Log In

Reviews

Glee — Makeover

Pin it
Série: Glee
Episodio: Makeover
Número do Episódio: 4x03
Exibição nos EUA: 27/09/2012
72.307692307692
3.6
13

Ainda que o mais fraco episódio da temporada, o 3º episódio foi bom em vários sentidos. Não na história, que na minha opinião foi uma espécie de “enche linguiça” para o episódio da semana que vem, mas sim pelas músicas e pela participação (super) especial da Sarah Jessica Parker.

Kurt, atrás de seus planos pré NYADA, foi fazer uma entrevista para trabalhar na Vogue.com, e como se não bastasse todo o luxo da revista, ele trabalharia para a fashionista Isabella Wright, interpretada pela SJP. Como sempre, Parker não deixou a desejar e deu show. Com certeza fez diferença no episódio, que não seria tão fabuloso sem a sua presença. O nosso Purpurina veio na hora certa e só acrescentou no trabalho da chefe, que estava meio desmotivada e sem ideias. Kurt deu uma ajuda, e com a participação da Rachel, eles fizeram um makeover que tirou a Isabella do sufoco.

Enquanto Kurt se divertia em NY, Blaine estava tentando passar o tempo porque já não tinha o namorado com ele. Se inscrevou em todos os clubes possíveis, e deu até pra sentir dó do rapaz. Fiquei com o pé atrás com o Kurt, que só sabia falar sobre ele mesmo e as coisas maravilhosas que estavam acontecendo, e nem deu muita atenção para o Blaine. Mas logo encontrou um ombro amigo em Sam (que também é o ombro amigo da Brittany).

Por falar em Brittany, ela estava concorrendo com o Blaine para ser presidente do corpo estudantil. O que não teve muita graça, já que não teve o discurso sempre adorável do diretor Figgins. Mas o strip de Sam e o discurso de Brittany sobre o quanto ela amava a escola, e queria que nunca tivessem férias, salvou. Talvez o discurso explique o porquê de ela não se esforçar para passar nas matérias. No fundo, bem no fundo, acredito que a Brit é super inteligente, e se faz de inocente para um dia dominar o mundo…

Óbvio que o Blaine ganhou as eleições, mas isso não preencheu o vazio e a falta que ele sente do Kurt, e isso nos leva ao próximo episódio. Não vou dar spoiller, mas se você não assistiu a promo, espere por momentos Klaine.

Também no McKinley, Will estava se sentindo mal por não ter mais boas ideias para o Glee Club. Ele sonhou e lutou por muito tempo até ganhar as Nacionais, e agora que ganhou, ele já não sabe mais o que fazer. No começo fiquei com raiva dele por estar querendo deixar o coral e se candidatar para outro emprego, mas depois eu entendi. Eu mesma, quando criança, vi na TV uma Barbie linda. Minha mãe nunca me deu nada de mão beijada, então todo mês ela me dava 5 reais (e dava pra bastante coisa!). Eu guardei o dinheiro por 5 longos meses, e enfim, comprei a tal boneca. Depois de 2 semanas ela já não era tão legal assim, ainda era bonita e eu ainda brincava com ela, mas já não me deixava tão satisfeita quanto antes. É assim que o Shue se sente, depois de anos batalhando por um só objetivo, ele finalmente chega lá, mas depois de todo o êxtase, ele já não sabe mais o que fazer, ao que se dedicar.

Voltanto para NY, Kurt também ajudou Rachel (que sofreu bullying por causa de suas roupas na NYADA) à ter um look mais sofisticado e bonito (tchau suéter preto de gola alta!). O novo estilo da Rachel também surpreendeu Brody que está cada vez mais apaixonado por ela. Depois de um passeio animado por NY, ela convidou ele pra jantar na casa dela e do Kurt. Lá, rolou um clima e os dois se beijaram, e quando as coisas iam esquentando…Alguém bate na porta! Adivinhem quem era…

Sim, senhoras e senhores! O desaparecido Finn apareceu! Ainda bem que chegou logo, porque ele já é alto, com galhos na cabeça, era capaz de enroscar na porta na hora de passar (ha ha ha, ignorem a piada sem graça!). O episódio terminou, mas vendo a nova promo dá pra ter uma ideia do que vai acontecer com o casal Finchel. Mas se você é ship deles, não se desespere. Se Glee seguir uma lógica, eles vão voltar. Todo final de temporada eles estão juntos, e no começo da outra acontece alguma coisa e eles terminam… Se bem que nas outras temporadas não tinha um garoto lindo de olhos azuis chamado Brody.

Sobre as músicas do episódio:

Everybody Wants to Rule the World foi divertido, e eu amei ver o Blaine de Robin!

Celebrity Skin foi surpreendente de um jeito bom, não lembro da última que vez que Glee fez uma garota cantar um estilo de música mais puxado para o grunge.

The Way You Look Tonight / You’re Never Fully Dressed Without A Smile foi bonitinho, mas me lembrou filme de Sessão da Tarde. Mas lógico, um filme, mesmo que da Sessão da Tarde, com Sarah Jessica Parker, é algo que você deve parar e assistir.

A Change Would Do You Good também ficou parecendo cena de filme, mas eu adorei! Acho que a Lea nem precisou se esforçar pra sorrir, eu mesma, olhando para o colega de elenco dela, não consigo conter um sorrisinho.

Séries citadas:

19 anos, mora em São Paulo, ama futebol e estuda Jornalismo. Está no TeleSéries desde 2011 e assiste mais séries do que os seus dedos da mão podem contar. Ama todas, mas Everwood, Friends e The O.C. sempre vão reinar em seu coração.

7 Comments

  1. Mariela Assmann

    Torço absurdamente pro final definitivo de Finchel. Finn não cabe mais nessa nova fase da Rachel. Acho que seria um tiro no pé Ryan fazê-los ficarem juntos, novamente. No mais, to adorando essa temporada. To muito animada, voltei a curtir Glee com força!

  2. Bruna

    Realmente não foi igual aos anteriores, mas gostei do episódio. Gostei da personagem da Sarah Jessica, mas acho não curto ela como atriz.
    Gosto do Brody, mas a Rachel deu uma mancada legal ao ficar com ele. O Finn não merecia isso. Espero que dessa vez a Rachel corra atrás do prejuízo, porque das últimas vezes isso ficou a cargo do Finn.

  3. Rafael Ruiz

    Não gostei muito deste episódio. Achei a relação do Kurt com a SJP muito rápida. Achei toda a situação muito estranha.

    Em relação a Rachel e o Finn espero que eles não fiquem juntos. Não imagino o Finn na nova rotina da Rachel.

    Confesso que ultimamente não sei o que esperar de Glee.

  4. Juninho

    Diferente da maioria achei o episodio muito bom,pra mim Glee continua mantendo o nivel.

  5. Paulo Serpa Antunes

    Eu acho que gostei mais deste episódio do que os dois primeiros – mas acho que é porque foi um episódio mais familiar, sem Unique, sem Marley… Ao deixar as cenas em torno do Blaine, Brit, Sam e Artie, me senti mais em casa. Gostei também do Will ganhar um storyline – sei que a maioria dos gleeks não gosta do Will, mas acho importante o tempo de tela dele.

    E concordo com o Rafael Ruiz – muito bizarro o personagem da Sarah Jessica, se abrindo asism pra um estagiário no primeiro dia. Não foi uma participação normal nem uma cena normal, mesmo pros padrões de Glee.

  6. Mariela Assmann

    Ela e o Finn, segundo me consta, não tem mais nada, né? Ele rompeu com ela – não importa o motivo – e passou 4 meses sem nem dar notícias. Acho que ele bem que mereceu. E torço pro Murphy não fazer a burrada de regredir a Rachel, fazendo ela correr atrás do Finn. Sou Team Brody total! =P

  7. Pingback: Glee — All or Nothing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account