Log In

Reviews

Grimm – Headache

Pin it

Série: Grimm
Episódio:
Número do Episódio: 4×21
Exibição nos EUA: 08/05/2015
Nota do Episódio: 10

“Mais forte que o amor de apaixonados, é o ódio de apaixonados. Incuráveis são as marcas que deixam.”

Grimm já está rumando para a sua quinta temporada, o que pode surpreender quem não acompanha a série. Apesar de não causar muito alvoroço, o seriado mantém uma regularidade impressionante e, melhor que isso, é capaz de se reinventar seguidamente. Além da aparição de novas raças de wesens e outras criaturas sobrenaturais, novas organizações e questionamentos que envolvem comportamento, preconceitos, racismo e crenças são abordados inteligentemente.

Grimm 4x21 Team Nick 02

Em Headache, a série se reinventa novamente. A mocinha Juliette entra de vez para o lado negro da força ao assumir seus poderes de Hexenbiest e quase fazer Nick matar Monroe. Ela perde todos os seus antigos amigos e se une à Família Real. O mais grave de tudo? Juliette é inteiramente responsável pela morte e decapitação da mãe de Nick, Kelly Burkhardt e também pelo novo sequestro de Diana, dessa vez por Kenneth. Existe alguma possibilidade dela ser perdoada por Nick? Não vejo como e ela também não parece em busca de perdão.

Além da reviravolta envolvendo Juliette, o episódio traz uma situação interessantíssima. Sean Renard, ao ser revivido pelos poderes da mãe Hexenbiest, acabou abrindo um portal no Inferno e quando voltou trouxe junto com ele – nada mais, nada menos – que Jack, o Estripador. Além de todos os problemas de Nick com Juliette, ele ainda precisou unir forças com Monroe, Rosalee, Hank, Wu, e, quem diria, a nova mocinha da história… Adalind.

Grimm 4x21 Team Nick

Como se ainda assim o episódio não pudesse melhorar, temos o retorno de Trubel, uma personagem fantástica que foi inserida na série na temporada passada. Esse é outro fator louvável de Grimm, a criação e desenvolvimento dos personagens. O carinho que Nick tem por Trubel é lindo demais e o retorno dela nesse momento tão difícil é muito significativo.

Grimm eleva o nível da séria ainda no episódio anterior a sua Season Finale, isso porque o seriado costuma usar muito bem o cliffhanger em seus finais de temporada. Então, em Cry Havoc podemos esperar algo que deve ser deixado para ser resolvido somente na quinta temporada. Esse artifício muitas vezes é angustiante para os espectadores, mas a série consegue usar muito bem desse elemento, mesclando a entrega de muitas revelações, com uma situação que será apresentada, mas apenas resolvida na próxima temporada.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account