Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – If Only You Were Lonely

Pin it

Série: Grey’s Anatomy
Episódio: If Only You Were Lonely
Temporada:
Número do Episódio: 8×16
Data de Exibição nos EUA: 23/02/2012

Vamos começar essa review de forma diferente. Mas nem tanto. If Only You Were Lonely foi um bom episódio, que deu continuidade nas histórias de Have You Seen Me Lately e nos dramas de Yang/Owen e Richard/Adele. Mas apesar de ser um bom episódio, ele não me empolgou, talvez pelo ritmo “mais lento”. O que é natural, já que foi o 16° de uma temporada cheia de acontecimentos, e de muita qualidade. Pra vocês terem ideia, o último episódio que foi bom, mas não me deixou empolgadona, foi What Is It About Men (8×04), nos idos de outubro de 2011.

Richard está pagando todos os seus pecados. Deu dó de vê-lo chorando, desesperado com a possibilidade de quebrar seus votos e colocar Adele em um novo lar, com assistência. Como ele mesmo disse, foram muitas as vezes que ele quebrou seus votos, que ele deixou a mulher em 2°, ou até em 3° plano. E quando ele finalmente resolveu se dedicar mais à família, e menos ao hospital, quis Shonda Rhimes que sua mulher sofresse com o Alzheimer. Ironias de Shondaland. Vamos ver o que irá acontecer daqui para a frente, mas não espero nada menos que muito drama. (E que show da Devine, né?!).

Mer está toda pilhada, descobrindo as maravilhas da medicina sob a batuta da exigente e competente Callie. Acho muito legal ver Mer com aquele brilho no olhar, toda sorridente, por que está descobrindo novas doenças e procedimentos. É legal ver que nossa protagonista querida retomou o rumo e o destaque que andaram um pouco perdidos.

Shepherd bancou o paizão no episódio, já que mamãe Mer está muito ocupada para passar tempo com Zola. Alguém não achou extra cute a cena de Derek e Zola e Mark e Sofia na creche? Fiquei com um sorriso abobado, especialmente quando Mark arranhou o espanhol para falar com a filhota. E foi bonitinho, também, ver Shepherd preocupado com a possibilidade de a filha estar sofrendo preconceito, já que era alvo de olhares esquisitos. Mais legal ainda foram os diálogos dele com Bailey, e Miranda ensinando ele a arrumar o cabelo da pequena.

E já que Derek estava “de folga”, paparicando a rebenta, Lexie esteve livre para alçar vôos longe da Neuro. Achei legal a participação dela no caso de do bebê de Morgan, gosto das parcerias dela com Karev – que, afinal, sabe ensinar e explicar. E a interação dela com os pacientes também costuma ser bacana.

E, falando do caso, o comportamento de Chris, o pai do bebê, foi péssimo. Me irritou muito ele calculando as chances de sobrevivência do pequenino a cada momento, e optando por fazer nada, devido à matemática. Mas Alex nunca desiste, e disso nós – e Arizona – sabemos bem. Ele foi o suporte que Morgan precisava, e está conseguindo manter o bebê vivo. E com o rompimento entre ela e Chris, senti uma fagulhinha no ar. Morgan parece ser uma pessoa legal, e aparentemente compreende Alex. Poderia ser legal um envolvimento entre eles.

Mark mais uma vez esteve ótimo – ele teve algum destaque no episódio. O que foi a cena dele incentivando April a passar para um novo status em sua relação com Avery? Ri demais da expressão apavorada de Kepner. Mas, no final do episódio, Sloan constatou que Jackson ainda tem sentimentos por Lexie. Seria esse um fato que pode trazer problemas para o bromance dos dois? Ou, pior, impedir uma reaproximação Sexie?

E, enquanto todos se dedicam aos seus casos médicos, e aos estudos para as provas, Yang surta com a possibilidade de estar sendo traída. Acho muito chato quando Yang perde o foco na medicina e dedica 100% de sua atenção a fatores extra-hospital: ela fica perdida e abobada, totalmente não-Cristina. Mas é óbvio que compreendo o momento. Aparentemente, a relação dela com Owen não melhorou nada depois da sessão de terapia. Nem o sexo – que foi usado como forma de evitar a conversa, no início da temporada – cola mais. E, todos os indícios de traição estão ali, por mais que ela relutasse muito em aceitar isso (o papo dela para o paciente, de que as vezes supomos com base em sinais inexistentes, foi pra inglês ver, e pra ela mesmo ouvir). Owen não volta mais para casa à noite, e a enfermeira que só dorme com atendentes mudou sua agenda. Não sei se Owen seria capaz de trair. Ele me parece bruto, mas honesto. Acho que ele optaria pela separação. Mas, de qualquer forma, ainda precisaremos descobrir isso. Só espero que Yang não fique surtando por aí, e deixe seus deveres médicos de lado.

E, falando em Owen, acho que Teddy passou do limite nesse episódio. A mágoa dela é compreensível, e eu sempre defendi que Owen não agiu bem na questão de Henry, e que a amizade deles nunca voltará a ser a mesma. Mas Hunt é o chefe de cirurgia, e é necessário que Teddy tenha compreensão disso e, mais importante, o respeite quando o assunto é trabalho. Acho que Callie e Arizona podem ajudar ela a perceber isso.

Enfim, pra mim If Only You Were Lonely cumpriu o papel de dar seguimento aos arcos da temporada, e de delinear para onde vamos. Por isso, apesar de não ter sido um extraordinário episódio, foi gostoso de se ver. Mais um acerto nessa temporada.

Agora, Grey’s retorna apenas em 15/03/2012, com o episódio que deve se chamar Have to Say Goodbye. Então, até lá.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

2 Comments

  1. Bruno

    Summer Glau (Serenity, The Sarah Connor Chronicles) fazendo uma ponta. Desde a enfermeira Rose não colocam uma convidade especial tão bonita como enfermeira…

    Quanto ao episódio foi pra lá de chato :(

  2. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 16/4 a 22/4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account