Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – You Be Illin e I’m Winning

Pin it
Série: Grey's Anatomy
Episódios: You Be Illin e I'm Winning
Número dos Episódios: 10x18 e 10x19
Exibição nos EUA: 3/04 e 10/04/2014
89
4.4
1

Dois episódios mais “tranquilos”, mas dando o tom pra despedida da Sandra Oh e encaminhando, ao mesmo tempo, a trama de outros personagens.

Em You Be Illin nós acompanhamos a história de um surto viral no hospital. Mas ao contrário do que poderia se esperar, Shondão não se aproveitou do plot para fazer algum dos médicos ficar entre a vida e a morte. Os dramas do episódio ficaram mais restritos às interações pessoais: o crédito estudantil e o futuro profissional do Alex, a falta de “afinidades” entre April e Jackson, as disputas pelos holofotes promovidas pelos residentes e seus “fracassos” e expectativas quanto ao futuro, a ausência de apoio de Meredith à nova fase de Derek.

Grey’s Anatomy – You be Illin’

Nesse episódio foram delineados novos plots para boa parte dos personagens. Um bom exemplo disso são Jo e Alex, que tiveram plots interessantes. A garota, até então focada na pediatria, acabou descobrindo que a ortopedia faz a sua cabeça – o que foi confirmado pela “máquina da verdade” de Derek em I’m Winning. Alex, por outro lado, ficou mexido com a presença do todo poderoso médico particular, que faz apenas uma cirurgia por dia, joga golfe no escritório e tem, além de muito dinheiro, o seu nome gravado em uma caneta. Devemos ver o desfecho dessa trama em breve. E como não sabemos nada sobre um novo contrato para Justin Chambers, é impossível prever se Alex vai ficar no hospital ou partir em busca de uma condição financeira melhor.

Derek e Meredith superaram em definitivo sua “rusga” quanto às escolhas profissionais dele. Com o marido doente, ela assumiu a apresentação para os médicos famosos e importantes. Agradou a todos, e deixou Derek bem contente. E no episódio seguinte foi a vez de Derek devolver o apoio recebido, ao perceber a “inveja” de Meredith e permanecer ao lado da esposa enquanto ela morria de ciuminho da indicação de sua person ao Harper Avery.

E já que eu falei disso, aproveito pra comentar que foi interessante ver a reação dos demais médicos à indicação de Yang. Hunt se mostrou companheirão, e foi o único com o qual Cristina foi verdadeira: foi pra ele que ela revelou querer e, especialmente, esperar o prêmio. Meredith fez de tudo para esconder a sua inveja, e conseguiu estar ao lado da amiga e suportá-la, mesmo querendo estar no lugar dela. Eu não esperava outra coisa de Mer. Shane agiu como se fosse um dos indicados, e acabou dando mais mostras de como se considera superior aos demais residentes. Seu comportamento só não me desagradou mais por que a Stephanie bem que estava merecendo. Bailey foi a rainha do recalque. Nossa, desgostei imensamente das reações dela, principalmente por ela ter descontado em Mer toda sua frustação. Como sempre, o Chief conseguiu realinhá-la, mas foi desnecessário o showzinho, Miranda, fica a dica. E Calzona descobriu que, no final das contas, não quer um prêmio. Quer…

… um bebê! Sim, o casal dá mostras de ter superado definitivamente os tempos conturbados e decidiu dar um irmão/uma irmã para Sofia. Coisa fofíssima. Só espero que não venha tragédia desse plot! Favor deixar o casal em paz, Shonda.

grey's anatomy - i'm winning 2

Foi interessante, em I’m Winning, observar Cristina e sua forma de conduzir tudo. Em You Be Illin os roteiristas já haviam feito questão de ressaltar o quão poderosa Yang é, através do caso dos três irmãos com a mesma cardiopatia. E no episódio seguinte vê-la operando o menininho de forma inédita confirmou isso. Cristina Yang é a melhor cirurgiã cardíaca do mundo, e disso não há dúvidas. Só não sei o que um Harper Avery significaria pra ela, que já é tão convencida (e não me entendam mal, eu amo a Yang). Acho que descobriremos isso no episódio de amanhã, já que é nele que o ganhador do prêmio deverá ser anunciado. E ganhando ou perdendo, esse fato deverá nos ensinar muito sobre ela.

Achei muito bacana acompanhar dois casos que exigem uma certa continuidade nesses dois episódios. As vezes esses casos de longo prazo ficam um pouco esquecidos em Grey’s Anatomy, e é sempre bom poder criar aquela conexão emocional com os pacientes e suas famílias, mesmo que seja para chorar rios de lágrimas quando eles morrem. E acho que ainda veremos mais dos casos, especialmente do que a Bailey está investigando. Um baita acerto nessa reta final de temporada.

E para finalizar, preciso dizer que é legal ver o Chief como o responsável pelos residentes. Ele está cumprindo bem o papel, e voltou a ter um plot legalzinho em GA. Yay!

Amanhã vai ao ar Go It Alone. Espero que seja um episódio marcante, e que fique nas nossas memórias por um longo tempo. Afinal, Sandra Oh e sua Yang merecem.

P.S.1: me agrada ver a Jo peitando o Alex, como na questão do empréstimo estudantil. Ele precisa de uma mulher forte ao seu lado.

P.S.2: foi muito engraçado ver Derek falando que Callie tem uma crush em Meredith. Aliás, tem como não morrer de amor pelo fofo do Bailey? Não! <3

P.S.3: talvez Yang perca o prêmio e resolva ir atrás de novos ares e motivações profissionais. Talvez.

P.S.4: não vou comentar muito sobre Japril porque estou num momento de pouca paciência com eles, novamente. April poderia ser um pouco menos chata sobre as condições financeiras e os hábitos do Jackson, não?

P.S.5: só nos restam 5 episódios de Cristina Yang. Já podemos começar a chorar?

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account