Log In

Reviews

Gossip Girl – Pret-a-Poor-J e There Might be Blood

Pin it

Gossip Girl - Pret-a-Poor-JSérie: Gossip Girl
Episódio: Pret-a-Poor-J e There Might be Blood
Temporada:
Número do Episódio: 26 (2×08) e 27 (2×09)
Data de Exibição nos EUA: 27/10 e 3/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 4/1/2009
Emissora no Brasil: Warner

Após muito tempo sem inéditos, Gossip Girl volta com dois episódios, onde ambos têm como história principal Jenny Humphrey e ainda a aparição de um personagem dos livros, Aaron Rose. Agora que eu já comecei a ler o sexto livro, é possível perceber que embora a série não siga fielmente a história deles, pequenos fatos e personagens vão aparecendo no Upper East Side, mas não acompanhando uma ordem.

Talvez isso até seja bom, senão Blair e Chuck não ficariam juntos e não veríamos as cenas geniais entre eles. Não veríamos que eles se amam, mas que não podem dizer isto um ao outro por causa deles mesmos – senão eles não teriam mais motivo para ficar juntos já que eles gostam das “armações” que os levam a isto. E ver que o próprio Chuck é quem entendeu isso mostra como o personagem mudou de verdade, a ponto de dizer que o banco traseiro da limusine é “sagrado” para ele.

Outro personagem que mudou foi a Jenny, que de menina inocente, virou rainha por um tempo e agora quer lançar a própria linha de roupas. Graças aos conselhos da nova amiga Kaitlin, digo, Agnes, Jenny se convenceu que Eleanor a está explorando, o que é a mais pura verdade. E acabou se demitindo do estágio. Acho que essa amizade não vai dar certo, pois algo me diz que Nate não estará sempre lá para salvá-la e ser cúmplice das ideias dela.

Ideias como o desfile na festa de homenagem à Lily e Bart, que acabou sendo um sucesso e a fez aparecer no jornal, mas gerou inveja no irmão e deixando o pai bravo, a ponto dele a entregar para polícia. Achei um pouco exagerado, mas felizmente a Lily resolveu não prestar queixa, em parte por ter gostado de tudo. E o tal romance com o Nate foi muito repentino, tipo ele foi morar na casa dos Humphrey e começou a gostar dela? Tá.

Gossip Girl - There Might be BloodAgora, é impressão minha ou o Dan está cada vez mais irritante? Agora que ele e a Serena são amigos de novo, ele até ajudou a Blair com o negócio do “eu te amo” porque a S. pediu. O que eu gostei, pois adoro as cenas dos dois. Mas odiei quando a Vanessa contou do plano da Blair e do Chuck contra ela e ele resolveu atrapalhar. E ele ainda ficou com inveja da irmã e acabou terminando o texto sobre o Chuck e ainda o enviou para aquele escritor. Não gostei.

Outra coisa que não gostei foi a história da Serena e do Aaron. Primeiro porque cada vez que ela o via, ele estava com uma mulher diferente e segundo, porque aquela história do “casamento” foi repetida a exaustão. Além do mais, ele é muito diferente dos livros, onde ele meio que gosta da Blair, mesmo sendo irmão postiço dela, é vegetariano e tem trancinhas no cabelo. Em compensação, o nome do cachorro é o mesmo: Mookie.

Em um balanço geral dos dois episódios, acho que ambos foram bons e gostei muito do fato deles terem passado um após o outro. As histórias estão melhores e por mais que tentem, as da Blair quase sempre se sobressaem às da Serena, mesmo sendo o contrário nos livros. Vamos ver se isso continua ou não. Até o próximo episódio. XOXO

Séries citadas:

14 Comments

  1. Paulo Antunes

    Oi Maria Eduarda (vc não tem um apelido não)?

    Vou ser sincero contigo, Gossip Girl é uma série que eu apenas suporto. Mas estes dois episódios mexeram comigo, me fizeram curtir a série, ficar na expectativa. Espero que a partir daqui a série deslanche.

    Eu adorava a Willa Holland em The O.C. e fiquei surpreso com sua presença nestes episódios. A garota é atriz mesmo, construiu uma nova personagem e conseguiu se descolar legal do papel da miniCooper.

    Agora este Aaron. Na boa, o John Patrick Amedori não convence mesmo como artista conquistador com aquela barba ralinha. Achei ele péssimo.

  2. biamafra

    bem, so vejo gossip girl por causa do chuck e blair, o episodio para mim foram sensacionais. pena que nao vi o final do segundo. agora sobre nate e jenny eu ja torcia desde o inicio, para mim era mais natural do que nate e vanessa… ainda acho vanessa meio perdida na historia, sem um papel certo. espero que ela cresça na historia, eh um personagem que gosto. serena e dan ja cansaram desde o segundo capitulo, nenhuma novidade para mim. so senti falta do casal rufus e lilly, mas como nao vi o final, pode ter acontecido alguma coisa.

  3. Wilian

    Se preparem porque depois dos episódios 10 e 11 que deixam um pouco a desejar (mas são importantes para o deslanxe da história) , só virão episódios espetaculares.
    SPOILER: Alguém morrerá nos próximos episódios!!

  4. Renata

    Taí!
    A Willa Holland é uma menina que eu gosto pra caramba.
    Tomara que arranje mais trabalhos.

  5. Jefferson

    There Might Be Blood é o meu favorito da temporada, por enquanto ;)

  6. Aline

    Muito bem escrita essa review, hein.

    Enfim, odiava a Kaitlin, mas a Willa realmente é carismática. To gostando muito das participações dela na série. Quanto à Jenny tenho uma relação de amor e ódio com ela, no momento tá mais pra amor, porque gostei de como ela agiu com a Eleanor. E a atriz que a interpreta (sempre esqueço o nome dela) até agora está me parecendo bem competente. E é interessante ver como a Jenny vai perdendo os pudores aos poucos, mas mesmo assim não tem medo de se jogar e correr atrás de seus sonhos.

    Já sobre a relação dela com o Nate, eu tinha achado interessante desde quando ele a beijou por engano na festa das máscaras. Concordo com quem disse que é mais natural a relação entre eles do que entre Nate e Vanessa. Nate e Vanessa ficaram juntos uns poucos episódios na primeira temporada e ela não pareceu ser de grande importância pra ele. Aí no começo da 2ª ela seria a “salvadora” dele. Soou forçado demais.

    Dan fica mais chato à cada episódio. Insuportável, até. Concordo que a interação dele com a Blair fez dele um personagem um pouco mais interessante, até o momento que ele arruinou o plano todo. Ou seja, coloquem o Dan sempre em cenas com a Blair para conseguirmos aturá-lo.

    Rufus foi completamente exagerado tentando prender a Jenny. Mas acho que ele está meio perdido, agora que viu que a Jenny está incontrolável.

    A cena que Chuck diz que ele e Blair não podem ficar juntos foi ótima. Os dois atores são muito bons e já está mais do que provado que a série é deles. Principalmente a Leighton que dá show.

    Nem comento as cenas da Serena porque ela nunca tem um plot decente e a personagem está ficando cada vez mais chata.

  7. Juninho

    Gosto de GG,em especial essa temporada que está com um texto bem mais trabalhado.
    Ponto positivo pela aparição da Willa,”The OC faz falta”,agora Jenny e Nate,poderia ter formado um casal até legal na primeira temporada,mas hoje em dia não,Nate é um personagem totalmente perdido,sem nenhuma necessidade,já passou por todas as garotas da série,Jenny precisa de alguém mais legal.
    Gosto muito da Blair pra mim ela é a melhor,hoje em dia até torço pra ela ficar com Chuck,mas ainda não consegui entender o que as pessoas veêm no casal,Ed Westwick não é tudo isso,e ele me irrita muito com essa forma dele falar sussurrando,e as caras forçadas que ele faz,me desculpem mas é minha opinião.Agora Serena é uma boa personagem,só um pouco mal aproveitada,mas ainda assim gosto dela,e a produção da série perdeu a mão na escolha do ator para interpretar Aaron Rose!

  8. Mônica A.

    Esses dois episódios foram bem legais. Gosto mais do Nate com a Jenny do que com a Vanessa. Também acho que soa mais natural os dois juntos. O Aaron Rose é a personagem mais insossa da série. Que carinha chato!

    Têm episódios bem legais pela frente, mas acho que depois a série se perde um pouco. Baixei o 17º já há um tempinho e ainda não tive saco pra assistir. Não aguento mais as intrigas da Blair. Está na hora dela crescer.

  9. ~vivi

    Odeio essa Blair ninfomaníaca da segunda temporada, encheu o saco essa história com o Chuck, estragaram o melhor shipper.
    Nate que se apaixona por todas me irrita, Dan me irrita, Rufus só faz ser pai chato… Tenho vontade de abandonar a série, viu.
    Só a Jenny bomba!

  10. Eudes Junior

    As histórias de Dan e Serena são um saco. Agora a trama entre Chuck e Blair e a ascensão da Jenny e sua paixão por Nate foram legais.

  11. Clara

    Adoro a serie GG,voltou com tudo!!!. Mas tenho que concordar que o casal Dan e Serena já deu o que tinha que dar,já não aguentava mais,apesar de que esse Aarom não colou.Só assisto mesmo por causa de Chuck/Blair.Não gostei nada da atidude da Jenny em relação com o pai,até que ponto vc vira as costa para a familia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account