Log In

Reviews

Grimm – Mr. Sandman

Pin it
Série: Grimm
Episódio: Mr. Sandman
Número do episódio: 2×15
Exibição nos EUA: 22/03/2013
65
3.2
3

“’E agora temos olhos – olhos – um belo par de olhos de criança’, ele sussurou”.

As imagens de “próximo capítulo” de Grimm, que são exibidos sempre ao final dos episódios, muitas vezes contêm spoilers que atrapalham o acompanhamento da série na semana seguinte. No caso de Mr. Sandman, como eu já sabia que Nick seria ferido pelo wesen, fiquei metade do episódio esperando o momento em que Nick ficaria cego e, na sequência, ver o que Rosalee e Monroe fariam para salvá-lo. Enquanto esse momento não chegava, Grimm apresentou um episódio mediano, com algumas cenas fracas no contexto e outras tiradas divertidas. Monroe pareceu que esteve menos presente do que o necessário temperando as cenas de Grimm. O mistério de Juliette ficou ainda mais confuso e assim Mr. Sandman acabou um pouco sem sal.

Apesar da falta de tempero, o episódio teve cenas interessantes como o jantar de Rosalee, Monroe, Nick e Hank. Quem aí não ficou com vontade de sentar numa mesa e tomar um vinho com essa turma? O assunto da roda também era interessante. Rosalee afirmou que o interesse de Renard em Nick é porque ele é meio príncipe, meio hexenbiest e assim não é aceito na família real. Ter um amigo Grimm seria ótimo para o bastardo Renard tem alguma vantagem. Agora, Nick precisa descobrir em qual lado o capitão está e, como bem lembrou Monroe, “quantos lados ele tem?”

Enquanto Nick e sua turma não descobrem mais informações sobre Renard, Portland continua movimentada, mas não tão empolgante. A morte da primeira vítima do Jinnamuru Xante foi um tanto irritante. Ela estava na própria casa e mesmo assim o nervosismo foi tanto que a moça teve a brilhante ideia de escalar a própria estante da sala, estante com vidro! Como assim? Outra situação que fica cada vez mais inexplicável em Grimm e em Mr. Sandman ficou evidente, é como os wesen do mundo gostam de provocar problemas em Portland. Nesse episódio até uma espécie típica da África do Sul veio aparecer na cidade.

Apesar da “participação internacional” o caso de Mr. Sandman continuou mediano, acredito que um pouco prejudicado pelo preview apresentado no final do episódio anterior, Natural Born Wesen. Depois de seu hiato Grimm ainda não atingiu o ótimo nível que alcançou nos primeiros episódios da temporada. Fora o caso do homem mosca que se alimenta de lágrimas, Mr. Sandman tratou de várias situações paralelas que estão se demorando em apresentar uma solução. A dúvida sobre as verdadeiras intenções de Renard só aumenta, Adalind conseguiu uma aliada no seu plano maluco da gravidez e Juliette acha que está enlouquecendo com as visões que a perturbam dentro de casa.

A loucura de Juliette tende a ter uma resolução simples, até demais. No episódio descobrimos que a nuvem de fumaça que parecia uma pessoa tem as feições de Nick e isso pode caracterizar o retorno progressivo da memória de Juliette. Se for só isso, a história até funciona, mas o desfecho de todo esse plot da amnésia da ex de Nick vai ficar muito fraco. Assim, meu voto continua sendo para que a personagem se atire no buraco no meio da própria sala.

Por outro lado, uma personagem que se destacou em Mr. Sandman foi a irmã da segunda vítima, Casey. Além de quase salvar a irmã, ela conseguiu se defender do Jinnamuru Xante, ou Andre, e acabou matando o wesen. Depois da primeira vítima ter sido muito desastrada, Casey surpreendeu e chamou a atenção no episódio. Pena que a história não mostrou se a sua irmã sobreviveu. Outro ponto positivo do episódio foi ver Hank, Monroe e Nick trabalhando juntos no trailer do Grimm.

Ainda assim a melhor consequência do episódio foi que os parasitas do Jinnamuru Xante, que deixam a vítima cega e causam oncocercose, acabaram dando mais poderes a Nick. Os parasitas afetaram seu senso de localização. Mesmo sem enxergar Nick consegue visualizar o que está ao seu redor, como se tivesse um sonar dentro de si mesmo, como se fosse um morcego ou golfinho que enxergam por meio de infrassons e ultrassons. Outro feito do Grimm no episódio foi o golpe final que apagou Andre, quando eu crescer quero aprender como fazer um igual.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

1 Comment

  1. Pingback: Destaques na TV – Segunda, 15/7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account