Log In

Reviews

Glee – What the World Needs Now e Transitioning

Pin it

Série: Glee
Episódios: What the World Needs Now e Transitioning
Número dos episódios: 06×06 e 06×07
Data de exibição nos EUA: 06/02 e 13/02/2015

Oi, pessoal! Primeiramente peço desculpas pelo atraso nas reviews. Tá saindo dupla porque me mudei de cidade e nesse meio tempo teve Carnaval. Acabei de chegar na Cidade Maravilhosa eu estava curtindo um pouco…

Pra nossa alegria, assistimos dois episódios muito legais de Glee novamente, o que corroborou duas coisas na minha cabeça: Ryan Murphy & Glee são os reis da inconstância e que Glee é muito melhor quando resolve falar de coisa séria do que quando quer fazer piada. Quando pendem pra comédia os episódios geralmente ficam desastrosos como The Hurt Locker I e II, mas quando a série traz a tona assuntos sérios faz um excelente trabalho. Ás vezes não é nem sobre assuntos sérios, mas sobre coisas sensíveis, como a mudança de fase de Rachel. Aliás, gostei bastante da forma como humanizaram Rachel neste episódio, mostrando uma pessoa cheia de inseguranças e fraquezas, mas disposta a dar a volta por cima.

Os dois episódios foram muito bons e – novamente – em alguns momentos me lembrei daqueles grandes momentos das três primeiras temporadas. E, pra mim, ainda se destaca What the World Needs Now.

vlcsnap-2015-02-17-14h45m52s102

Eu que nem gosto da Mercedes gostei do retorno dela. Adorei o encerramento da história dela com Sam e ela dando uma força para Samchel, mas principalmente, gostei de como ela fez Rachel lembrar que pertence a Nova Iorque e que não pode ficar pra sempre em Ohio.

E What the World Needs Now me lembrou do porquê Brittany é minha personagem preferida de todas as séries do mundo. Sempre que o foco está nela eu amo – ainda mais filha do Stephen Hawking! hahah É um dos poucos plots de comédia de Glee que eu curto. Amei o “queso por dos”, mas especialmente como ela teve a sensibilidade de ir atrás da abuela da Santana, sabendo da importância disso para a amada. Não deu certo, mas ela fez tudo que estava ao seu alcance e eu vomitei milhares de arco-íris com a reação dela no fim do episódio e com as palavras de Santana para ela. As duas são o casal mais fofo do mundo mesmo!

vlcsnap-2015-02-17-14h49m30s244

Transitioning teve um foco diferente, mas também foi bem bacana. O episódio falou sobre as transições, desde a venda da casa de Rachel até a demissão de Will, ainda passando pela transexualidade de Beiste e Unique.

Adorei como trouxeram Unique de volta com o retorno de Beiste e como conseguiram inserir o bullying e o mau caratismo dos alunos do Vocal Adrenaline para fazer isso culminar com o pedido de demissão do Will. Sempre ficou muito claro que ele não pertencia aquele lugar e a conversa com Emma foi bem esclarecedora nesse sentido, mas ninguém pode acusá-lo de não ter tentado tudo que foi possível.

vlcsnap-2015-02-17-14h50m29s73

Gosto da aproximação sutil que tem acontecido entre Sam e Rachel. Quando era por conta da hipnose de Sue eu estava achando tosco, mas da maneira como as coisas estão acontecendo agora têm meu apoio. Kitty e Artie seguirão pelo mesmo caminho.

vlcsnap-2015-02-17-14h50m48s5

A festa no porão da Rachel foi muito legal e, felizmente, os novos membros do coral tem MUITO mais carisma do que Marley e cia. O ápice foi o beijo entre Blaine e Kurt, que fez o moreno perceber que continua amando Kurt. Mas, aparentemente foi um pouco tarde demais. A reação do Karofsky foi fofa e é claro que mais cedo ou mais tarde Klaine ficarão juntos, mas nos resta esperar mais um pouco.

vlcsnap-2015-02-17-14h51m38s232

Momentos altos dos episódios: a homenagem do ND pra Brittana depois da rejeição da abuela, o mural de fotos da Rachel que nos fez recordar muitas coisas legais destas seis temporadas e o coral de trans.

vlcsnap-2015-02-17-14h48m02s123

Pra fechar essa review quero trazer um trecho de What Worlds Needs Now. É sobre isso que Glee é:

“Família são os que te abraçam não importa as circunstâncias. Eles veem a dor em seus olhos, mesmo quando você engana todos. Família é sobre rir mais alto, sorrir mais e viver melhor. Família é como doce de chocolate cheio de nozes. E mesmo que não tenhamos laços de sangue somos ligados por algo muito maior: amor”.

PS: MUITO ANSIOSA pelo casamento do século hehe

Séries citadas:

Relações Públicas e Mestre em Comunicação Midiática pela UFSM. Não esconde sua paixão por reality shows, sendo fã especialmente de The Voice, Survivor e The Amazing Race. Suas séries preferidas são Friday Night Lights e The O.C, mas também nutre um profundo amor por Friends e Sex and the city. Atualmente assiste Orphan Black, Orange is The New Black, Broadchurch, Faking It, Girls e Nashville... Suas paixões mais recentes são The Affair, How to Get Away With Murder e Scandal (cujas 4 temporadas completas assistiu em apenas 20 dias).

Website: http://www.assmanncomunicaçãoestrategica.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account