Log In

Reviews

Grey’s Anatomy – Disarm

Pin it

Grey's Anatomy - Disarm
Série: Grey’s Anatomy
Episódio: Disarm
Temporada:
Número do Episódio: 7×11
Data de Exibição nos EUA: 6/1/2011
Data de Exibição no Brasil: 7/2/2011
Emissora no Brasil: Sony

Depois que assisti esse episódio vi no Twitter todo mundo elogiando, dizendo que ele relembrou os velhos tempos. O Paulo Serpa Antunes, inclusive, me escreveu dizendo que ficou com os olhos cheios d’água. Contudo, Disarm foi mais um episódio bom numa temporada que se supera e arrisca a cada semana, por isso não fiquei tão impressionada.

E por outras duas razões. Uma é que achei meio cedo pra Shonda Rhimes recolocar a questão do atirador em pauta. Ainda ontem eles estavam passando por isso e alguns nem se recuperaram e ela já nos remete àquele fatídico dia? A sensação é de que toda vez que um plot faz sucesso, tem-se a necessidade de trazê-lo novamente com qualquer desculpa esfarrapada.

A outra razão é que Grey’s Anatomy viciou nesse ramo de “tragédia pra impactar”. Parece que só assim as coisas funcionam. Disarm poderia funcionar como uma season finale, mas muitos iam reclamar em coro mesmo quando o episódio é satisfaz naquilo que propõe.

Um aluno levou uma arma para a escola e mais de vinte jovens foram para o hospital, inclusive ele mesmo. Yang estava na vizinhança e faz uma toracotomia em uma ambulância, justamente o motivo que precisávamos para que ela retornasse ao hospital. Já não era sem tempo! E a conversa das soul mates no final do episódio, vocês viram?? “Wanna get some crack-cocaine?!” Muito bom!!

Grey's Anatomy - Disarm
Arizona apareceu na porta de Callie, como quem foi ali na padaria e volta pra pegar o dinheiro que esqueceu, mero detalhe não vamos nos ater a isso. Fato é que Dr. Stark não foi páreo para ela e Karev, que expulsou o arrogante médico da sala de cirurgia.

Meredith e Derek se desentenderam na sala de cirurgia, bem exagerado a reação, mas considerando a situação (ele mesmo quase morreu e ela quase foi junto) foi compreensível. Bem como a reação de Dr. Avery quando descobriu que o atirador era o paciente na mesa de Teddy. É humano sentir o que ele sentiu, só que se ele selecionar quem quer salvar e quem não, sua carreira não tem muito futuro. Minha surpresa foi Cristina continuar operando, ela ficou traumatizada porque tentava salvar uma vida com uma arma apontada para sua cabeça, então sua reação calma foi sim surpreendente.

Tudo isso, no entanto, não ofuscou o tocante final de Disarm. 26 pacientes, vítimas de um adolescente, e nenhuma morte. Esse foi o episódio retorno de Greys’s Anatomy.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

1 Comment

  1. smiletic

    Lara, concordo com você: esse foi mais um bom episódio de uma temporada bastante consistente. Diria eu que uma das melhores do seriado.

    Já quanto ao fato de terem trazido outro tiroteio tão rapidamente: não achei. Na verdade foi bem adequado para encerrar a crise de Cristina, não consigo imaginar uma situação diferente dessa para trazê-la de volta ao hospital.

    No mais: Arizona e Callie começaram tão bem e hoje me cansam; Sloan e Lexie são muito bons juntos; Kareve é O CARA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account