vai primeiro brigar com seu parzinho. Esse blá blá é old e chato demais. George é um cara de relacionamento, engraçado, educado e o melhor, tbm tem falhas. Não é o senhor perfeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account