Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – Moment of Truth

Pin it
Série: Grey's Anatomy
Episódio: Moment of Truth
Número do Episódio: 8x21
Exibição nos EUA: 26/04/2012

É chegada a hora da verdade. E a verdade é que seguindo a tendência dessa 8ª temporada, Moment of Truth foi mais um excelente episódio. Cheio de momentos de tensão, em razão das provas dos nossos cinco “guerreiros”. Com alguns momentos fofos e outros mais quentes, de pegação. Com a triste partida de Tommy. Mas leve e divertido, por outro lado.

A maior responsável pelos momentos cômicos da semana foi Callie. Ela incentivou Mer a ir para São Francisco, mesmo com Zola doente. O incentivo foi a promessa de que Zola ficaria muito bem cuidada por todos os médicos da “grande família” que Derek e Mark formaram. Tudo isso só para virar as costas no momento seguinte, com medinho da infecção viral da Zola. Papai Derek teve que se virar sozinho, e o resultado disso foi Zola vestida de abelha no final do episódio, pois suas roupas estavam todas vomitadas. E ficou tão bonitinha nossa abelhinha Zozo. Callie ainda passou o episódio inteiro dramatizando a briga entre Owen e Teddy, tudo para garantir que Miranda tentasse colocar um fim na disputa entre os ex-amigos. E a morena conseguiu o que queria. Ponto para Callie.

Também ri muito da April em Moment of Truth. E desde o início do episódio, confesso. Ela chorando e sendo incentivada por um já impaciente Owen foi impagável. O fora da ruivinha com o concorrente à vaga de emprego também foi engraçado, mas ainda mais hilário foi o surto dela no bar, distribuindo socos e agindo como uma perfeita louca. E não é que a confusão toda serviu para acender algo há muito apagado naquele corpo, e a chatinha oficial de Grey’s Anatomy deixou o time das virgens – que agora está sem representante, pelo que me consta -? As risadas finais foram para o papo de Jesus. Como assim, April? Estava claro que o pós-sexo com Kepner não seria normal, mas eu nunca cogitei essa explicação para a virgindade dela. A ruiva perdeu o controle, e prevejo momentos tensos na prova oral.

E se Kepner perdeu o controle, acho que o mesmo não aconteceu com Jackson. Apesar de pegar a mãe vestida com a camisa de Richard, ser ignorado por April e ver seu lápis da sorte esfacelado, acho que ele vai se dar muito bem na prova, já que manteve a confiança. E torço por ele, de verdade. De todos os residentes oriundos do Mercy West, ele é o que tem meu afeto.

E além do meu afeto, ele tem toda a afeição de Sloan, que andava meio sem rumo ao perder seu residente favorito. Tão sem rumo que ele resolveu procurar a dona do seu coração – Mark, esse rolinho com a Julia não nos engana – e confessar que sente sua falta, rendendo os momentos mais fofos da semana. Os fãs de Slexie certamente ficaram mais felizes e esperançosos após Moment of Truth, ainda que tenha havido aquele momento básico “Lexie sofrendo por Mark” no final do episódio. Momento que eu adorei, e não por sadismo, mas por achar muito legal quando rolam esses momentos “irmãos” entre Lexie e Derek. Acho que logo Mark ficará solteiro, Lexie conseguirá dizer que não ama o Avery, mas sim seu mentor, e eles se pegarão. Ainda nessa temporada.

E rivalizando com a fofura de Slexie, Meredith e Cristina. Sério, como lidar com a amizade das duas? O papo pela porta foi lindinho demais, especialmente a parte em que Mer diz que se Yang for embora, não será apenas Owen que ficará para trás. Tem como não amá-las? Não tem, especialmente porque elas estão sempre ao lado uma da outra nos momentos de precisão, ainda que isso signifique visitar a amiga com máscara e luvas cirúrgicas. Graças a Yang foi possível Meredith ir fazer a prova, ainda que os cuidados de Cristina não tenham resultado na cura de Meredith. O que leva à uma teoria inevitável: os culpados pelos enjoos seriam Zozo e o maléfico vírus, ou Derek e o bebê que vem por aí? Pois é, acho que agora que Mer e Der não se preocupam mais em garantir uma gravidez, eles conseguiram. É apenas uma teoria, e estou tentando não me apegar muito nela. Mas seria lindo demais, e ainda garantiria – eu acho – a permanência do casal em Seattle e, com isso, Pompeo e Dempsey na próxima temporada.

E por falar em amizade, acho que finalmente Teddy tentará se reaproximar de Owen. Depois de ouvir as sábias palavras de Bailey e voltar para a realidade, Teddy se aproximou de Hunt, ainda que rapidamente. Eles se reaproximarão logo, creio eu. O que pode ser um indício de que as especulações daqui e daqui estão corretas.

Falando em especulações, muito se falou que algum dos residentes não passaria nas provas. E creio que Alex não passará, de fato, já que não chegou a tempo para o teste. Talvez Arizona mexa os pauzinhos e consiga que o coração de manteiga seja entrevistado, já que a ausência dele se deveu ao zelo excessivo com um paciente. Mas não sei se isso irá acontecer mesmo. Só sei que é a cara do Alex voltar para Seattle para acompanhar Tommy, ainda que isso custe a sua carreira – ele vive fazendo coisas que poderiam custar a carreira. E é por essas e outras que amamos tanto Karev, o ogro com o maior coração do mundo.

Nessa quinta-feira tem episódio novo, Let the Bad Times Roll. Descobriremos como foram as temidas provas orais, e quem segue adiante e quem fica. Mais alguém suando frio?

P.S.1: R.I.P Tommy. Estávamos torcendo por você.

P.S.2: pra evitar a fadiga, não falarei de Crowen nessa review. Só afirmo que acho que, contrariando o que eu afirmei anteriormente, eles voltarão. Em breve, e após uma decisão consciente de Yang.

P.S.3: só mais três episódios para o final de temporada? Quero uma 8ª temporada eterna, tem como?

P.S.4: adorei o plot de Richard e Mamãe Avery. Quero ela fixa na 9ª temporada. Favor providenciar, produção.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

4 Comments

  1. Tati Siqueira

    Gostei bastante deste episodio…..momentos de pura emoção e ansiedade… Continuo afirmando que gosto do Owen e acho que eles merecem uma chance tanto ele perdoando ela pelo aborto e ela pela traição.

    Amei a Bailey colocando a Teddy em seu lugar….já não era sem tempo……..cansei dela.

    Alex, meu queridoooooo tinha que ser vc again…….sempre aprotando alguma coisa e ficando por último……espero que ele consiga fazer a prova…..pois ela já provou que cresceu e muito como médico.

    Mer gravida será???????? E tem como não se emocionar com a cena da mão em baixo da porta…….linda amizade.

    Enfim falta pouco para o final…….

  2. Dierli M Santos

    não tinha pensado que o enjoo da meredith pudesse ser um bebê. seria bem legal.

    linda a cena dela com cristina, uma das melhores amizades das séries.
    gostei muito do episódio, ansiosa é pela season finale.

  3. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 4 a 10/6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account