Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – It’s A Long Way Back e White Wedding

Pin it

Série: Grey’s Anatomy
Episódio: It’s A Long Way Back e White Wedding
Temporada:
Número do Episódio: 7×19 e 7×20
Data de Exibição nos EUA: 28/04/2011 e 05/05/2011

Já que o propósito do acidente de Callie e Arizona era o musical, nada mais óbvio que, para o bom andamento (leia-se rendimento) da trama houvesse uma passagem de tempo. Pra mim isso é até um grande alívio uma vez que não foi fácil aguentar a depressão de Cristina e não seria fácil ver a recuperação de Callie se arrastar.

Mas o episódio se resumiu à apenas isso. Vale a pena, no entanto, ressaltar mais uma vez que Alex Karev desponta como um dos melhores personagens dessa temporada e desponta igualmente na corrida para chefe dos residentes. Ele, verdade seja dita, é o médico mais completo ali. Tem o talento (e quem acreditaria hein? Lembram-se quando ele reprovou no exame prático e quase saiu do programa lá na saudosa segunda temporada?!), não tem algum drama pessoal (vide tentativas de gravidez; depressão etc) e alem disso, Karev faz o que tem que fazer para ajudar seus pacientes, e isso falta aos outros concorrentes.

A surpresa do episódio foi o “novo” Stark. Devo admitir: me conquistou. O casal também, inclusive, ele e Kepner começaram a encontrar o tom desse relacionamento e espero coisas boas para os próximos episódios.

Na ultima quinta feira, dia da exibição desse episódio lá nos EUA, aqui no Brasil o STF julgou por unanimidade o reconhecimento da união estável entre pessoas do mesmo sexo.

Também não houve como não pensar no casamento da década em que o mundo parou pra ver o primogênito da lady Diana casar. Esse episódio de Grey’s foi preciso, pra não dizer uma grande coincidência.

Mas seguindo, colocando de lado o fato de que eu não gosto de Callie e Arizona juntas (porque funcionam melhor sem ser um casal. Ao passo que Callie e Hann eram ótimas juntas, mas divago….) esse casamento foi ruim porque Shonda pode casar todo mundo ali e nenhum deles vai chegar aos pés do casamento de Karev e Izzie. Sim, a loira ingrata que não está mais no show (e agradecemos profundamente por isso). Aquele casamento sim foi a coisa mais linda.

Callie teve que lidar com a ignorância da mãe no dia que deveria ser o mais feliz da sua vida, mas isso aí é esperado, pessoas como ela existem aos montes e vai demorar muito pra isso mudar.

Foi um pouco decepcionante ver Callie e Arizona subindo ao altar e os protagonistas da série, que ficaram numa indecisão por uma eternidade, se casarem no civil e nem ao menos ter uma aliança!!  Meredith e Derek mereciam mais. Os fãs também, com certeza.

Paralelo a essas tramas, houve alguns avanços na corrida para chefe de residentes. Karev e suas crianças da África disparam, vamos combinar né? Mas é interessante, por exemplo, que essa disputa deu a Avery um propósito a se empenhar. Foi bacana vê-lo trabalhando com Chief. April Kepner pra mim é a que menos tem perfil, apesar de ser uma boa médica. Ela não é do tipo que lidera, não sabe trabalhar com pressão, se envolve demais e perde o objetivo fácil. Ainda assim, claro, é uma boa médica. Cristina, também não é a melhor candidata, ela perdeu posição com o problema pessoal que teve e acho ser um pouco tarde pra competir de igual com os outros.

Teddy deu uma desculpa ridícula e até agora não faz sentido pra mim ela afastar Cristina porque aparentemente esta não entende que teve sorte; o motivo continua sendo pra mim ciúme e inveja. Mas mesmo que fosse o caso, mesmo que se tratasse dessa auto suficiência de Cristina, ela é como House, não atende hierarquia se achar que está certa e ela simplesmente é talentosa. Não se pode querer uma explicação racional pra que, mesmo como residente, ela se destaque mais que a atendente (bem como os insights de House, ele simplesmente tem e ponto final), Teddy precisa lidar com isso.

Meredith, por fim, não tem estabilidade pra coordenar nada no momento. Aliás, depois do que ela fez mexendo nos resultados e alterando-os para ajudar Adele, ela regrediu dez passos e me lembrou a insegura e imatura Meredith de alguns anos atrás. E agora ela e Derek estão tentando ter um filho, o que atrapalharia tudo.

Ficou um ponto de interrogação na minha cabeça sobre a criança que eles querem adotar. Não sei se só eu que observou dessa forma, mas Meredith não quer adotar aquela criança. Derek quer. E eu diria mais, Meredith quer ser mãe porque Derek quer ser pai. Cenas do próximo capítulo.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

3 Comments

  1. Tatiana

    Oi Lara, qto tempo………..rsrsrsrs bom vamos lá o episodio musical serviu para mostrar que a Caliie sabe cantar, o amor que ela e a Arizona tem juntas(eu gosto do casal), e excelentes musicas que já estão em meu MP3, gostei da passagem do tempo em Greys, foi bom não ficarem presos a dramas e coisas e tais. O medo que a Callie demonstra no episodio passado(para mim, pois assisto pelo USA)ao levar a Sofia para casa é tão real que me comoveu….muitas mães tem esse medo do start inicial da vida com filhos(não tenho filhos).

    Agora o White Wedding, vem mostrar como personagens que eu adoro crescem sem vc nem perceber( I love Karev forever)como ele evoluiu como médico e como pessoa principalmente parabéns ao ator e principalmente aos roteristas que pegaram um personagem que tinha tudo para ser odiado e está sendo amado.

    De todos ali que concorrem ao cargo acreditava que a Cristina ganhava fácil, mas ela se deixou dominar pelo medo inicialmente, e agora pela “imposição” de não poder fazer o que gosta(cirurgia cardiaca) – Um parentese aqui…..apesar de eu achar que ela errou entre aspas, ao passar por cima da Teddy, eu até entendi o medo da Teddy que a Cristina se torne tão “superior” que não veja seus próprios erros….enfim cenas do próximo episodio;

    Sobre o Derek e a Mer……achei errado o que ela fez, mas não vi maldade….e acredito como vc que ali o amor é unilateral a criança.

    Para quem não acompanha pelo USA – NÃO LEIA

    PS – Private consegue a cada dia mais ser cansativo e aborrecido; Nada melhora ali, só gostei do casamento do

    Cooper e da Charlotte(amo esse casal) que foram contra tudo e contra todos…….A Naomi voltou????Tinha que voltar?Sério???O Sam e a Addie separaram, ufa alivio……até que enfim acordaram….sou masoquista mesmo em assistir e ensistir em Private Practice……..

    Bjs

    Tati

  2. Lara Lima

    Eii Tati!! Tempo mesmo…

    Então, o episódio musical não me desce de jeito nenhum.

    Sobre a Mer ter trocado o resultado, eu também não vi maldade, mas é uma tremenda falta de ética e não condiz com a personagem de hoje.

    E sobre PP, menina, se tu não fala eu não sabia porque esses últimos meses foi bem apertado pra mim, aí as séries que não me empolgavam tanto acabei deixando de lado e PP foi uma. Mas fico feliz em saber que Addie e Sam terminaram e Cooper e Charlotte casaram. Eu vou assistir e depois te falo o que achei.

    Bjs.

  3. Tatiana

    Vixi….entreguei o episodio…..achei que vc tivesse assistido……sorry!!!!!Depois me diga o que achou.

    Sim a ética passou longe dali….uma pena pois a personagem melhorou bastante.

    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account