Log In

Reviews

Glee — The New Rachel

Pin it
Série: Glee
Episodio: The New Rachel
Nº do episódio: 4x01
Exibição nos EUA: 13/09/2012
89
4.4
15

Não conheço nenhuma pessoa que não começou à assistir a 4ª temporada com o pé um pouquinho atrás. Não porque achasse que a série se tornaria um fracasso, mas sim porque com as despedidas de alguns personagens, temiamos que a série não fosse mais a mesma. A verdade é que Glee, realmente, nunca mais vai ser a mesma série. Mas isso não quer dizer que a estreia da nova temporada tenha sido ruim. Glee mudou, mas as mudanças não são necessariamente ruins. Nós temos que nos adequar a cada uma delas, e como Gleek apaixonada, eu estou disposta a agarrar os novos personagens, os novos cenários e as novas histórias.

A mudança na estrutura, o desenvolvimento da trama e o crescimento dos personagens me dá uma sensação um tanto “refrescante”. Óbvio que vamos sentir falta da Rachel sendo irritante pelos corredores do McKinley, Finn e Puck no time de futebol, Quinn e seu uniforme de cheerleader, Santana e Brittany… Mas em uma série como essa, acredito que as mudanças sejam necessárias para não cair na rotina. Alguns contratos foram renovados (para a nossa alegria!), então não há motivos para os Gleeks chorarem.

Nesse primeiro episódio tivemos uma boa noção do que vem por aí. Rachel não está tão bem em NY e sua professora de dança — interpretada pela Kate Hudson (que arrasou) — é uma bruxa. Mas conhece um cara bonitinho (e hétero, caso você esteja se perguntando) que dá um “up” na sua auto estima por algum tempo, até ela desabar e ligar para o Kurt chorando horrores, o que eu achei lindo. Mas o que ela não sabia, era que o Kurt tinha percebido que com ou sem NYADA, o lugar dele era lá, em NY, do lado da sua melhor amiga. Eles se encontraram no final do episódio, e isso agradou a todos (pelo menos todos os fãs de Kurchel!).

O Finn não deu sinal de vida, e os fãs de Finchel ficaram super decepcionados, claro. Mas eu acredito que isso seja uma estratégia dos produtores, só pra deixar todo mundo ainda mais obcecado pela série e por esse casal.

Fiquei aliviada que eles conseguiram conciliar tão bem a parte do pessoal do New Directions e o que acontecia em NY, e todos nós sabemos, que Glee já nos mostrou várias vezes que não consegue colocar duas histórias grandes em destaque ao mesmo tempo.

Enquanto a Rachel vivia seu sonho em NY e o Kurt estava pensando sobre a vida, o pessoal do New Directions deixou a fama subir um pouco a cabeça (até criaram um concurso pra ver quem seria a nova Rachel), e acabaram se tornando um bando de babacas, fazendo bullying com todo mundo, entre essas pessoas a nova “moça da cantina”, que sofre de obesidade. O que os ND não sabiam, era que essa moça é a mãe de Marley. Uma personagem nova, com uma voz linda, rosto lindo, e parece ter um coração bom!

Marley fez a audição para entrar no Glee Club e foi a única que passou. Sentada na mesa com os ND e gente popular mal educada, ela não aguentou e acabou dizendo que a moça era sua mãe. O Glee Club foi se desculpar em massa com ela, que aceitou de bom grado. Os populares não gostaram muito da ideia, e ela e Unique (que foi para o McKinley), levaram um banho de raspadinhas.Welcome to Glee Club!

Outro personagem novo que merece destaque é Jake. O Jake é o meio irmão de Puck, e também gosta de causar problema. Apesar de ter uma voz maravilhosa, ele é meio rebelde, e vai dar um pouco de trabalho para o Will conseguir converter o menino em bom moço, assim como fez com o Noah. Eu gostei dele, mas acho forçada essa ideia de garoto problema que não quer nada com a vida… Sei que existe muita gente assim, mas acho que Glee já teve garotos-bad-boy o bastante.

Fiquei orgulhosa de Glee. Adorei o quanto a série cresceu e mesmo assim, não deixou de ser Glee, uma das minhas séries preferidas de todos os tempos! A temporada mal começou, mas espero que os próximos episódios possam ser tão bons quanto esse. Nós sabemos que toda temporada de Glee tem seus altos e baixos, mas sempre nos resta esperança de uma season perfeita, né ?

Sobre as músicas:

Sister Christian, fez eu gostar do Brody. A voz dele é demais! Adorei. Chasing Pavements foi igualmente boa. A Marley é um poço de amor, alguém aí conseguiu NÃO gostar dela ?

Não aguento mais ouvir Call Me Maybe, mas não consigo parar de cantar ou mudar de estação, canal ou qualquer outro meio de comunicação quando ela começa a tocar. Eu adoro covers, e já ouvi vários dessa música, mas a versão Glee superou todos.

Confesso que não gosta de nenhuma das músicas do mash-up Americano/Dance Again, mas a Kate conseguiu me fazer cantar junto com ela.

Jake cantou Never Say Never na sua audição, e eu amei logo de cara, assim como o Will. Já Marley escolheu New York State of Mind, a mesma música que Rachel escolheu cantar para a Carmen Tibideaux, na NYADA. Amei!

Séries citadas:

19 anos, mora em São Paulo, ama futebol e estuda Jornalismo. Está no TeleSéries desde 2011 e assiste mais séries do que os seus dedos da mão podem contar. Ama todas, mas Everwood, Friends e The O.C. sempre vão reinar em seu coração.

12 Comments

  1. Diego

    Eu simplesmente amei essa nova temporada, e olha que só estamos no primeiro episódio rs Ryan Murphy conseguiu fazer um novo Glee, mas com a mesma essência de antes. Os novos personagens sem comentários, Marley, linda e doce, Jake, rebelde e fofo ao mesmo tempo, Unique, perfeito. Esse primeiro episódio nos deixou com gostinho de quero MUITO mais, e espero que continue assim!

  2. Paulo Serpa Antunes

    4.9 Júlia, sério? Eu daria pouco mais da metade desta nota. Acho que o Ryan Murphy veio com a proposta correta – trazer novos personagens mas nos deixar curtir os antigos por mais um tempo. Mas é estranho ficar no meio de dois mundos – eu assisti o episódio e não me senti conectado com nenhum deles. Só fui me emocionar no final, no reencontro de Rachel e Kurt.

    E não gostei da ideia da Unique entrar pro Glee Club. Dever ser algum tipo de homofobia minha, inconsciente. Ou não. O que eu acho é que estes garotos do Glee Project são bons cantores, mas não são bons atores…

  3. JuliaBerringer

    Fiquei animada só porque o episódio não foi tão ruim quanto eu achei que ia ser.
    Agora concordo com você quando diz que o pessoal do Glee Project não são tão bons atores… Adoro a voz deles, mas colocar os personagens em destaque é um pouco forçado.

  4. JuliaBerringer

    Sabe que eu nem sinto falta dele ? Sinceramente…Nunca fui com a cara do personagem.

  5. Mario Madureira

    Então, acredito que o Jessie continua sendo o técnico do Vocal Adrenaline. Mas não sei se ele vai aparecer… Eu costumava ser muito fã da série, mas depois que Sunshine saiu e a Tina ficou desvalorizada, comecei a perder o velho hábito de antes. Quer dizer, ainda assisto a série, mas não com aquela ‘obsessão’ de antes! Mas torceremos para que essa temporada seja boa!

  6. Juninho

    Essa volta foi ótima,destaque pra atriz Kate Hudson que esta perfeita!

    Foi bom também ver Whoopi Goldberg de volta e curti o novo interesse amoroso de Rachel,nunca fui fã de Finchel então vou torcer pelo novo casal.
    Gostei do tempo certo que cada personagem teve em cena e a forma como souberam intercalar Ohio e Nova York.
    E descordo do Paulo sobre os participantes de Glee Project,ta certo que o Rory foi um dos personagens mais sem graça da historia da série,e que o Joe não é tudo isso,mas Harmony se saiu bem,e Unique é uma ótima aquisição principalmente quando está vestido de mulher,porque como Wade eu só consigo lembrar do mala do Alex do reality.
    Gostei do que vi nesse primeiro episodio,a primeira temporada é classica,a segunda teve suas falhas,e a terceira se saiu bem…vamos ver como essa se sai.

  7. JuliaBerringer

    Sério que você achou a terceira se saiu bem ? Eu achei que a terceira temporada foi super cheia de altos e baixos, até me deixou enjoada as vezes hehe Mas eu espero que essa quarta supere todas, se bem que se superar a primeira é complicado né ?

  8. Bianca Mafra

    Eu adorava ele no início, depois, acho que porque Rachel e Jess estava mais em sintonia do que o Rachel e Finn, destruiram o personagem com aquele ar idiota. mas esperava ve-lo no NYADA

  9. Gabi Assmann

    Gente, acho que tão exagerando em preconceito com TGP. O problema não foi o reality, foi a escolha do Ryan. A Lindsay é maravilhosa e ia dar uma subida de nível MARAVILHOSA pra Glee. Pena que o Ryan se nega a ver isso e escolhe o bobo do Alex.
    A Aylin também tinha condições, e muitas, de ser protagonista de Glee nessa nova fase. O Blake não vai acrescentar nada, embora seja bom ator. Viram como o problema tá no Murphy?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account