Log In

Reviews

Grimm – Natural Born Wesen

Pin it
83.25
4.1
4
Série: Grimm
Episódio: Natural Born Wesen
Número do episódio: 2×14
Exibição nos EUA: 15/03/2013

“Então os animais debateram sobre como expulsar os ladrões, e finalmente concordaram com uma sugestão”.

Quem ainda não pensou em começar uma aula de alemão depois que virou fã de Grimm? Pelo menos Nick e Hank deveriam começar a considerar a possibilidade. Principalmente depois de conhecerem o Gesetzbuch Ehrenkodex, algo como código de honra em alemão. Imaginei o Silas Weir Mitchell, ator que faz o Monroe, treinando para falar isso. O próprio blutbad tenta facilitar a conversa e explica que o Gesetzbuch Ehrenkodex também é conhecido como Código de Swabia, vamos combinar que não ajudou muito.

Esse código de honra wesen é a novidade de Natural Born Wesen e constrói um caso interessante que leva Nick e Hank a prenderem um grupo de ladrões wesen que não se importam de mostrar suas caras feias por aí. O problema é que as consequências para quem não respeita o código são muito piores do que ser preso pela Polícia de Portland. É quando conhecemos mais um “clã” do mundo Grimm, o Groot (um Conselho Wesen), que já pareceu muito mais eficaz que as famílias reais e seus inúmeros capangas monstros.

O caso do episódio foi interessante, mas Natural Born Wesen pecou na sequência do plot da cura de Renard e Juliette. O episódio acabou e não deu pra entender porque era necessário o sangue de Nick para quebrar o encanto. Talvez seja porque ele é um Grimm, talvez seja porque ele foi a pessoa que sumiu da memória de Juliette, por enquanto não sabemos.

Rosalee também fez uma misteriosa consideração sobre o segundo passo da participação de Nick na cura de Renard e Juliette e no final das contas eram só umas gotas de sangue dele que eram necessárias. Depois de tanta coisa estranha que acontece em Grimm e do mistério que Rosalee fez, dava para esperar muito mais da participação de Nick nos ingredientes da poção.

Outra situação que desafiou a nossa lógica foi novamente a chata da Juliette. A moça chega em casa, encontra um buraco gigantesco no meio da sala, fica presa dentro de casa e o que ela faz? Dorme. Que vontade de sacudir a personagem. Se ela pelo menos gritasse, Nick poderia ouvi-la, já que estava de guarda do outro lado da rua. Mas não, ela dormiu.

No entanto, ainda havia uma esperança: o celular. Porque usar o celular para chamar ajuda se ela pode dormir um pouco. Ok. Ela dorme, acorda e o que ela faz? O celular toca, ela vai lembra que tem um celular e vai ligar pra alguém até que… o celular cai no buraco. Agora, me explica sociedade. Como não torcer para Juliette cair no buraco misterioso e nunca mais aparecer na série. Como?

A participação da ex de Nick em Natural Born Wesen acabou se resumindo ao relacionamento dela com o tal buraco e a ligação misteriosa do telefone, onde alguém diz que quer contar toda a verdade a ela. Não deu nem para ficar curioso (a) com as cenas que envolveram Juliette, o máximo que deu para fazer foi torcer para que elas acabassem logo.

Os pontos fortes do episódio ficaram para a participação do Groot, a tentativa de reconciliação de Nick (magoadinho) com Renard e o caso que envolveu a ajuda de Hank e Monroe. Nos próximos episódios Nick deve se aliar com o capitão. Se o Grimm pretende vencer a briga com as famílias reais, Renard pode ser um ótimo aliado. Depois de Monroe e Hank, o capitão foi o próximo a entrar no “clubinho” de Nick. O Grimm, que começou a série sem nem entender o que eram aquelas criaturas que ele via, evoluiu e agora até conseguiu formar um time. Esse quarteto pode enriquecer, e muito, a continuidade da série da NBC.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

10 Comments

  1. MicaRM

    Já eu adorei as cenas da Juliette. Achei bem legal a forma como ela se deparou com o sobrenatural, o impossível bem ali, na casa dela, sem que pudesse fazer nada. Imagino que ela tenha ficado apavorada. Aliás, acredito que seja obra do feitiço atual que está começando a preencher o vazio que o feitiço da Adalind criou, por isso o buraco.
    Acho a reação dela interessante…o desespero quando viu o buraco, a tentativa de sair e a porta trancada, a paralisia diante do desconhecido. Não dá para imaginar como uma pessoa comum reagiria diante de algo tão impossível assim.

    De resto, achei a resolução da situação do Nick/Juliette/Renard bem mequetrefe. Esperava bem mais deste contrafeitiço e da própria reação do Nick à bebida estranha.

    Agora, sinceramente concordo com você sobre o alemão. Está mais do que na hora do Nick começar o intensivão, porque não dá para depender eternamente do Monroe.

  2. Aline

    Juliette deve ser muito forte mesmo! Passou um dia inteiro naquela escadinha, sem comer, sem ir ao banheiro, incrível!! Houve uma época em que ela era mais interessante, aí veio o feitiço da Adalind e ferrou a personagem.

    Acho melhor os roteiristas tomarem cuidado, senão eles vão acabar se enrolando e vão criar coisas que não conseguirão explicar depois. Tipo o negócio de Wesen reconhecerem o Nick, acho muito difícil criarem uma explicação plausível pra isso. Mas série de ficção é assim mesmo…

  3. Hugo Bruno

    Grimm nunca foi aquela coisa super empolgante que me fazia esperar loucamente pelo próximo episódio, mas eu gosto bastante da série. Ouve uma melhora nessa segunda temporada, com Nick assumindo mais o seu lado Grimm, matando as criaturas, se necessário, mas a apatia dele diante de algumas coisas me incomoda. Eu não sei, talvez ele não tenha cara de malvado. lol

    Ele e a Julliette formavam um casal bacana. Confesso que fazer ela esquecer dele foi bem interessante, tanto pra ela participar mais da parte sobrenatural da série, mas o romance com o Renard não me agradou totalmente. Aquela cena do episódio anterior a esse, da Julliette atirando no Renard, os dois se batendo, querendo se matar e se come- opa, deu pra entender (lol), não foi muito legal. Pelo menos isso já deve ser passado (provavelmente). Agora, sobre a Julliette e o buraco… foi legal também. Talvez seja uma metáfora pro que está acontecendo no cérebro dela. O feitiço pode fazer as memórias dela voltar (talvez), e aquilo (o buraco cheio de luzes piscando) seja isso, mas representado na forma de medo. Vamos esperar pelos próximos episódios.

    Monroe sempre engraçado. Não sei o que seria da série sem ele. É aquele personagem que dá o tempero nas cenas, junto da Rosalee, que tem se mostrado o par perfeito pra ele.

    E sobre o caso… foi mais um caso. Ponto. Quero ver logo a bomba explodir! lol

  4. Aline Ben

    Pois é Aline, tem coisas que eles estão se demorando a explicar ou que ficam sem explicação mesmo e isso pode deixar brechas na história de Grimm.

  5. Aline Ben

    Ah, eu já acabei pegando antipatia da Juliette… hehehe. Eu também cheguei a achar que, quando o chão foi se reconstruindo, fosse algo a ver com a poção da Rosalee fazendo efeito, mas a coisa acabou ficando estranha demais.

  6. Aline Ben

    Uma coisa é completamente verdadeira Hugo, o Nick definitivamente não consegue ter cara de malvado. Quando ele faz cara de mau, dá no máximo pra achar ele um pouco mais másculo… hehehe.

    Ah, adorei a tua definição do Monroe. Ele realmente dá um “tempero” a mais em cada cena que participa.

  7. Janine Kleber franchini

    Eu já, ela acaba na sesta temporada no episódio 13, e cara o final é triste d mais. O finalzinho que é imprecionante
    Quando acabei de assistir a série entrei em estado de depressão .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account