Log In

Reviews

Girls – She Did

Pin it

Série: Girls
Episódio: She Did
Temporada:
Número do Episódio: 01×10 (final de temporada)
Data de Exibição nos EUA: 17/06/2012

Esse episódio foi tão bom, que dá vontade de só listar as coisas bacanas que aconteceu nele, sem nem precisar falar muita coisa. Mas acho que o maior mérito foi ter fechado direitinho todas as histórias, algumas de forma melhor que outras. A ideia toda da festa misteriosa foi muito boa, porque o mistério funcionou não só para os personagens, mas também pra gente. E mesmo quando a gente sacou que se tratava do casamento da Jessa, ainda ficou o mistério de “com quem”. E eu achei tão coerente ser o cara que ela tanto odiou, não que ela não tivesse motivos pra não ter gostado dele, mas porque o desprezo dela foi muito gratuito. Fato é que ela tem no casamento a esperança de finalmente se tornar adulta, coisa que a gente sabe bem que não vai acontecer. E ainda teve a Shosh revoltada porque estava vestida de branco em um casamento, o Adam emocionado, a Hannah dançando Halo e o Elijah admitindo que transmitiu HPV pra ela. Quero muito que ele vá morar com ela e se transforme na 5ª Girl. A única coisa que eu não gostei, não só na festa, mas no episódio inteiro, foi o discurso dos noivos contando como se conheceram. Como se alguma história pudesse justificar alguma atitude da Jessa, ficou muito didático.

Achei que a briga da Marnie e da Hannah não ia dar em nada, que elas fossem fazer as pazes e continuar vivendo juntas. Mas foi bem mais bacana como aconteceu. Elas entenderam que elas não conseguem mais viver juntas, mas que isso não quer dizer que elas não possam ser amigas. A dúvida que eu tenho é se a Marnie conseguiria viver com alguém, ou se alguém conseguiria viver com ela. E como bem disse o Adam, um apartamento metade vazio cria oportunidades para que aconteçam coisas novas. O problema é que pra Hannah coisa nova nem sempre significa coisa boa. E o legal é que essa mudança toda vai servir pra reestruturar a relação das Girls na próxima temporada, e provavelmente a Shoshanna vai ter mais visibilidade com a Marnie morando com ela.

Por falar na Shosh, eu curti muito que ela tenha se ajeitado com o Ray. Finalmente deram alguma coisa pros dois fazerem. E serviu como libertação pra ela, pois na cabeça dela, a virgindade que afastava os homens. Mas só uma dica Shosh: a virgindade era o menor dos seus problemas. Começar a falar devagar e construir melhor seu raciocínio pode ser um bom começo. Na verdade, continua do jeito que você tá, porque é assim que a gente gosta.

A Marnie, como de costume, foi a parte menos interessante do episódio. Eu nem me lembro quantas vezes ela já mudou de opinião em relação ao Charlie. Eu já disse antes que ela é a personagem mais chata, mas provavelmente é também a mais possível. Mas foi bacana ela comendo bolo com a mão e beijando o gordinho, provavelmente em mais uma tentativa de se libertar de tanta caretice. Só foi meio forçado o Charlie aparecer exatamente na hora.

A parte toda da Hannah com o Adam foi muito legal. Acho que todo mundo já esperava que essa lua de mel fosse passar logo, mas tudo foi tão verdadeiro. Só achei o discurso do Adam meio estranho, porque primeiro ele diz que ela se ama e não deixa ninguém amá-la, e logo depois ele já parece entender o problema de auto-estima dela, dizendo que ela não se acha bonita, boa escritora ou boa amiga. Mas o diálogo todo foi tão bom, que eu prefiro acreditar que eu tenha perdido alguma coisa. E a briga toda foi a coisa mais injusta do mundo, porque ela tinha todos os motivos do mundo pra achar que ele resolver se mudar pra casa dela por pena, e ele tinha todos os motivos do mundo pra ficar com raiva dela por ela ter convidado o Elijah pra ocupar a vaga no apartamento. E o final, com a Hannah perdendo o ponto, sem documentos e comendo bolo sozinho, foi um resumo perfeito da personagem, e de tudo que a gente acompanhou durante a temporada.

O episódio fechou perfeitamente uma temporada quase perfeita. Se eu tivesse que listar algum defeito na série, eu teria que parar um pouco e pensar. A segunda temporada já foi confirmada pela HBO e inclusive já está sendo filmada. Pra quem quiser mais informações, a Lena Dunham (Hannah) volta e meia revela alguma novidade no seu twitter. Mas se você não quer esperar tanto, indico o filme Tiny Furniture, escrito, dirigido e estrelado pela Lena, e ainda conta com as participações da Jessa, do Ray e da Zoey de Nurse Jackie. O filme tem todo o clima da série e mais parece um episódio estendido. Até a próxima temporada!

Séries citadas:

Analista de Sistemas, mas só porque assistir séries não dá dinheiro. Fã de Six Feet Under, Breaking Bad, comédias da NBC, Happy Endings e qualquer coisa que Aaron Sorkin escrever. Não tem vergonha de falar que gosta de Grey's Anatomy e Revenge.

11 Comments

  1. Dierli M Santos

    Hanna perdendo o ponto e comendo o bolo com a mão = eu

    Realmente, ficou bem didática essa parte das explicações sobre como eles chegaram ali. 
    Sabe que eu tava torcendo para o gay não ir morar com ela? ainda torço, na real.
    Acho que ele é engraçado se utilizado com muita moderação. Ele como personagem fixo vai ser exagerado. E eu gosto das quatro, quero que continue o foco nelas. Mesmo achando Marnie chata e Jessa forçada. Elas são de propósito e isso que faz da série assim tão boa.

    Melhor estreia de comédia da temporada, para mim.
    Muito bom acompanhar com seus textos, Tiago.

  2. Nerd Loser

    excelente comentário! e eu concordo com tudo. a sensação no final foi de que a hannah tinha perdido tudo, né? e que só sobrou o bolo. e ela começou a série comendo um cupcake na banheira. temporada mais redondinha que a barriguinha dela (ooownnn)

  3. Fernanda Vero

    Achei o episódio uma decepção! Tudo exagerado, sem nexo, sem realidade. Meu sonho era ir numa festa dessa que resolvesse minha vida também. Eu achei uma completa má formação de personagens. Começando com Jessa que desde o piloto era minha aposta de musa e melhor personagem. Achei que ela fosse ser muito sexo e rock’n’roll e acabou sendo sem rumo, sem história, sem graça. O maior erro pra mim foi ela não ter sido aproveitada. Espero que na próxima seja diferente. 
    Vocês odeiam a Marnie, mas pra mim ela é a mais coerente. Não sei se é porque me identifico com as atitudes dela, chatice e caretice.  Ela é muito sensata, gente! Marnie, é nóis!
    Eu nem ia desperdiçar texto falando sobre a Shosh, mas pra ela vai um AFF! Nunca gostei, nunca vou gostar. Precisa nem voltar, fia. Mas me identifiquei na parte de ela ter ficado chateada de não saber do casamento antes. Meio que cobrando consideração. Sou dessas.
    E esse Adam? Mudou da água pro vinho, hein?! Quem diria… Era super tolo, ogro, bobalhão, esquisito, não dava a menor moral pra Hannah. Agora vem pagar de inteligentão, sensível, romântico e cobrando coisa? Ah, não.. Muito mal feito isso aí, viu. Criei desamor desde o início por ele e não tem como me fazer mudar de ideia.
    Prefiro acreditar que foi de propósito todas as primeiras impressões erradas que a gente teve sobre os personagens. Sobre o episódio nem tenho muito o que falar. Casamento insosso, assim como virou a Jessa. Completamente sem sentido esse cara que ela foi arrumar. Ela não tava nem desesperada, nem inconsciente pra casar assim com um cara babaca.
    Concordo com o comentário de Dierli sobre o Elijah. Ele nem é carismático, não precisa ficar o tempo todo em cena. De falta de carisma e atitude o seriado já tá cheio. 
    E ponto para o final, melhor parte. Grande Hannah! (sem trocadilho, para)

  4. Tiago Oliva

    Brigadão Dierli! Mas pensa no Elijah brigando com a Marnie todo episódio? Vai ser tão bom. Ainda mais agora que ela tá avulsa. Mas isso que você falou é verdade também. Ele bem pode se transformar num Mr. Chang.

  5. Tiago Oliva

    Sério que vc não gostou de nada? E a Hannah dançando? E o Adam emocionado? E a cara da Marnie na hora que a Jessa falou do Threesome? E a Shosh revoltadona porque tava de branco em pleno casamento? E a conversa final do Adam com a Hannah? “Porque acha que não é bonita e não escreve bem ou é uma boa amiga. Bem, você é bonita,boa escritora e boa amiga.” E depois a melhor parte: “Acha que porque pesa 5 kg a mais que sabe o que é dificuldade? / São 6 fucking kg e me atormentam a vida inteira!” Eu concordaria com a mudança com o Adam durante a temporada, mas nem tem como dizer que ele mudou, mesmo, porque a gente não o conhecia tanto assim no começo. E mesmo se ele fosse ele idiota que a gente dizia, isso existe! Eu mesmo tenho um amigo que pegava uma menina uma vez ou outra e depois acabou se apaixonando. True story! Mas ó, só amor pelo seu comentário. Ainda acho que você devia escrever.

  6. LL

     Concordo mt com o que vc disse, Tiago. Tenho que discordar da Fernanda, não achei os personagens mal desenvolvidos. Pelo contrário, achei tudo muito realista nessa série. Até mesmo aquela primeira impressão que temos das pessoas, às vezes achando-as legais, outras idiotas, para depois que as conhecemos melhor verms que não era nada daquilo. Eu gosto da Jessa, mas acho que quando dizem que ela é forçada é porque ela é mesmo! Quem vc conhece que é de vdd vddr “muito sexo e rock’n’roll”? Ela é tipo aqueles vários amigos que todos temos que quer ser super cool o tempo todo, que vai a uma festa meio caída e dps posto altas fotos no face como se tivesse sido “the best party ever” e todos ficam com inveja ou que faz coisas malucas (como casar com um cara que conheceu há duas semanas) pq quer chocar mais do que qqr outra coisa, mas que às vezes é só uma máscara. O Adam parecia mesmo um idiotão no começo, mas só o víamos através da Hannah. Quando ele diz que ela não o conhece, isso tb é pra gente. Então não achei descabido ele ter mostrado aquele lado emotivo. Achei mt engraçado, acho que ele e a Hannah foram uma das melhores coisas da série. A Marnie é a mais chatinha das 4, mas mesmo assim existem muitas Marnies por aí. Também achei super legal a Shosh e o Ray. Espero que ela não perca espaço pro Elijah. Concordo com a Dierli nesse ponto, de que ele ser fixo pode ser um exagero.
    Mas enfim, adorei o episódio, adorei a temporada, achei tudo mt bem feito.

  7. Fernanda Vero

    Ai, tudo que vc falar da Marnie e Hannah eu vou gostar. Podia ser o seriado só das duas. Elas são lindas, profundas e coerentes, mesmo na loucura. Adam pra mim é o pior personagem de série. Pior que Arizona (GA), pior que Tyler (TVD), pior que Mona (PLL), pior que Marshall (HIMYM). (Só não empata com a Shosh porque ela pra mim nem existe, não perco meu tempo.) E ok que a Shosh ficou de mimimi pelo vestido, mas não era pelo vestido, era por não saber do casamento antes (das outras pessoas, talvez). Até que nesse episódio ela não me incomodou tanto. Foi legal o que o Adam falou pra Hannah, mas me soou superficial e estranho. Foi como eu falei, simplesmente mudaram o personagem de um episódio pro outro, do nada. Vou considerar ele de agora pra frente, sem lembrar do começo, então. Ah, seu amigo pegava, né? Mas eu não falei que não tinha chance de ele estar apaixonado. Falei (ou pensei, não sei se fui clara) que ele era um completo idiota e agora tá dando uma de sensato. São essências diferentes, não atitudes. Pra quem não tá entendendo e tá com vontade de me xingar e perguntar por que assisto ainda, lá vai: assisto pra ler os comentários de Tiago <3 Mas eu gosto da série.. mesmo! Acho nota 7,95.

  8. Fernanda Vero

    Sobre a primeira impressão, foi o que eu falei no primeiro comentário. Deve ter sido de propósito porque nossas opiniões mudaram a respeito de todos os personagens. A gente achou que fosse ser uma coisa e foi outra. Não tem como a Jessa ser louca o tempo inteiro como eu achei que ia ser, ninguém é o que quer que seja o tempo inteiro. Mas que faltou esse lado dela, faltou. Não foi desenvolvido. Por isso, ela casar foi incoerente com tudo que ela tinha vivido na série e com ela mesma. Porque ela não era impulsiva, não era inconsequente, mt menos gostava do cara. Concordo sobre a gente conhecer o Adam pelos olhos da Hannah, mas por mais que ele fosse legal desde sempre, ele teria um outro tipo de tratamento com ela, outro tipo de conversa e o próprio jeito dele seria outro. Ele passaria uma outra impressão pra gente, ainda que ele não quisesse relacionamento e fosse só questão física.

  9. Pingback: Destaques na TV – Segunda, 24/9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account