Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – Go It Alone

Pin it
Série: Grey's Anatomy
Episódio: Go It Alone
Número do Episódio: 10x20
Exibição nos EUA: 17/04/2014
96
4.8
3

O dia da entrega do Harper Avery chegou. Trouxe com ele uma série de questões. E foi embora, deixando Cristina Yang desconcertada e de mãos vazias.

Na review de I’m Winning eu já havia mencionado que achava que Yang não ia levar o prêmio. Justamente porque ela estava MUITO confiante, e é a cara da Shonda dar esse tombo em Yang e encaminhar a sua saída. E ela encaminhou, por bem ou por mal.

Ninguém duvida do brilhantismo de Yang. Do quão genial ela é. Mas talvez – e apenas TALVEZ – sua arrogância a impeça de ser A MELHOR. Talvez em seu habitat comum, o GSMH, ela não esteja mais sendo desafiada à altura. E essa ausência de estímulos e desafios, além do excesso de dramas e tramas pessoais, deve ser o gancho para a partida de Yang. Com a perda do prêmio, ela deve se dar conta de que sua vida precisa de um chacoalhão. E ele virá com a sua partida (só mais quatro episódios, tristeza).

O mais importante nessa trama toda, pra mim, foi ver que Hunt e, principalmente, Meredith, foram até Boston para ficar ao lado de Yang. Mostra o quanto os dois conhecem a amiga: sabiam que apesar da carapaça durona, Yang precisava de apoio. Afinal de contas, até a mais badass das cirurgiãs cardíacas tem seus momentos de insegurança.

Eu não sei como Yang vai reagir à perda. Não sei se ela vai se fechar, se ela fará a Olivia Dunhan e será blasé. Só sei que suas reações de agora moldarão o final da personagem. Então, torço pra que o plot seja lendário.

Além de trabalhar a questão do Harper Avery, Go It Alone trouxe de volta o mimimi interminável e chatíssimo de Japril. É claro que o casamento dos dois não apagaria suas crenças diferentes e suas visões de mundo desiguais. Mas toda essa discussão, apesar de crível, me cansa demais. E tende a continuar cansando, já que April saiu de casa, mas as coisas não devem ficar assim, e muita água ainda há de passar por debaixo dessa ponte antes de Jackson aceitar o Senhor Jesus no seu coraçãozinho ou de Kepner parar de ter dó do marido descrente. Será que é possível que os dois personagens resolvam ir embora de Seattle? Os fãs agradecem.

JERRIKA HINTON, TESSA FERRER, CAMILLA LUDDINGTON

Os casos médicos iniciados nos dois episódios anteriores seguem de vento em popa. E agora vejo que essa tragédia cardiológica no meio da qual Yang se encontra deverá ser o seu caso de despedida. E que caso: 3 irmãos na lista de transplante. Não tem como não se solidarizar ao drama da família.

O caso do garotinho com imunidade inexistente também é muito interessante, especialmente porque é o responsável por fazer Bailey voltar a ter uma trama legal. Mas eu estou um pouco com o pé atrás em relação ao desfecho da trama. Me parece bastante arriscado o tratamento que Miranda escolheu, e se ela errar as consequências podem ser desastrosas. Torço para que meu sexto sentido esteja errado.

Os residentes estão mais interessantes pra mim agora (especialmente depois que descobri que dois deles não continuarão na série). Vê-los fazendo plantões intermináveis e se desdobrando entre os conhecimentos de várias áreas é bacana. Me agrada especialmente a Jo, que tem um destaque bacana em qualquer área médica, e ainda tem funcionado muito bem com Alex.

E por falar no Karev, ele também está se desdobrando para continuar mandando bem no hospital e nos plantões particulares. Mas quando Robbins descobrir, as coisas tendem a ficar um pouco piores: será que o amor da pediatra pelo seu pupilo será o suficiente para fazê-lo permanecer? Estou doida pra saber esse desfecho.

Greys Anatomy - Go it Alone 2

Outro plot que me agradou em Go It Alone foi o de Calzona, que voltou à fase de águas tranquilas e felizes. Callie carregará o novo bebê do casal, e Arizona terá muitos vestidos de festa vomitados. Coisa mais fofa <3

Aliás, tirando Japril, tá sendo bacana acompanhar as tramas “casal” desse final de temporada. Mer e Der sendo Mer e Der enquanto equilibram a vida pessoal e profissional me faz muiiiiito feliz. Meu ship mais antigo consolidado e estável = muitas razões para sorrir.

Amanhã vai ao ar Change of Heart. E é exatamente para isso que devemos estar preparados: mudanças. Só nos restam 4 episódios, então elas devem vir aos montes. Até lá!

P.S.1: cena Mer-Yang-Karev fofíssima e cheia das implicâncias que só eles conseguem fazer com tanto amor. Quero muitas nesses últimos 4 episódios.

P.S.2: Bailey é fofíssimo! Quero ele em todos os episódios. Mas sinto falta das garotinhas, ainda.

P.S.3: por culpa do Chief não tivemos tequila no Joe’s. Que raivinha!

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account