Log In

Reviews

Gracepoint – 3 e 4

Pin it

 

Série: Gracepoint
Episódio: 3 e 4
Número do Episódio: 1×03 e 1×04
Exibição nos EUA: 16/10 e 23/10/2014

Culpa. Esse é um dos sentimentos mais fortes que existem. E Mark Solano está repleto de culpa. Na noite em que seu filho desapareceu e foi morto ele estava traindo sua esposa com Gemma Fisher, a dona do hotel e chefe da sua filha mais velha. A princípio era esse o segredo do pai de Danny. Gemma, ao saber que Mark está detido pela polícia resolve contar aos detetives que ele estavam juntos na noite do crime. Ellie mais uma vez se vê numa posição delicada onde precisa tentar controlar seus sentimentos e manter a serenidade que uma detetive precisa nesse momento. O Detetive Carver pode ser insuportável a maior parte do tempo, mas ele tem razão quando acusa a parceira de perder o foco porque os suspeitos são pessoas com as quais ela conviveu a vida inteira. E isso é que faz da dupla excelente porque Ellie tenta mostrá-lo que ele pode ser mais agradável e Carver que ela precisa ser mais firme.

Tom, filho de Ellie, revela a Carver que Danny apanhou do pai. Estaria Tom falando a verdade? O filho da detetive parece esconder muitas coisas, que ninguém parece perceber. O pai fica o dia inteiro com o menino mas não parece notar qualquer mudança no comportamento do filho. Na versão britânica há uma explicação. Não sei como irão lidar com isso em Gracepoint. No final do episódio vemos Beth flagrando o marido com Gemma mas não haverá um confronto de cara.

Beth conta para o Reverendo Paul sobre a conversa com o suposto vidente, Raymond, e temos mais uma oportunidade de presenciarmos a cumplicidade que há entre os dois. Na versão britânica o comportamento de Paul não era tão dúbio como nessa versão. Era um tanto claro que ele tinha um grande carinho pela mãe do Danny, nessa nova maneira de contar a história acho o personagem um pouco assustador. Pode ser a diferença de atuação, que pode ser proposital. O fato é que ele começa a ser um dos meus suspeitos. Susan Wright apesar de ser menos assustadora que a personagem da 1ª versão também entra para a minha lista. Eu sei – a não ser que mudem – o segredo dela mas mesmo assim não me assustaria se agora ela fosse a assassina de Danny. Para aqueles que gostam de buscar pistas quero dizer para prestarem bastante atenção no barco que apareceu pegando fogo. Ele é uma pista importante sobre como Danny chegou a praia. Mesmo os produtores garantindo que mudaram o assassino(a) não acredito que eles mudem o motivo

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account