Log In

Notícias

Gossip Girl ganha capa da Rolling Stone

Pin it

Capa da Rolling Stone

A audiência nunca foi significativa. E a série passou mais de um mês fora do ar (voltou esta semana nos Estados Unidos, depois de um longo hiato). Mas para a conceituada revista Rolling Stone, o drama teen Gossip Girl é o show mais quente da televisão.

A série ganhou a capa e uma reportagem especial na edição número 1075 de revista, que traz, na primeira página, as atrizes Blake Lively e Leighton Meester dividindo um sorvete.

A reportagem que apresenta a reportagem de Jason Gay no site da revista, diz que o texto tentou captar como é “fazer o papel de jovens bonitos em Nova York, sendo jovens bonitos em Nova York”.

Para a Rolling Stone:

Apesar de mal conseguir juntar três milhões de telespectadores por semana, o programa se tornou a série mais falada e culturamente relevante da televisão.

Não é incomum um programa de TV aparecer na capa da Rolling Stone, mas isto também não acontece todo dia. Em setembro do ano passado, a capa que anunciava uma reportagem sobre comédia trazia uma foto de Tina Fey, de 30 Rock, ao lado de David Letterman e Chris Rock. Em maio, o reality show The Hills ganhou destaque. Seriado, seriado mesmo, o último a aparecer na capa foi o desenho animado South Park, em maio de 2007. A última estrela de série de TV a ganhar a capa da revista foi Kiefer Sutherland, astro de 24 Horas, em abril de 2006, em reportagem que também foi matéria de capa da edição brasileira da revista.

Você concorda com a Rolling Stone? Gossip Girl é o show mais quente da televisão?

Com informações da revista Rolling Stone.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

40 Comments

  1. Alex

    e por isso que eu nao compro essa revista,a serie e uma droga,aquela loira e horrivel uma kra de pato danada,o que salva e a blair msm.

  2. Rodrigo B.

    “Apesar de mal conseguir juntar três milhões de telespectadores por semana, o programa se tornou a série mais falada e culturamente relevante da televisão.

    Oi?

  3. Douglas

    nãooooooooooooooooooooooo
    Me lembro que logo depois do lançamento da primeira temporada, e audiência baixa, todos metiam o pau na série. Lá no sétimo episódio começou a sair várias matérias (pelas cirsuntâncias, compradas) falando (ou inventando) adjetivos para Gossip Girl. E da-lhe publicidade gratuita com atrizes, atores e histórias apelativas. A capa na Rolling Stone é muito, muito duvidosa…só tenho uma dúvida? é tão difícl acabar com uma série ruim e criar outra melhor?

  4. felipe

    olha aki ninguem e obrigado a falar mal da serie gossip girl e a melhor serie adolescente ja feita onde em qualquer outra serie vcs vao ver como nos adolescentes realmente vivemos hj em dia gossip girl e a realidade dos jovens de hj e em q outra serie vamos encontrar isso??? 90210???
    eu achu q nao ne quem fala mal e porque nunca viu ou se viu e mto preso aos livros porque a serie nao faz feio e merece mto mais gente assistindo…

  5. Victor Hugo

    eu assisti a primeira temporada e foi boa mas por falta de tempo e excesso de séries para ver, coloquei essa segunda temporada de lado.

  6. Andrew Maxwel

    A parte quente de Gossip Girl só aparece mesmo em revistas e em promos, porque a série em si é tão nasty quanto Privileged. Mas Blake Lively é hot, hot, hot. Ah, esse sorvete…

  7. Juninho

    Talvez a CW até tente passar essa imagem,mas Gossip Girl não é nada disso,a série não é um lixo,mas também não é tudo isso,querem aprender sobre o que é uma boa série Teen vão assistir Friday Night Lights,e ela nem precisa apelar para a sexualidade,a série é boa em si toda.

    Mas o fato é que embora não tenha essa grande audiência,Gossip Girl e sem duvida uma série popular,e essa popularidade que mantem o show.

  8. Cesar Adriano

    Não me causa espanto essa capa, pois a série se encaixa perfeitamente no mundo pop comercial proposto hoje em dia pela midia, a exposição frenetica e desmedida de glamour e sexualidade.

    É só reparar nas atitudes de Beyonce e cia e ta explicado, agora, a mesma midia que hoje coloca essas bonequinhas de luxo na capa, daqui a 20 anos vai dar risadas delas, assim como fazem hoje em dia com o Vanilla Ice, né MTV!!!

  9. Thaís

    Gente como vcs são chatos…eu acho q um filme,um seriado ou qlq outro tipo de entretenimento serve para exatamente isso ENTRETER,divertir…se algum deles passam uma msg bacana,relevante,td bem,mas não existe essa obrigação,eu msm assito p me divertir,relaxar,esquecer dos problemas!Se quero ver algo com conteúdo vejo um jornal,leio um bom livro ou assisto algum documentário…Acho que vcs levam a sério demais esse negócio!Se não tão gostando não assistam!Ou melhor,desliguem-se um pouco da tv e procurem algo relevante p fazer,como um trabalho voluntário por exemplo!!!

  10. João da Silva

    Se a Blake Lively tem cara de pato, como o Alex disse no primeiro post, então ela é certamente a patinha mais bonita que existe.

  11. bia mafra

    me sinto meio enrolada vendo essa serie, mas vale a pena por chuck e blair e o resto que vai para brejo. tudo bem, gosto de alguns outros personagens tambem.

  12. Joao PT

    Gossip Girl não é uma série perfeita nem nunca o será. Passa a imagem dos jovens de hoje em dia? Não. Passa apenas a imagem dos contos de fadas de alguns, casas cheias de glamour,etc e se alguém vive assim na vida real que me telefone porque gostava de o/a conhecer.
    A série é popular e vê-se bem, mas se querem uma excelente série teen vejam Friday Night Lights porque isso sim, transmite o que é a juventude do século XXI.

  13. sofia

    “Apesar de mal conseguir juntar três milhões de telespectadores por semana, o programa se tornou a série mais falada e culturamente relevante da televisão.”eu acho que eles se enganaram e em vez de relevante eles tinham que ter colocado, IRRELEVANTE!!!!!E fala Sério,desde quando o que acontece em GG é o que acontece com os adolescentes da vida real?Queem disse isso ,por favor ACORDA!!!Já assisti e confesso por pura falta do que fazer ,mas pelo menos eu posso falar que GG é de uma futilidade que me constrange so´espero que o adolescente que assiste não pense que avida é isso,e assista por puro entretenimento .Porque nimguem pode tirar algo que se aproveite daquilo,pelo menos não na vida real.

  14. Joelma

    concordo com a Thais, não precisam ser tão exagerados, eu particulamente gosto de todo tipo de série, e acho q GG é boa no que se propõe, FNL é ótima mas tb não é toda essa coca-cola toda, fala sério…
    TODA série, filme, etc, vc tem que assistir com o botão de descrença desligado, não há UMA que seja “real”, ou alguém assiste Lost, 24 horas, Prision Break, etc, acha que é “real”?
    não quero um monte de séries iguais, quero variedade, isso q é legal…
    sim, eu acho q a reportagem foi um exagero, mas o povo parece fascinado pelos atores (seria semelhança com as Paris Hilton da vida?) pois americano adora esse tipo de coisa

  15. Pedro Paulo

    Em relação a séries tenn, Gossip só perde de The OC , que também era do Stewartz, e amo Gossip.

    Ainda estou pra ver American Teenager e Greek, mas por enquanto Gossip é a melhor teen da atualidade.

  16. Ale Rocha

    Gossip Girl tem uma boa estratégia de marketing. E só. Como série, é totalmente dispensável. Não oferece nada de novo e, ao meu ver, é totalmente fantasiosa.

  17. ketty

    concordo plenamente apesar de assistir séries como Desperate e Greys que tem 15 milhoes de telespectadores não vejo gente da minha idade (15 a 20 anos) falando de outra série.

    Ter pessoas bonitas no elenco já é uma grande cartada, mas desde The O.C que não tinha uma série tão boa adolescente com uma tématica, cenário,atuações e figuro tão boa.
    Outrás séries da atualidade até mesmo companheiras de emissora como 90210 e OTH são totalmente dispensáveis.

    E o fato de não conseguir juntar mais de 3 milhões de telespectadores não é um problema da série em sí, e sim da emissora fato comprovado é Smallville que tem não sei quantas temporadas mas mesmo assim continua ai firme e forte.

    Só sinto pena das pessoas que acabam levando para o lado pessoal (Blake e Leighton) como eu disse no caso de Greys que tem a Ellen Pompeo como protagonista que aparenta ter muito mais idade e é tão fraca quanto alguns por ai e tem esse conceito todo.
    Como já foi dito a série tem como intenção entreter as pessoas, desperate é tão fantasioso quanto GG e faz sucesso, realmente é motivo para brigas ou falar mal ?

    Ninguém é obrigado a gostar, mas também não precisa falar mal, afinal de contas todos somos fãs de séries e estamos aqui pelos mesmos motivos assim como uns gostam de algumas séries e tem os seus motivos sejam lá quais forem, temos os nossos que vão desde duas protagonistas lindas e talentossisimas até a localização da onde a série se passa até as histórias intrigantes.

  18. Rodrigo

    Bom, concordo com mto do que ja foi dito aqui… e para não ser repetitivo, só gostaria de acrescentar que gosto não se discute, se respeita.
    Sobre a matéria da revista, não acho que seja desmerecido não. Analisando imparcialmente, a série tem um apelo legal sobre os jovens,se passa num ambiente praticamente inatingível, que o torna fantástico e interessante, e tem atores (principalmente atrizes) bonitos e ricos… ou seja, não tem como não chamar atenção e ser popular…é só somar NY mtooo dinheiro beleza…não tem erro, é certeza de sucesso, tem um marketing intrínseco…
    Sobre a audiência ser baixa, o problema é realmente a emissora…é só ver aqui no BR… a Globo é líder em praticamente todos os horários e eu tenho certeza de que existem excelentes programas em outras emissoras, mas são mto menores, como Rede TV, Band, Record, Cultura… é como disse em outro post, séries como Smallville e Supernatural com certeza teriam mto mais audiencia se fossem ao ar pela CBS, ABC, Fox….
    Bom, é isso ai…
    abraço a todos…

  19. Rodrigo

    Ah, quase ia me esquecendo… para quem disse que a Blake Lively tem cara de pato, por favor, me fala onde vc viu esse pato que eu cometo zoofilia!!! Blake é linda, charmosa e sexy, e não é só em GG não, já vi um filme com ela em que ela é totalmente diferente e continua sendo demais!!!
    E aplausos para Leighton Meester também… essas duas são íncríveis (que inveja do Nate!!!!)… ou alguém vai dizer que ela tem cara de ganso????

  20. Rubens

    Será que alguém prestou atenção que a Rolling Stones disse que “o programa se tornou a série mais falada e culturamente relevante da televisão” ? Eles não falaram em “adolescentes”, falaram na televisão como um todo.

    Isso é simplesmente ridículo, para dizer o minimo!

  21. Edson R. Okudi

    Esse destaque desmedido da revista “Rolling Stone” sobre “Gossip Girl” fala mais sobre a situação atual da revista do que da série em si. Se anteriormente a “Rolling Stone” era uma publicação relevante, com conteúdo “revolucionário” (como as “viagens” de Hunter S. Thompson, o pai do jornalismo gonzo), hoje o magazine tornou-se um produto raso, voltado pro público adolescente. A “Rolling Stone” já foi mais séria.

  22. luis

    em séries teens se esperam diálogos fúteis e riquinhos aproveitando a vida de rico, e isso tem.
    mas se sobrepõe a texto legal, discurssões que são interassantes e situações comicas e tipicas de ricos, também.
    é uma série para agradar jovens, não adultos.
    para isso que existe Grey e Desperate.
    Leighton é uma atriz promissora e já provou isso.
    Vanity Fair já colocous todos na sua capa também e foi elogios as atuações.

    ela tá ai, e o trabalho dela está sendo bem feito: agradar jovens,

  23. Junim

    Muita gente não concordou com o que foi publicado, mas ainda assim Gossip Girl é a série TEEN mais relevante da ataulidade, e é exatamente isso que a matéria da RS se propôs. A repercussão do show entre os adolescentes nos EUA é incrível, e ainda por cima caiu no gosto do público adulto.

    Mas se tem gente que não consegue abstrair e interpretar um texto que foi escrito para adolescentes, ninguém pode fazer muita coisa…

  24. Pedro

    Blake ta no filme 4 amigas e um jeans viajante e em sua continuação tb. É uma ótima atriz e com umas coxas maravilhosas, parece corpo de brasileira. E eu gosto de GG, não q acompanhe direto mas o que vejo são bons personagens, muito conflito e pq não, muitas situações retratando o jovem de hj em dia.

  25. Raruiz

    “Apesar de mal conseguir juntar três milhões de telespectadores por semana, o programa se tornou a série mais falada e culturamente relevante da televisão.”

    Oi? [2]

  26. Rafa Bauer

    A revista caiu no meu conceito com essas afirmações…

    A capa mais legal da Rolling Stone de seriados é a de Arquivo X, com o a Gillian Anderson, David Duchovny e Chris Carter na cama juntos…

  27. Rafael B.

    Acho que sim, mas bem mais lá do que aqui com certeza. Isso porque eles ainda não conhecem Skins, rsrs

  28. João da Silva

    Aposto que essa capa de The X-Files foi também muito criticada na época.

    E quanto a Skins, é mais lógico que uma revista britânica se dê ao trabalho de colocá-los na capa.

  29. Cesar Adriano

    Sem querer ser moralista, mas analisando a capa…ela diz tudo. Cada um escolhe os ídolos que quer.

  30. paullo

    Concordo sim! e Privileged não é nasty!
    tudo bem a série (GG) vem sendo bem mediana! mais como a sua volta já mostrou só tem a melhorar!
    o Josh é um Otimo produtor!
    e gossip girl é a série mais quente! fato!

  31. paullo

    Desculpa quem gosta! mais comparar Skins com GG nada a ver! p mim Skins é um lixo! assisti a 1° season e quase morri de tédio! ainda ta p nascer série mais ruim q essa (Skins) e dpois o pouv ainda falam mal de gg! aff

  32. Paulinha95s2

    Gossip Girl, é a melhor série que existe, e tem muita gente que vê, ninguem pode falar nada se nao viu, ela merece sim estar na capa da Rolling Stones, garanto que ele tem um crítico muito melhor que qualquer um de vocês e afirmam que a série é ótima.Então por favor, pensem bem antes de falar besteira …Buff

  33. Flyer

    Bom, acho que para muitas pessoas fik dificl imaginar um mundo GG.
    Acredite existe,Manhattan eh um dos lugares mais caros do mundo a se viver, e na localidade em q se passa a maioria das casas dos pesonagens, existe um mundo onde presente de aniversario de 10 anos de idade e um card com limit de 10 milhoes dollare e normal.
    Entao quando se fala em “Culturalmente relevante”, disse a respeito da Juventude dos United States e nao do Brazil, ou melhor a elite de ouro da 5 avenue.

  34. daiane

    Esse povo que não gosta ja deve ter passado da idade de assistir gossip girl. A série é pra adolescentes. Depois dessa idade não é pra gostar mesmo, é a mesma coisa que eu assistir Desperate Housewives. Essa foi a melhor serie adolescente que jah assisti porque as outras pareciam que eram pra crianças, totalmente fora da realidade das pessoas dessa idade, vai ver por isso não tinham tanta critica, mostravam os adolescentes como os pais queriam ver mais não como eles são na real…

  35. Ro

    A diferença de status é muito grande mais não tem nada de tão diferente da vida de muita gente q não é milhionario, não andamos de limosine, não usamos as roupas das mais caras, nem vamos as festas caras, mas realmente me identifiquei muito com a série…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account