Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – Put Me In, Coach

Pin it

Série: Grey’s Anatomy
Episódio: Put Me In, Coach
Temporada:
Número do Episódio: 8×07
Data de Exibição nos EUA: 27/10/2011

E o destaque da semana vai para …. Alex Karev, o mais fofo dos ogros (sim, ele ganha do Shrek). Mas a competição foi acirrada. Isso porque as cenas entre Mer e Yang, deitadas no campo de jogo ou bêbadas, passaram a morar no meu coração. Assim como entrou no rol das cenas épicas o bate-boca entre Grey e Bailey. E ainda teve o surto de amor de Lexie e a bolada no peito da oftalmologista. Além da fofa cena final. E então, foi ou não difícil dar o troféu destaque para Karev?

E por que ele mereceu? Porque ele está correndo atrás de “redenção” por ter entregado Meredith. Porque ele lutou pelo desfecho do caso Zola, enquanto Janet estava “sentada por aí, em uma praia qualquer”. Porque ele está demonstrando preocupação com os demais. Com Meredith, acima de tudo. A única que esteve sempre ao lado dele, mesmo quando as %#&*% que ele fazia eram enormes e todos os outros lhe davam as costas. Então, foi super fofo e simbólico ele correndo atrás dos responsáveis pelo caso de Zola, para que a pequena volte logo para os braços de Mer e Derek. E para que a menininha tenha todo o cuidado médico de que necessita. Então, mesmo que ele tenha “jogado” com a pinta da atendente, alertando para um possível câncer, ou cometido crime federal, na abordagem ao juiz, o prêmio é dele. E acho que não preciso falar mais nada. Sinto apenas que ele tenha acabado o episódio sozinho.

O jogo de softball rendeu ótimos momentos no episódio. Cenas hilárias. E uma cena bonita, na qual Owen, cumprindo magistralmente o papel de chefe, fala para seus comandados. Eles podem ser os piores jogadores de softball do planeta. Mas quem se importa? Nas salas de operação, eles botam pra quebrar. E é isso que importa. Dentro de um hospital, eles são o melhor time, pra sempre. E tenho dito.

Callie, mais uma vez, esteve ótima. Adoro ver as cenas dela arrasando na sala de operação. Acho muito bom que a personagem não ficou reduzida às cenas família. Ela reconstruiu a mão do artista, e deu dicas valiosas para April. Falando em April, com tanto atendente qualificado e tanto residente que sabe o que fala dando palpites, ela vem se tornando uma pessoa bem mais aceitável nesses últimos tempos. Espero que isso continue.

Derek, depois de todo o drama “te amo, mas não consigo te perdoar” com Meredith, tem estado perfeito. Em sua melhor forma, eu diria. Se superando em casos difíceis. Voltando a fase “Deus da Neuro” que todos adoramos.  Ultrapassando os problemas pessoais para ser um médico melhor. E ele voltou a ser carinhoso com Mer. Para tudo ficar perfeito, só falta Zola voltar para casa.

Enquanto isso, Cristina voltou ao básico. Ao trabalho sujo (adorei o paciente rindo dela, sobre ela “limpar os banheiros”). Às angioplastias. E, finalmente, Teddy conseguiu o que queria. Que Cristina, voltando ao princípio, passasse a ter mais respeito pela doença, pelo paciente. Pelo coração. Agora, Yang pode fazer uma lista de desejos. E nós poderemos ver a Yang bad ass de volta, arrasando na O.R. Nossos sonhos também se tornarão realidade.

Gostei da participação de Henry no episódio. Ele e Owen funcionaram bem montando o time. E é legal ver como ele faz o contraponto à “mulher de paciente histérica” interpretada por Altman. Ele está doente, mas aceita isso, e lida com a questão de forma leve. E ficou muito bem de “uniforme”. Então, que retorne outras vezes.

Bailey continua ótima. Lutando para não precisar de Meredith, e precisando cada vez mais. Tentando ser auto-suficente e durona, mas, finalmente, dando o braço a torcer. E da parceria com Mer virão cenas ótimas. Mal posso esperar.

Lexie foi outra que mandou ver em Put Me In, Coach. Ela está cada vez mais afinada com Derek. Os dois fazem um bom time na Neuro. Mas, o destaque dela no episódio foi o fato de ter percebido o quanto ainda ama Sloan. E de não ter tentado esconder isso de ninguém, nem mesmo de Avery (que, a propósito, virou BFF de Mark). Pena que ela se deu conta disso bem no momento em que ele começa a seguir adiante. Não sei se Shonda pretende juntar Sexie em breve. Mas torço que sim. Até por que acho que o namoro com Avery subiu no telhado, de vez.

E o que dizer de Meredith? Se o destaque do episódio foi de Karev, o destaque da temporada é ela. A cada episódio, amo mais Mer. Ela esteve bem nesses 7 episódios. E está crescendo muito. Acho que teremos muita coisa “boa” envolvendo a personagem nessa 8ª temporada. Foi lindo que ela descobriu o equivoco da mãe e achou a saída para o estudo clínico de Bailey. Ou seja, o que já sabíamos se confirmou. Agora, é torcer para que Shonda não escreva nenhuma daquelas cenas nas quais Meredith arruina tudo. Cruzem os dedos!

Na próxima semana, voltaremos a ver um personagem que não aparecia há muito tempo. Quer saber quem é, e que desdobramentos sua volta pode trazer? Assista a promo de Heart Shaped Box. Até a próxima semana!

P.S.1: April acha que ouviu seu coração cantar! E eu ri muito disso.

P.S.2: Owen está crescendo, ocupando bem a função de Chefe. Mas o eterno Chief será Weber. E a cena na qual ele controlou os ânimos de Mer e Miranda demonstrou isso. A cena foi hilária, e as palavras de Weber foram muito sábias. Adoro esse homem!

P.S.3: Put Me In, Coach foi um episódio lindo, memorável. E cada um dos personagens teve seu momento, embora alguns tenham aparecido menos. Enfim, adorei o episódio. Quero muitos desses pela frente!

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

4 Comments

  1. Tatiana

    Aiiiiiiiiiiiiii eu amei esse episodio, e sim AMO o Karev que ogro mais fofo e que mostra para as pessoas que ele tem um excelente coração; Só falta duas coisas para ele ficar bem de vez, um Amor e voltar para pediatria que é o ramo dele e ele quer ignorar;

    Cristina finalmente percebeu que o basico nem sempre é ruim, tomara que ela faça %#&*%

    Mer está dominando a temporada…..tomara que continue assim.

    Lexie finalmente percebeu a verdade….ufaaaaaaaaa já não era sem fim. Sobre o Avery ele só está colhendo o que plantou…….se ele tivesse ido pelo caminho certo talvez as coisas seriam diferente.

    O Avery vai acabar ficando com a April(que está melhorando, mas ainda chatinha).

    A Bayle eu sinto falta dela em SO. Acho que ela está muito “oprimida”

    Henry pode aparecer mais vezes Ok, vc é muito gato e faz bem para meu olhos……rsrsrsrsrsrsrrs

    Enfim bons episodios nesta temporada de GA

  2. gessy ross

    Não torço por um Sloan + Lexie returns…. acho que ele rende mais solo e não acho a quimica tudo isso q. vcs dizem. Bom agora como não adorar Mer e Cristina. A cena q. Cristina disse q. a mãe da Mer estaria orgulhosa foi hilaria.!!! E Karev? O que dizer desse homem nesse episódio? foi PeRFeito!
    Em suma foi um episódio arrebatador onde todos tiveram seu devido destaque e arrasaram.
    Torcendo pelo retorno de Zola! ASAP!

  3. !3runo

    Um episodio que deu atenção a todo mundo – e funcionou. Mão de mestre da S. Rhimes. Ela está se superando a cada episódio. Lembrou-me as melhores temporadas de ER com Mark, Elizabeth e Carter. Que venham muito mais assim!

  4. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 14 a 20/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account