Log In

Reviews

Gossip Girl – Crazy, Cupid, Love

Pin it

Série: Gossip Girl
Episódio: Crazy, Cupid, Love
Número do Episódio: 5×15
Data de Exibição nos EUA: 13/02/2012

OMG! O que foi esse episódio? Ainda não sei se gostei ou não.

O episódio começou prometendo. O Valentine’s Day sempre reserva bons momentos à Gossip Girl e só por conta disso a expectativa já era enorme, além, é claro, dos últimos acontecimentos que nos deixavam ansiosos por descobrir os rumos da trama.

Pra começar, achei o sumiço do Louis muito fora de contexto, principalmente em se tratando de Valentine’s Day. Até entendo que ele tenha compromissos em Mônaco, mas se era pro Príncipe sumir da trama que não tivessem feito a Blair casar com ele. Essa vai pra lista dos eventos Fringe que misteriosamente acontecem em Gossip Girl =P

Eu estava realmente empolgada com a ira de Chuck e Serena sobre este dia no qual todos viram românticos. Os dois solteiros, enfrentando decepções amorosas e unidos eram a promessa de que os ânimos podiam se acirrar no Upper East Side. Para me deixar mais ansiosa ainda a festa de Nate prometia recriar os tempos deles de Ensino Médio. Uma nostalgia incrível dos bons tempos da série bateu em mim vendo-os vestidos com aqueles uniformes. Nada como aquelas temporadas na qual eles ainda estavam na Escola. Infelizmente, não foi nada disso que ocorreu. Ambos – Chuck e Serena – estão mais maduros e desta forma mais centrados. Para nossa tristeza faz um bom tempo que não aprontam nada.

Embora eu esteja torcendo por Dair, confesso que as diversas menções aquele Valentine’s Day vivido por Dan e Serena no colegial me fizeram sentir saudade do casal e eu torci para que tivéssemos um revival fofinho nesse dia. Meus olhos até brilharam quando os velhinhos falaram que os dois deviam ficar juntos.

Tudo que consigo sentir no momento, mesmo sabendo que serei condenada por boa parte de vocês, é uma raiva profunda da Blair. “Blair Bitch” voltou a aparecer. Por que ela tinha que se meter e tentar juntar os dois se depois ia acabar traindo a melhor amiga? S. estava na dela, tentando esquecer do ex e seguir em frente quando Blair resolve agir como cupido e tenta promover a reconciliação do casal, reacendendo os sentimentos e as esperanças da amiga. Não condeno o tão esperado beijo e nem um possível relacionamento entre Dair, mas acho que as circunstâncias foram as piores possíveis. S. tinha acabado de confessar que não enviara o vídeo pra Gossip Girl e provou, mais uma vez, que faz de tudo pela amiga. A resposta foi a traição de B. A última pessoa que merecia ser traída dessa maneira pela mais nova Princesa de Mônaco era a melhor amiga. Mas se não fosse dessa forma não seria Gossip Girl.

O que mais gostei nesse episódio foi o encontro das Charlotte Rhodes. A verdadeira e a falsa finalmente se encontraram, e como falei na review passada, era apenas uma questão de tempo para que percebessem que algo estava errado. Mas eu achava que quem ia juntar as peças do quebra-cabeças seria o Nate ou a Lily, cujo sumiço me causou estranhamento. Por que ela não apareceu em momento algum? Acho que resolveram adiar a descoberta da verdade pela família Rhodes e deram um sumiço inexplicável para ela. Não duvido que ela e Louis estejam no mesmo buraco negro. Risos.

Gostei também dos impagáveis e super bem humorados momentos da Georgina com o marido. A cena em que ela resolve transar com ele e o bebê chora é ótima! Ri muito.

Nate fica chatinho quando se apaixona assim tão rápido e já começa a fazer de tudo pelas garotas, inclusive dar uma festa para poder encontrá-la no Valentine’s Day. As coisas podiam acontecer mais devagar, não? Mas quando se tem dinheiro e poder tudo pode acontecer, mesmo.

A dificuldade que tive pra escrever essa review me trouxe a resposta do questionamento inicial. Não. Eu não gostei desse episódio. Apesar do tão esperado beijo de Dair parece que as coisas continuarão na mesma, já que Blair não parece disposta a viver um romance com Dan, embora tenha ficado claramente balançada e feito uma declaração bonitinha pra ele, relatando tudo que ele fez por ela e dizendo que não tinha como não se apaixonar por ele.

Achei que Chuck ficou muito sumido nesse episódio, mas suas aparições nos momentos finais me deixaram ansiosa para uma possível reviravolta, afinal, trata-se de Chuck Bass. Parece que Dan mexeu com a pessoa errada. Está na hora de Serena e Chuck saírem do ponto de conforto e armarem uma contra-ofensiva em busca de seus amores.

A parte boa é que todo mundo está com o rabo preso novamente – inclusive Dan que normalmente era o bom moço – o que promete muitas confusões pelas bandas do Upper East Side. Até Charlie, que agora vive com a matriarca da família Rhodes. Aguardemos as cenas dos próximos episódios.

Séries citadas:

Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Não esconde sua paixão por reality shows, sendo fã especialmente de The Voice, Survivor e The Amazing Race. Suas séries preferidas são Friday Night Lights e The O.C, mas também nutre um profundo amor por Friends e Sex and the city. Atualmente assiste Orphan Black, Orange is The New Black, Broadchurch, Faking It, Girls e Nashville... Suas paixões mais recentes são The Affair, How to Get Away With Murder e Scandal (cujas 4 temporadas completas assistiu em apenas 20 dias).

Website: http://www.assmanncomunicaçãoestrategica.wordpress.com

4 Comments

  1. Bianca Mafra

    ainda acho que não tem casal como blair e chuck, mas feliz por ver o dan com a blair, afinal a serena tem que perder pelo menos alguma coisa, principalmente para blair.

  2. Bruna

    Eu adorei o episódio. Fiquei esperando a semana inteira por essa review rs. Passei metade do episódio desejando que o Dan ficasse com a Blair e quando finalmente aconteceu, a Serena viu aff ¬¬

    Agora é esperar pra ver. Duvido que a Blair resista ao Dan por tanto tempo.

  3. Flavia

    Detesto esse tal relacionamento misterioso de Dan e Blair. Para mim Blair tinha mesmo é que ficar com o Chuck e os dois voltarem a ser os “tocadores de fogo” do seriado. Dan é muito mole pra ela. 
    Achei o episodio bem fraquinho.
    Nate como sempre muito inocente e sem atitude.

  4. Flavia

    Detesto esse tal relacionamento misterioso de Dan e Blair. Para mim Blair tinha mesmo é que ficar com o Chuck e os dois voltarem a ser os “tocadores de fogo” do seriado. Dan é muito mole pra ela. 
    Achei o episodio bem fraquinho.
    Nate como sempre muito inocente e sem atitude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account